05/12/2013

Alimentar pombos em praça. É certo? Caxias do Sul - RS

Olha, eu adoro pombos e tenho até um pombal em casa. Mas, sou contra a alimentação na rua, pois, o excesso destas aves promove verdadeiras tragédias por envenenamento. Precisamos reconhecer que, para nós, é um animal como outro qualquer que merece nossa atenção. Mas, para a sociedade não é bem assim.

Infelizmente, ao receber fartura de alimento, o animal desacostuma a correr atrás do seu dia a dia, onde a seleção natural acontece. Nao fui eu que inventei isto... falem com o Cara lá de cima, pô!!!! 

E outra coisa que acho o pior: Deus lhe guarde, mas, se esta senhora faltar? quem vai alimentar as aves? daí, elas vão sofrer, minguar e morrer.... tudo porque não sabem se virar..... Pombo é um dos bichos mais espertos que conheço, mas, sua malandragem de sobrevivência vai sendo adquirida a medida que as necessidades vão se apresentando. Não será de uma hora para outra que ele vai aprender tudo.... enfim, isto é fato incontestável!!!!
____________________

Idosa que alimenta os pombos da Praça Dante pretende processar prefeitura de Caxias do Sul

Idiati Mondin chegou por volta das 11h
e distribuiu milho aos animais em canecas,
como de hábito
Foto: Raquel Fronza/ Agência RBS
Idiati Mondin, 78, condena lei que proíbe alimentação dos animais

A idosa de 78 anos que segue alimentando os pombos da Praça Dante Alighieri em Caxias do Sul, mesmo com a proibição municipal, quer processar a prefeitura por não permitir que dê comida os animais. Idiati Mondin afirmou na
manhã desta terça-feira, em entrevista à Rádio Gaúcha Serra, que irá a uma audiência no Ministério Público ainda na terça.

— Eles reclamam, mas não têm capacidade de tirar elas daqui. Querem que elas morram de fome. Gato, cachorro, pomba, todos são animais — justifica.

Nesta terça-feira, a idosa chegou por volta das 11h na Praça e distribuiu milho aos animais em canecas, como de hábito, ao lado de uma placa informativa que prevê multa para a prática.

_ Vou continuar alimentando. Vou mesmo. Dizem que fui multada, mas não vi multa nenhuma_ completa.

Na manhã da segunda-feira, ela foi multada por alimentar os pombos  e por desacato a uma servidora pública.

FONTE: Zero Hora

-----
"Ela continuará sendo multada", diz secretário de Caxias sobre idosa que alimenta pombos

Idiati Mondin chegou por volta das 11h
e distribuiu milho aos animais em canecas,
como de hábito
Foto: Raquel Fronza/ Agência RBS
Segundo titular do Meio Ambiente, pombos estão obesos e em superpopulação

A idosa de 78 anos que segue alimentando os pombos da Praça Dante Alighieri, mesmo diante da proibição municipal, receberá uma multa a cada vez que for flagrada distribuindo comida aos animais. Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Adivandro Rech, não há outra penalidade prevista para Idiati Mondin, 78 anos, ainda que ela insista em alimentar os animais todos os dias.

— Não há tratamento diferenciado para ela. A legislação deve ser obedecida por todos e ela nos desrespeita. Ela só está prejudicando os pombos, que estão acima do peso e se reproduzindo de forma exagerada. Isso causa uma superpopulação destes animais na Praça, e incomoda todos que passam por lá — entende o secretário.

Segundo Adivandro, diariamente, são encontrados até quatro quilos de milho no chão da praça. Com o alimento disponível, os pombos não se deslocam para outros lugares da cidade e, assim, se concentram no Centro. 

— Essa comida que ela fornece não é adequada. Os pombos estão obesos e doentes. Eles não morrem de fome se ela não der comida, eles buscam o alimento natural para eles_ garante.

Desde que a lei entrou em ação, no início de novembro, três multas foram aplicadas. A multa para quem desrepeita a lei é de R$ 233,90. Em caso de reincidência, passa a R$ 467,80. 

Na manhã da segunda-feira, Idiati Mondin foi multada por alimentar os pombos  e por desacato a uma servidora pública.

FONTE: Zero Hora

8 comentários:

  1. Nunca estive no exterior, mas em filmes e reportagens, vejo as pessoas alimentando os pombos nas praças em países da Europa e nunca soube de que houve grande mortandade de pessoas por culpa deles.

    ResponderExcluir
  2. Creio já ter dito isto aqui: em todas as praças de capitais famosas do M.U.N.D.O T.O.D.O as pessoas dão alimento aos pombinhos, no Brasil não pode, no Brasil só se pode alimentar cães, dispor até de casinhas - li isto aqui mesmo - para abriga-los, mas os pombinhos? ah!, imagine, os pombinhos causam transtornos, sujam tudo, transmitem doenças... vão ser F.E.L.I.Z.E.S!!!

    Parabenizo essa senhora de bom coração. Vá em frente minha senhora e processe mesmo a prefeitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo sabe que mau cheiro de urina e fezes humana, nem mesmo os próprios humanos suportam, mas mendigos, drogados e toda pessoa sem educação faz isso em praças, becos e ruas da cidade e, não vejo as autoridades tomarem nenhuma providência quanto a isso!

      Excluir
  3. O secretário está preocupado com a obesidade dos pombos...kkkk... Por que ele não instala umas esteiras para que façam exercício? Enquanto isso no Postão (posto de saúde 24h) os problemas se acumulam...
    Prioridades tortas em Caxias do Sul!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gostei da respostas! ivanildo tim facebook

      Excluir
  4. En mi pais Argentina en la misma Plaza de Mayo sede del gobierno y en la Plaza de los dos Congresos, hasta venden alimento para palomas. Todos desde niños fuimos a alimentar a las palomas y los edificios del rededor se encuentras pintados con pintura especial anti-paloma.Alli no es delito alimentar a las palomas, por lo visto aqui en Brasil es crimen que una anciana alimente esos pajaros.

    ResponderExcluir
  5. abençoea Jesus e lhe de vida longa

    ResponderExcluir
  6. Ana Lucia Nunes10/12/2013 11:23

    Concordo com você Sheila. Enquanto o Brasil for o país que é, o melhor para o bem dos pombinhos é não alimentá-los.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪