04/03/2014

Governo Timor Leste restringe movimento de animais nas áreas urbanas

Quando li isto, fiquei em pânico.... será que por lá tem pessoal da proteção animal? isto vai ser  uma matança generalizada..... Céus...... estranhei que eles não falaram dos gatos.... por que será?
_____________________

O governo de Timor-Leste anunciou hoje, em comunicado divulgado à imprensa, que aprovou um decreto-lei para restringir o movimento de várias espécies de animais em áreas urbanas para reservar as condições de higiene e saúde.



"Ao restringir o livre movimento de animais de várias espécies, o governo pretende preservar as condições higiênicas nas áreas urbanas e
periféricas, a saúde pública e o ambiente e minimizar os danos causados pelos animais soltos ou sem qualquer processo de contenção", refere o comunicado, referente à reunião de Conselho de Ministros, realizada terça-feira.

Segundo o governo, o regime de restrição aplica-se às espécies bovina, suína, ovina, caprina, equina e canina.

Na mesma reunião, o governo timorense aprovou os decretos-lei que aprovam o regime de identificação, registo e circulação de animais e o regime de licenciamento de matadouros.

O decreto-lei que aprova o regime de identificação, registo e circulação dos animais pretende "controlar a circulação de animais, impedindo o trânsito ilegal de gado no país", refere o governo.

"O controlo será feito através da regularização do sistema de marcação, identificação e registo dos animais das espécies bovina, equina, suína, ovina e caprina", salienta o documento.

O governo aprovou também o decreto-lei que aprova as condições de higiene e sanitária na preparação, transporte e venda de carne.

"O diploma tem como objetivo corrigir determinadas práticas de venda e transporte de carnes em precárias condições de higiene. Entre outras medidas, prevê-se a instituição de guia de transporte de carnes frescas ou frigorificadas para garantir a origem, genuinidade e salubridade das carnes destinadas ao consumo", refere o documento.

6 comentários:

  1. Ao invés de impedir com um Decreto-lei o trânsito ilegal de gado no país, que tal deixá-los na natureza verde onde gostariam de estar os bovinos, equinos, suínos, ovinos e caprinos de preferencia vivos, respeitados, preservados e protegidos pelo mandamento divino "Não Matarás"?

    ResponderExcluir
  2. Só duas perguntas: Humanos não sujam nada? Não adoecem de doenças contagiosas? Pelo que eu sei, pode-se pegar mais doenças dentro da mesma espécie do que de outras. Por exemplo: Alguém já viu algum gato ou humano pegar cinomose, alguém já viu algum cão ou humano pegar AIDS felina, ou PIF, ou Leucemia felina? E etc, etc e etc... Bem isso são doenças graves, que podem matar, não estou falando de vermes e outras doencinhas que facilmente se cura. Fala sério!

    ResponderExcluir
  3. Ai, ai, ai...estou "pasma" com o cérebro humano.

    ResponderExcluir
  4. VERA LUCIA RICARDO04/03/2014 16:36

    Não sei como é por lá, mas se for um povo "educado" como aqui é melhor ele restringir o movimento dos humanos em áreas públicas, pq os animais são muito mais higiênicos do que muita gente que anda por ai.

    ResponderExcluir
  5. País minúsculo - menor que Sergipe -, esse lixo de lugar já pertenceu a Portugal e, posteriormente, a Indonésia sendo livre nos dias atuais. Já posso imaginar o tipo de "povinho" que existe por lá para que o "governo" crie uma Lei dessas.

    ResponderExcluir
  6. País asiatico esperar o que, animais pra eles só serve pra encher barriga.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪