• ALÔ, AMIGOS!!!

    Revista Eletrônica "O Grito do Bicho" - Fazendo a notícia na luta pelo direito dos animais do céu, da terra e do mar.

    O resultado é pela Loteria Federal.

    E, o principal, é DIGRATIS E VOCÊ PODE SE INSCREVER TODO DIA !!!
    Boa sorte!!!

Faça sua doação:

Texto

Receba nossos boletins diários no seu e-mail: *

sábado, 10 de agosto de 2013

Vamos falar com o Prefeito do Rio sobre a desgraceira toda? SEPDA, IJV, etc.

Estou publicando um PDF com a nova estrutura do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman e do CCZ, ambos no Rio de Janeiro.


Os técnicos dos dois órgãos pediram audiência com o Prefeito para discutir tais mudanças que, segundo eles, vão prejudicar enormemente o atendimento dos animais da população de baixa renda. Aliás, vejam no facebook que eles criaram, algumas fotos de animais doentes que eles não vão poder mais atender.

Para quem não sabe,  o IJV , além dos laboratórios de referência no Brasil, possui (possuía já que foram transferidos para outra área), é um hospital veterinário que faz (fazia) atendimentos clínicos, exames de raio X, quimioterapia, acupuntura, homeopatia, adoção, etc, incluindo cirurgias de ponta.Veja o site deles CLICANDO AQUI  e confiram os valores irrisórios dos serviços, quando não gratuitos, como castração, por exemplo. 

Seus veterinários são profissionais qualificadíssimos e foi lá que, em 1995,   contamos com a direção da Instituição para começar o programa de castração gratuita e inédito no país. Deu tanto certo que várias protetoras de outros Municípios conseguiram a adesão dos CCZ´s da vida à tamanha modernidade no controle de população de animais domésticos através da esterilização. E isto foi muito antes MESMO, do Cláudio Cavalcante (quando vereador) fazer uma lei a respeito. Ele se aproveitou do que existia para levar o nome. Afirmo e provo.

Eram diretores, na ocasião,  Dr. Márcio Figueredo e Rose Fernandes, pessoas que amo, amo, amo, amo muito de paixão.... Eles foram os primeiros veterinários públicos do país a abrir a porta para as expectativas da proteção animal. Eles acreditaram em mim com todo coração e boa vontade deles.

Daí, primeiro com uma grande desconfiança, tivemos o engajamento de todos os outros profissionais do Instituto que nos aceitaram calorosamente na implantação de vários programas, inclusive internos, quando assinamos o pioneiro convenio entre uma ONG e uma Secretaria de Saúde nesta nosso país (1999). 

Quero destacar os nomes, entre todos vets queridos que lá trabalhavam (e ainda trabalham), a Dra. Gilda e Dr. Carlos Eduardo (atual diretor) que não mediram esforços para atender a demanda pioneira de um programa de castração em massa.

Naquela época, tínhamos planos de até implantar um serviço de atendimento noturno para ampliar nossa agenda de atendimento e íamos, em 2001, começar a parceria com clínicas veterinárias para que, em 2006, fossemos o primeiro município a controlar a população de cães e gatos sem precisar matar.

Desgraçadamente, desde este ano 2001, os governos municipais vem destruindo tudo que aquele Instituto fez de avanços pelos animais, mesmo sendo seus funcionários técnicos da vigilância sanitária. 

Lá, EU REPITO SEMPRE, encontrei mais protetores EFETIVOS do que estes pseudo-protetores que hoje não estão nem aí pelas MERDAS (ups, desculpem de novo!) que a SEPDA e secretaria de saúde andam fazendo. Dão uma de Beto sem braço ou, então, cobram horrores das coisas que eles mesmos destruíram...

É tudo lamentável!!!!!! Protetores do Rio e veterinários do CCZ e IJV, se alistem, através do meu e-mail para irmos falar com o Prefeito. Diga, apenas, EU QUERO IR.  Podemos encher o gabinete dele, e isto só depende de você deixar o orgulho de lado somente porque sou eu que está propondo.

Não quero me sentir culpada por não ter feito nada!!!!! Vejam as fotos da fachada do IJV em luto:





LEIAM OS COMENTÁRIOS DA NOSSA POSTAGEM ANTERIOR SOBRE O TEMA.... SÃO REVELADORES, PRINCIPALMENTE, SOBRE O NOME QUE ESTÁ POR TRÁS DISTO TUDO QUE É UM MÉDICO DO ESTADO DA TURMA DO CABRAL!!!! VEJAM UM PEQUENO TRECHO DO DEPOIMENTO COLOCADO HOJE:

"O inimigo nº 1 dos animais chama-se Arnaldo Lassance, responsável supremo pela SUBVISA. Ele é médico e não faz parte do quadro funcional da Prefeitura, apenas está ocupando cargo político, pois na verdade ele é do quadro funcional da Vigilância Sanitária do Estado do Rio de Janeiro que todos sabem que é uma merda e nunca funcionou."

Leia mais...

Vídeos curiosos: fora humanos!!!!

Nós, humanos, copiamos o comportamento dos animais desde que fomos implantados aqui neste planeta. Domínio de território é um deles..... Vejam estes dois casos e percebam o comportamento do elefante e do bode... chega ser engraçado mesmo....


Leia mais...

Manifestação contra SEPDA - convocação


Leia mais...

SEPDA publica regulamentação do Decreto que proíbe eventos de adoção

Palavra de honra, galera.... eu queria entender... juro mesmo!!!!
Seria cômico se não fosse tão trágico...

Pag. 78 do DO de 09/08/13
__________

Para quem não conhece esta preciosidade, clica aí para ler o tal Decreto que dispõe sobre adoção em áreas públicas no Município do RJ



Leia mais...

Programa de castração de cães está suspenso - Ponta Grossa - PR

Galera, precisando de uma pressão, avisa que estamos juntos....

video
Paraná TV - 08/08/13
Leia mais...

Experimento prova que crustáceos sentem dor

Vamos mandar para Ana Maria Braga? lembra que publiquei sobre ela ter esquartejado siris, lagostas e outros ao vivo em seu programa? Relembre.
Aliás, em janeiro deste ano já havia saido uma matéria enorme na Veja e na Folha de São Paulo sobre o tema: Crustáceos sentem dor, revela estudo. Mas, o que adianta tanto estudo e comprovação se continuam fazendo tudo do mesmo jeito? a proteção animal se anula tanto nesta área.....
___________________
Caranguejos e lagostas são cozidos vivos e não são protegidos pelas leis dos direitos animais porque eles não sentiriam dor - mas uma nova pesquisa pode mudar este conceito

Lagostas são vendidas e cozidas enquanto estão vivas, para, supostamente, preservar o sabor e a textura da carne do animal. A mesma coisa acontece com caranguejos e outros crustáceos que não são protegidos pelas leis de direitos animais. Até o momento, a ciência considerava que esses bichos não eram capazes de sentir dor - em vez disso, eles passariam por uma espécie de 'percepção da dor' chamada de nocipção, que causaria o impulso de se afastar de algo prejudicial. Mas agora
Leia mais...

Cavalos explorados nas charretes de Petrópolis estão doentes - RJ

E agora, qual é a saída?....

video
RJ Inter TV - Rede Globo - 08/08/13
Leia mais...

Vereador defende uso de animais em rituais religiosos - SP

Aqui no Rio temos uma família inteira de políticos que fazem, volta e meia, este mesmo tipo de afirmativa: Átila Nunes
__________________
Umbandista, vereador Laércio Benko (PHS)
defende uso de animais em rituais religiosos
"O vereador Laércio Benko (PHS) usou o plenário da Câmara Municipal de São Paulo hoje, por volta das 15h30, para defender o uso de animais em rituais umbandistas e do candomblé. Ele criticou a proposta do deputado estadual Feliciano Filho (PEN), apresentada na Assembleia Legislativa no ano passado, que proíbe o sacrifício de animais em todo o Estado.

Benko argumentou que não existe sacrifício, e sim a imolação dos animais “em religiões de matrizes africanas.” O parlamentar diz que são usados bodes
Leia mais...

'Libertemos' - a realidade de um ser preso buscando liberdade

Gostei bastante....


Publicado em 08/08/2013 
"Este curta tem a intenção de mostrar o outro lado da historia, um grupo de animais( humanos ou não) retirado de seu lar que por sorte teve uma segunda chance. Infelizmente esta oportunidade é apenas uma ilusão para muitos seres que dividem o planeta com a raça humana. Mas lembre se, que o aprisionamento não acontece apenas com os animais, onde muitos deles passam suas vidas inteiras dentro de jaulas físicas, mas também acomete aos humanos, que estão cada vez mais enjaulados dentro de antigos conceitos ou crenças, e utilizando de desculpas científicas ou até mesmo educacionais tentam restringir o decorrer da vida em liberdade. Libertemos destes laços cruéis, libertemos destas práticas arcaicas...libertemos os animais e seja naturalmente natural, sem moldes, ou imposições de filosofias controversas que pregam o amor ao mesmo tempo que exploram a criação"
Leia mais...