03/12/2013

Papa Francisco torna-se ativista dos direitos dos animais

Nossa amada Simone Nardi nos mandou.... eu não tinha lido não, gente!!!! Sempre me perguntei se não tinha nenhuma ONG lá da Itália que quisesse aproveitar a proximidade para falar com o Papa....  Ufa, ainda bem!!!!!
_________________________

UM EXEMPLO DE COERÊNCIA COM OS DITAMES BÍBLICOS E AÇÃO DO SEU REFERENCIAL S.FRANCISCO

Papa Francisco na cerimônia da adesão à FIDA
No passado dia 25 de setembro o Papa Francisco tornou-se um ativista dos direitos dos animais, recebendo, numa cerimónia oficial, uma placa de sócio honorário da poderosa e influente  Feder F.I.D.A. (Federação Italiana dos Direitos dos Animais). 

Para além da adesão a membro da F.I.D.A. a Presidente desta associação, Loredana Proni, anunciou também a concordância do Papa com a proposta da criação de uma Jornada dedicada aos Direitos dos Animais, tendo já dado conselhos sobre ações para projeto. 

Para todos os cristãos, a decisão de Bergoglio, escolher o nome de “Francisco” não foi um mero acaso. São Francisco é conhecido como o
exemplo mundial de simplicidade, mas igualmente pelo do amor e proteção dos animais,  sendo também que, em coerência,  o Papa atual, como “seu seguidor”, já se tem destacado pela simpatia  sobre o mundo animal, vincando-a agora na adesão  a este importante movimento ilatliano de ativistas pelos direitos dos animais. 

Diploma do Papa como sócio honorário da FIDA
Sem dúvida que respeitar e lutar pelo bem-estar dos animais é um dever de obrigação  cristã, na essência do preceituado bíblico,  e um valor/dever universal generalizado da ética humana, independentemente de qualquer credo ou religião. 

Reitero que “a compaixão pelos animais é das mais nobres virtudes da natureza humana, sendo nosso dever ético respeitá-los e agir pelo seu bem-estar, na consideração de que são seres sencientes que sofrem e sentem como gente, e não se podem defender por sí próprios.” 

Expressou, ainda, Loredana Proni, que a adesão a sócio e aceitação da proposta, pelo Papa Francisco, “foi para nós uma grande honra e alegria, mas também a oportunidade de trazer o tema da proteção dos animais para a Igreja”. 

Touradas: uma barbárie a ser combatida pela Igreja
Fico também na esperança de que, esta postura assumida do Papa, de ativismo, na defesa dos animais, à semelhança do seu referencial “Francisco de Assis”, irradie exemplo junto das igrejas, de católicos e cristãos em geral, em todo o mundo, provocando as mudanças atitudinais necessárias, no respeito pela vida de todos os seres, conforme preceitua a Bíblia. 

Por exemplo, está na hora de algumas igrejas dos Açores, passarem a ser “justas”,  coerentes e obedientes, tendo em conta estes referenciais do Papa Francisco e os ditames bíblicos,  renegando a realização de touradas associadas a festas paroquiais, pelo mau-estar e sofrimento que cria aos animais, e contradição bíblica, conforme Provebios 12:10 :“Os justos importam-se com o bem-estar dos seus animais” e “Todos os animais pertencem a Deus” (Salmo 24:1), entre outras passagens que mostram o cuidado de Deus com os animais. 

Outra situação vergonhosa e anti-cristã que não poderá repetir-ser, foi a cruel matança de cães que pernoitavam junto do Santuário de Fátima e que foram mandados abater pelas chefias, sob a desculpa de que “os animais famintos incomodavam os turistas”. Isto não é cristianismo, mas sim fingimento hipócrita, privilegiado-se o “negócio” em detrimento do respeito pela vida! 

O que dizer destas vis e repudiantes ações versus as palavras de João Paulo II: “Os animais possuem uma alma e os homens devem amar e sentirem-se solidários com nossos irmãos menores”. Ele chegou a dizer que “todos os animais são fruto da ação criativa do Espírito Santo e merecem respeito” e que eles estão “tão próximos de Deus como estão os homens”. 

* José Andrade Melo
CADEP-CN e Amigos dos Açores Sta Maria

16 comentários:

  1. Jorge Romano03/12/2013 13:01

    De fato é de suma incoerência a igreja não incluir os animais em suas pregações. O que foi feito em Fátima se repete em muitas igrejas onde os padres não querem animais por perto (como assim?). Algumas profecias ditam que o Papa Franscisco será o ultimo em decorrência de outras previsões aguardadas para nossa nave mãe. Um Papa que levanta a bandeira a favor dos animais (independente de religiões), é uma esperança enorme e bem vinda a causa animal. Que ele possa abrir os olhos dos que ignoram os animais como criaturas superiores em muitas qualidades que faltam aos humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge Romano concordo contigo e isto é um alento ... uma esperança para o ativismo pelos animais. Um Papa tem uma influência ... uma força muito grande ... por onde ele passa ele arrasta multidões.... pessoas se emocionam só de vê-lo ! Imagina se ele puder passar a mensagem de que os animais merecem e devem ser repeitados ! Evelina

      Excluir
  2. Um dia após meu aniversário, considero como um presente! Acho que é um bom presságio... desejo não estar enganada. Nossos animais precisam de alguém "forte" em sua defesa, espero ser ele a peça que faltava para conseguirmos vencer essa batalha em favor dos bichinhos!

    ResponderExcluir
  3. rosa elisa villanueva03/12/2013 13:54

    Sheila, me emocionei com a notícia. Sou católica e o papa Francisco veio acalentar nossos corações. Mas devemos lembrar que a igreja católica é formada por pessoas, e nem todas praticam efetivamente o evangelho. Quero ir para o Vaticano e ver de perto este ser iluminado.

    ResponderExcluir
  4. Já era hora!

    ResponderExcluir
  5. Eu não sabia dessas frases de João Paulo II, BRAVO! Simpatizo demais com esse novo Papa, apesar de não ser uma católica praticante. Acredito que ele fará diferença no âmbito mundial.

    ResponderExcluir
  6. O Papa é uma referência mundial e sua atitude de se juntar a pessoas que praticam a proteção animal é um ótimo presságio, mas como disse a Rosa Elisa, a Igreja precisa trazer a consciência de seus seguidores essa vontade do Papa Francisco, senão fica aquela sensação de desprezo pelo que é sagrado. É preciso valorizar esse raro e divino comportamento do Papa e, de fato, influir nas touradas e abolir das festas religiosas o uso de animais para deleite da insanidade humana.

    ResponderExcluir
  7. Quando ele escolheu este nome eu me enchi de esperanças, espero que mais pessoas tenham consciência de que não somos os únicos seres vivos no mundo.
    Simone Vasconcelos

    ResponderExcluir
  8. É de emocionar agente, mas espero que ele faça muito ainda pelos animais.
    Bjs Sheila
    Si

    ResponderExcluir
  9. Ana Lucia Nunes03/12/2013 19:55

    Boa notícia !!!
    Espero que de fato ela faça jus ao nome que escolheu e lute por TODOS os peludinhos !
    Não adianta gostar e proteger uns e comer outros !!!

    ResponderExcluir
  10. Que venham as boas not'icias! o mundo anda precisando.. Habemus Papam!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nós principalmente!

      Excluir
    2. Pena que o Papa não possa mudar a mentalidade do povo judeu, muçulmano, candomblé, da ralé parasita anencéfala...

      Excluir
  11. Não tenho certeza, mas creio que o Papa João Paulo II era vegetariano.

    ResponderExcluir
  12. - Esse merece o lugar que está ocupando....

    ResponderExcluir
  13. Devo lembrar que, embora varie muito a atitude de católicos enquanto pessoas (alguns desprezam animais, com certeza) a Igreja católica é, provavelmente, a única que tem a Bênção dos Animais. Na Folhinha do Sagrado Coração, da Vozes (franciscanos) há anos sai uma coluna intitulada "animais no altar" que fala da presença dos bichos na iconografia católica e é assianda por Frei Clarencio Neotti, de Vila Velha. assinado, Miguel

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪