10/01/2014

Abandonados numa estrada, cão protege gatinha paralítica - Flórida - EUA

Gente, a história é linda.... vale a pena nossa vida para ver e sentir tais emoções....


Com dois anos um cão Dachshund chamado Idgie e uma gata de sete meses de idade chamada Ruth foram encontrados abandonados na beira de uma estrada na Flórida. Idgie era muito protetor de Ruth, que tinha as patas traseiras paralisadas. Eles foram resgatados pelo Serviços Animais do Condado de Seminole, e mais tarde levado por Hollywood Houndz Boutique & Spa, onde eles continuam a viver juntos.  

Neste mundo onde um quer comer o outro, deveríamos ter como exemplo a amizade de Idgie que se recusou a sair do lado  de um companheiro aleijado e estirado a beira de uma estrada movimentada.

É assim que Seminole County serviços animais encontraram Idgie montando guarda ao lado de um gato paraplégico de 7 meses de idade. Era o início de outubro e ainda muito quente. Alguém os despejou na entrada de um caminho que leva a uma residência na esperança que o proprietário tivesse piedade deles.

Idgie grunia e latia sempre que alguém se aproximasse durante o seu resgate. O gatinho só podia mover, arrastando-se ao longo de suas pernas dianteiras. 

Hoje, Idgie e Ruth tem uma nova casa em Hollywood Houndz. Eles tiram grandes cochilos diante de uma grande janela de vidro da frente da boutique de animais de Jacqueline Borum, que tem promovido grandes campanhas de adoções. Eles promovem um show a parte quando o cachorrinho ganha algum brinquedinho traz para o gatinho ver. Ele aceita a proximidade dos clientes, embora, diante de qualquer ameaça, late e rosna ferozmente em defesa da gatinha. Nenhum dos dois ficam bem se forem separados por algum motivo, disse a atual responsável pelos dois

http://dogjournal.tumblr.com/post/72204199903/abandoned-dog-protects-paralyzed-cat-on-the
tradução Google

6 comentários:

  1. Chorando aqui de emoçao, pela amizade linda entre um cao e um gato, e pro cao tanto fazia se o gato era paraplegico, pelo contrario, ele é todo proteçao. E pelo relato da responsavel por eles. Ela bem podia ter rejeitado o gatinho, como muita gente faz, mas nao, ela respeitou a amizade dos dois e dá pra ver que ela gosta muito dos dois e admira muito a amizade deles. Quanta gente vemos por ai que por muito menos abandonam seus bichinhos...Emocionante demais. To chorando mesmo. Me tocou mutio. Parabens ao caozinho e a moça responsavel por eles.

    ResponderExcluir
  2. Não abro mão dos meus animais por nada nem ninguém neste mundo!!!!! Repito isso sempre. Se as pessoas fossem como os animais o mundo não seria o lixo que é. Desejo toda desgraça do mundo para quem os abandonou e todas as bênçãos para quem os resgatou. Eles são lindos!!!

    ResponderExcluir
  3. São esses "anjos"que fazem a vida valer a pena,apesar de toda a desgraça,do dito "serumano" !!!

    ResponderExcluir
  4. Muito linda essa história, eu me emociono quando eu vejo pequenas matilhas andando na rua, as vezes de dois ou três cães, não é comum, normalmente os cães de rua não se juntam a outros. Lembrei de outros casos de cães famosos inseparáveis como esses, vejam os links.

    http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2013/11/25/cao-cego-seu-fiel-escudeiro-sao-adotados-juntos-516224.asp

    http://noticias.r7.com/blogs/patas-ao-alto/dogue-alemao-vira-cao-guia-de-cachorra-cega/2012/11/07/

    http://www.discorra.com/cachorro-cego-usa-cao-guia/

    O doguinho que eu tenho hj tb tinha uma companheira inseparável, mas ela desapareceu... :(

    ResponderExcluir
  5. O termo "como cães e gatos" jamais deveria ser comparado a brigas e inimizade de humanos.

    ResponderExcluir
  6. E os cavalos de paquetá? a "nova" velha SEPDA nada faz. este secretario só faz politica, veja no face dele.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪