06/01/2014

Manifestação diante do prédio da mulher que jogou o cachorro pela janela - SP

A infeliz declarou que não queria ser incomodada.... pode? 
Nossa postagem anterior pode ser vista AQUI


Balanço Geral SP - Rede Record - 06/01/14


SBT - 03/01/14

Fotos abaixo publicadas na Frente de Libertação Animal






xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Link do facebook  "Ocupa Praia Grande - SP" com mais informações

xxxxxxxxxxxxxxxxx

Ativistas protestam em frente a prédio de onde cão foi arremessado
Manifestantes se organizaram por meio de rede social.
Animal passou por cima de edifício, caiu e morreu em meio de uma festa.

Manifestantes usaram megafone pedindo que outros animais fossem retirados do apartamento de onde o pinscher foi arremessado (Foto: Silvio Muniz/ G1)Manifestantes usaram megafone pedindo que outros animais fossem retirados do apartamento de onde o pinscher foi arremessado (Foto: Silvio Muniz/ G1)
Manifestantes de várias organizações não governamentais (ONGs) se reuniram na manhã deste domingo (5)
em frente ao prédio de onde um cachorro da raça pinscher foi arremessado e posteriormente morreu, na sexta-feira (3), por uma moradora, durante uma briga com o marido. Os manifestantes querem que os outros animais da família da suspeita, dois cães e dois hamsters, sejam retirados da casa e fiquem em abrigos para que sejam adotados por outras famílias.
Segundo testemunhas, o cão foi arremessado do 12° andar por volta das 22h30. Um morador do prédio onde o cão foi encontrado disse ter visto quando a mulher arremessou o cachorro, que passou por cima de um prédio menor e caiu no pátio, perto de onde acontecia uma festa de aniversário. A estudante Karla Moura, que comemorava com cerca de 20 amigos seu aniversário, disse que todos na festa escutaram o baque do corpo no chão. “Foi um barulho alto e a cena assustadora. O cachorro aparentemente não ficou muito machucado, mas havia algumas crianças com a gente, que ficaram impressionadas. A festa havia começado há cerca de uma hora e meia e acabou depois disso. Não tinha mais clima”, conta.
Regina Miranda, que participava da festa de Karla na hora do fato, disse que a mulher era vista maltratando os animais durante os passeios. “Quando eles empacavam ela os chutava sem paciência. Estou montando um cartaz com a foto dela para alertar as pessoas sobre o que essa mulher fez. Ela é uma criminosa e tem que pagar”, disse.
Moradores colocaram faixa em defesa dos animais (Foto: Silvio Muniz / G1)Moradores colocaram faixa em defesa dos animais
(Foto: Silvio Muniz / G1)
O protesto foi organizado por ativistas, que marcaram a manifestação por meio de uma página no Facebook. Adriana Saraiva, da ONG Amapatas, de Atibaia, no interior de São Paulo, desceu a serra com outros três ativistas moradores de São Paulo para reforçar o coro contra a mulher, que segundo vizinhos havia viajado para o interior do Estado levando um dos cães. “A lei está começando a mudar, mas ainda não estão cumprindo como tem que ser. Essa mulher devia ficar presa. Não podemos deixar assim”, diz. Adriana participou de protestos contra o Instituto Royal, após manifestantes resgatarem cães da raça beagle, que eram submetidos a testes de produtos cosméticos. “Temos que cobrar as autoridades para termos o direito dos animais garantidos”, acrescenta.
Os manifestantes usaram cartazes e um megafone, no qual se dirigiam ao marido da mulher, que teria permanecido no apartamento em Praia Grande. “Se você não teve culpa, saia daí e nos entregue os animais. Sua mulher tem que pagar pelo que fez. Ela é uma psicopata, devia estar na cadeia”, dizia uma das ativistas pelo megafone.

Moradores do bairro se juntaram aos ativistas. A Polícia Militar foi chamada para evitar excessos dos manifestantes. O presidente da Organização Fiscalizadora de Animais (OFA), José de Oliveira Dias Junior, disse que ficou sabendo do protesto na manhã do domingo. “A polícia pediu para controlarmos as pessoas, porque tinham escutado que um grupo queria invadir o prédio, mas não estamos aqui para isso. Viemos para acompanhar a manifestação e nos juntar pacificamente ao protesto para chamar a atenção das autoridades contra crimes como esse, que se repetem e permanecem impunes”, conclui.


Pinscher foi arremessado do 12º andar, passou por prédio menor e caiu no pátio do prédio ao lado (Foto: Silvio Muniz/ G1)Pinscher foi arremessado do 12º andar, passou por prédio menor e caiu no pátio do prédio ao lado (Foto: Silvio Muniz/ G1)
Fonte: G1

14 comentários:

  1. Acho que a manifestação devera ser outra. Algo mais "contundente".

    ResponderExcluir
  2. Uma pessoa que faz isso com um animalzinho inocente, merece a morte!!!

    ResponderExcluir
  3. Falar que uma pessoa má deveria morrer não é ofensa!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo... desejo e torço para que na próxima "briga" com o marido este dê o fim que ela merece... ou seja uma morte bem lenta e dolorida.... assassina maldita, desgraçada!

      Excluir
    2. O marido deve ser um bundão!

      Excluir
  4. Cristina Calixto06/01/2014 12:26

    Acredito que até as pessoas que presenciaram o fato deveriam processar essa infeliz, pelo absurdo da situação, pelo choque e perplexidade com a atitude covarde dessa idiota. Só quando sentisse no bolso é que ela ia entender o horror que as pessoas têm a essas agressões gratuitas. Quanto pesadelo. Quando a gente pensa que já viu de tudo, diante das pessoas pode-se esperar até o inesperado.

    ResponderExcluir
  5. Já que o que essa vadia merecia não pode ser feito por causa dos "direitos Humanos",torço para que contraia AIDS ou câncer.

    ResponderExcluir
  6. Incomodar essa desgraçada é muito pouco...
    Simone V.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns como sempre aos ativistas pacíficos. Vamos ficar de olho nessa "senhora".

    ResponderExcluir
  8. Eu matava ela com a minha próprias mãos se estivesse lá.Na Biblía diz que temos que perdoar,mas está dificil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não importa o que a Bíblia diz, já que na própria Bíblia Jeová instigava "seu povo" a matar e pilhar outros povos. Leia o velho testamento, é um absurdo!

      Excluir
    2. Victoria, amiga, muito bem lembrado..... vc. sabe qual é o versículo? vou usar e abusar..... se não lembra, eu vou dar uma pesquisada na internet.... adorei!!!!!!

      Excluir
    3. Leia Josué. O "povo de Deus", gente mesquinha, gananciosa e traiçoeira atacavam, assassinavam homens, mulheres, crianças, idosos e até animais, enquanto dormiam e estavam completamente desprevenidos. O que era de valor, ia para a Arca da Aliança e a cidade incendiada, isto, em nome de Deus.

      Excluir
  9. Ela não quer ser incomodada? Coitada, nem imagina o quanto será incomodada, daqui para frente. E ainda está com sorte se for só isso. Sei que a lei é branda, mas a justiça divina e as energias negativas, serão enormes. Fora os "acidentes" que podem ocorrer tadinha!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪