• ALÔ, AMIGOS!!!

    Revista Eletrônica "O Grito do Bicho" - Fazendo a notícia na luta pelo direito dos animais do céu, da terra e do mar.

    O resultado é pela Loteria Federal.

    E, o principal, é DIGRATIS E VOCÊ PODE SE INSCREVER TODO DIA !!!
    Boa sorte!!!

Faça sua doação:

Texto

Receba nossos boletins diários no seu e-mail: *

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Atualizações sobre o caso do cãozinho Rossi - POA - RS

Galera, o Delegado Leandro, responsável pelo inquérito, agendou uma entrevista conosco à tarde. Então, assim que ele nos atender, publico, ok? Quero ter certeza que o crime de maus-tratos está, realmente, incluído no inquérito. O que consegui descobrir é que a agressora esteve realmente lá e, além dela,  foram ouvidas algumas partes envolvidas. Vejam que foto linda do Rossi aí abaixo e como ele está bonitinho no colo da apresentadora.

Foto: Fernando Lopes/G1

video
Jornal do Almoço - RBS - 14/05/13

Leia mais...

EUA se prepara para “invasão” de bilhões de cigarras

Sera que vai sobrar alguma?



Os americanos esperam para os próximos dias uma “invasão” de bilhões de cigarras na Costa Leste do país. O número de insetos pode superar as populações da região em 600 para um, ou até mais. Esses animais têm um curioso ciclo de vida: eles passaram 17 anos no solo antes de emergir para se acasalar. As informações são da agência AP.

Essa espécie de cigarra passa quase duas décadas vivendo no solo, em baixa profundidade, na forma de ninfa, se alimentando de uma secreção das raízes das árvores. Após esse período, quando o solo atinge uma temperatura ideal, os insetos saem para acasalar. Após algumas semanas, eles caem das árvores e morrem, deixando uma nova geração.

A “invasão” não é perigosa, já que a cigarra de olho vermelho não oferece risco à saúde das pessoas ou de outros animais. Ela pode, no máximo, danificar algum equipamento, ou incomodar com seu barulho: segundo Gene Kritsky, entomologista da faculdade Mount St. Joseph, em Cincinnati, o som feito pelos machos, que “cantam” para as fêmeas, chega a 94 decibéis, tão alto que “você não consegue ouvir aviões passando logo acima da sua cabeça”.

Há duas espécies das cigarras de olhos vermelhos e a principal diferença entre elas é o tempo que levam para deixar o solo: 17 e 13 anos. Além disso, há 15 grupos desses animais que se “revezam”. Em outras palavras, quase todo o ano um local é “invadido” pelas cigarras nos Estados Unidos. E cientistas acreditam que a deste ano deve ser uma das maiores já registradas. “Alguns lugares vão ficar cheios de cigarras”, diz Mike Raupp, da Universidade de Maryland.

Alguns cientistas acreditam que o estranho ciclo de vida engana os predadores, que não conseguem prever o aparecimento dos insetos. Além disso, a quantidade é chave para a sobrevivência da espécie, já que os predadores não dão conta de tantas presas, e os sobreviventes ficam livres para se reproduzir. A fêmea costuma colocar cerca de 600 ovos nos galhos de árvores. A prole então cai no solo, onde recomeça todo o ciclo.

Fonte: Jornal Agora MS
Leia mais...

Via crúcis de uma vaca leiteira em Açores e no resto do mundo

Nossa leitora Cristina Calixto nos fala de um assunto que não podemos deixar de refletir. Por favor, vamos colaborar com nossos companheiros de Açores.
______________
A produção de leite (de vaca) é claramente a atividade mais condenável, nos Açores.  Segundo o relatório ambiental dos Açores, solicitado pelo governo regional, é a atividade que causa maior poluição e impacto ambiental, 65% de todo o território açoriano é pasto... território esse que podia ser usado para a AGRICULTURA, contribuindo para uma maior RESILIÊNCIA da região.
Para produzirem leite, as vacas são engravidadas à força e continuamente... tão continuamente que, nos Açores, por serem um produto excedente, milhares e milhares de bezerros são INCINERADOS, de modo a que o PREÇO DA CARNE NÃO DESÇA (numa altura em que há cada vez mais açorianos a passar fome e todo o tipo de dificuldades). Trata-se do desrespeito total pelos Animais (incluindo Humanos) e pela Natureza. Tem ainda uma petição aqui: http://www.thepetitionsite.com/431/136/094/fim-da-incinerao-de-bezerros-nos-aores/


Leia mais...

Príncipe Charles em defesa da vida selvagem? uééééé.....

Não vou chamar os universitários, mas, a amiga brasileira/inglesa Aurea Abrantes p´ra entender.... o Charles não é um baita de um caçador? o filho então nem se fala. Cheguei até publicar sobre isto: PRÍNCIPE WILLIAN ADORA CAÇAR, PRINCIPALMENTE, RAPOSAS!!!! . Aí, amiga, me ilumina? kakakakaka....

Príncipe Charles sai em defesa da vida selvagem. A instituição “The Elephant Family”, que ajuda a proteger animais em extinção, ganhará uma festa organizada pelo herdeiro do trono britânico. O Animal Ball, como foi apelidado, será feito em parceria com a empresa voluntária Habitat for Humanity. Designers como Diane von Furstenberg, Manolo Blahnik, Christian Lacroix e Missoni criaram máscaras inspiradas em diferentes bichos para serem usadas no evento. Até quarta-feira, as criações estarão à venda na casa de leilões Sotheby’s. A festa para 600 convidados será na Lancaster House em Londres, no dia 9 de julho, e terá renda revertida para as instituições envolvidas.
E mais: o produtor Michael Howells transformará 24 quartos da casa em uma selva. Cada ambiente será montado em homenagem a uma espécie ameaçada. O evento terá como atração musical o cantor britânico Jools Holland e a sua orquestra Rhythm and Blues.

Fonte: Boainformacao.com.br
Leia mais...

A amizade entre um homem e uma raposa - Reino Unido

"O homem que você vê no vídeo se chama Mike, e o animal que carrega sobre os ombros é uma raposa chamada Cropper. A raposa (é um macho) foi encontrada acidentalmente por Mike quando ele ainda era um filhote. Ele foi ferido como resultado de uma briga feia com um cão, e certamente teria morrido se esse homem não tivesse intervindo para resgatá-la. Após a cura, Cropper foi incapaz de ser reintroduzido na natureza e por isso ele ficou com Mike, que tem com ele a relação que muitos de nós temos com seu cão. Eles vivem no mesmo apartamento e saem juntos para longas caminhadas. A história de Mike e Cropper vem do Reino Unido, onde, infelizmente, a caça à raposa ainda é considerado uma questão cultural."

O vídeo é de 2008 e já teve mais de um milhão e duzentas mil visitações....é sempre legal a gente ver exemplos como este, não?
Leia mais...

Cão agredido por tutora é adotado pela mãe de estagiária da Prefeitura de POA

No último dia 04 de maio  publiquei esta postagem: No RS, mulher é filmada maltratando o cão - versão da york Lana. Só hoje obtive alguma informação. Está no boletim distribuído pela SEDA de POA.
______________________


O cão flagrado sendo agredido pela tutora, há poucos dias, tem novo lar e novo nome. A pinscher “Sophia” (nome dado à pinscher para não trazer nenhuma associação do seu passado de maus tratos) foi adotada por Grettel Cardozo, mãe de Camila Cardozo de Vasconcellos, estagiária do Procon, da Prefeitura de Porto Alegre. A autorização de doação foi emitida pela Polícia Civil. “Há alguns meses, eu e minha mãe vínhamos amadurecendo a ideia de adotar um cão de pequeno porte, tamanho apropriado para o apartamento dela. E quando tomamos conhecimento da história da Sophia, decidimos que seria ela”, diz Camila.


Poucos horas antes da chegada à casa da Família Cardozo, Camila saiu para
Leia mais...

Vídeo: câmera lenta mostra que morcegos também podem ser graciosos

Gente, olha o linguão dele... é muito bonitinho
Fonte: Hype Science
_______________

A maioria das espécies de morcego se alimenta de néctar, e a tarefa não é das mais simples: é difícil se manter estável pairando sobre flores, e por isso o morcego precisa beber a maior quantidade que conseguir no menor tempo possível.


Como é possível ver no vídeo acima, produzido por pesquisadores da Universidade Brown (EUA), os morcegos contam com uma língua longa e cheia de “pelos” na ponta, que se enchem de sangue e aumentam sua superfície de contato, absorvendo mais néctar.

Saiba, também, sobre o morcego-panda achado lá no Sudão
 CLIQUE AQUI para ler .... ele é lindo


Leia mais...

Procura-se desesperadamente por Princesa - Zona Leste de São Paulo


Leia mais...