02/09/2013

Mulheres são condenadas a indenizar Habib's após organizar protesto contra a rede

Quando falo aqui não é a toa.....temos que ser muito responsáveis quando denunciamos coisas deste tipo, incluindo, repasse de denúncias em facebook e e-mails.... Vamos torcer para o advogado delas conseguirem reverter a situação....
____________________________________

A Justiça de Piracicaba condenou três mulheres que organizaram um protesto contra o Habibs, através do Facebook, a pagarem uma indenização de R$ 100 mil à rede --R$ 33,3 mil cada uma. A decisão é do dia 6 de agosto e foi divulgada nesta terça-feira (27).

Na visão do Judiciário, a iniciativa teve "o intuito de abalar a reputação" do comércio ao induzir a "sociedade a não consumir os produtos por ela fornecidos". As rés também terão de se retratar na rede social, sob pena de multa diária de R$ 100 por descumprimento. Cabe recurso da decisão.

A sentença foi dada pelo juiz Marcos Balbido da Silva, da 2ª Vara Cível. Ele argumentou ainda que a publicação na rede social foi utilizada sem que a empresa pudesse se defender ou se pronunciar sobre o caso. A ação foi ajuizada em fevereiro de 2013, depois que as três mulheres marcaram, através da rede social,

um protesto contra o Habib's por conta da morte de um cachorro que foi retirado da loja por uma funcionária. Ao ser colocado para fora da unidade, o animal acabou atropelado. A morte do animal causou comoção na cidade. O fato ocorreu em 21 de janeiro e a manifestação seria em 13 de fevereiro.

Indignadas com a ação da funcionária, as três mulheres criaram um evento na rede social chamado 'Boicote Geral ao Habib's Piracicaba'. Na ocasião, a página teve grande repercussão, mas acabou deletada duas horas antes do protesto marcado.

No processo, as três mulheres afirmaram que são voluntárias de uma ONG (Organização Não Governamental) de proteção aos animais e que não organizaram os protestos, apenas reproduziram as matérias publicadas na imprensa. O Habib's, por sua vez, apontou que elas organizaram a ação, tese aceita pelo juiz.

Procurado, o Habib's limitou-se a informar que, por tratar-se de decisão judicial, o caso seria conduzido pelo departamento jurídico da empresa e que, por isso, não haveria pronunciamento. A unidade onde ocorreu o fato também foi procurada, mas limitou-se a informar que o local é uma franquia e o processo foi ajuizado pela sede da empresa e que, por isso, a unidade não se pronunciará, mas que "espera o trâmite da Justiça".

Outro lado
As mulheres foram procuradas, mas optaram por pronunciarem-se através de seu advogado, Homero de Carvalho. Ele informou que já entrou com o pedido de recurso contra a decisão, seja a anulação ou redução do valor da multa.

Ele afirmou ainda que as três são pessoas pobres e que não têm condições de pagar a multa. "Elas também já concordaram em fazer a retratação no Facebook", disse o advogado.

FONTE: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/08/29/mulheres-sao-condenadas-a-indenizar-habibs-apos-organizar-protesto-contra-a-rede.htm

36 comentários:

  1. Claro, a corda sempre rompe do lado do mais fraco... Bom, como não piso no Habib's, mesmo... Meu boicote é permanente... Mas acho que a empresa fica mais antipática ainda por processar 3 mulheres sem recursos. Seria melhor fazer campanha de adoção e posse responsável em seus restaurantes, e tirar a queixa contra as 3.

    Bjos,

    Bia

    ResponderExcluir
  2. engraçado é que elas tem que pagar indenização,mas a desgraçada que fez o animal ser atropelado nada pega.Impunidade já é hobe no país
    regina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Regina, a maior culpada foi a estúpida funcionária que não teve competência sequer para tirar o animal da loja, sem causar transtornos. Ela sim é que deveria ser duramente punida.

      Excluir
    2. Verdade. O que as faz rés num processo em que elas apenas devem ter divulgado no facebook o que aconteceu nesta lanchonete chinfrin pela maldade de uma de suas funcionárias em ter contribuído para o atropelamento e a morte do cachorrinho??? É um absurdo!! Uma total inversão de valores!!! Agora a gente não pode mais falar a verdade dos fatos e nem levar ao conhecimento das pessoas o que acontece ao nosso redor, que nós estaremos denegrindo a imagem sei lá de quem??? E teremos que ser caladas, humilhadas em ter que pedir desculpas a quem deveria se desculpar com TODA a sociedade??? Gente, isso é um absurdo!!! Vamos defendê-las, pois defendendo-as estaremos NOS defendendo, essa é a verdade.
      Por favor, vamos ajudá-las. Estamos no mesmo sentimento, gente!!
      O amor pelos animais.

      Excluir
  3. Se tivéssemos um Sindicato dos Protetores, teríamos respaldo legal, seríamos respeitados como protetores e não estaríamos trabalhando de graça para a sociedade, lutando sozinhos contra o mundo e ainda sermos processados.

    ResponderExcluir
  4. rosa elisa villanueva02/09/2013 13:21

    Sheila, às vezes agimos mais pela emoção do que pela razão. neste caso se elas tivesses escrito ao Habbibs informando do caso, e somente da resposta deles, ou ausência de resposta, é que deveriam ter feito o boicote à rede. A funcionária que retirou o cão participou de um homicídio culposo, aonde não havia intenção de matar. Mas acho que o habbibs poderia ser mais simpático se abrisse mão do dinheiro.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que agora sim deveríamos começar um super movimento organizado, quero ver se com todo mundo contra o Habib's eles não desistem do processo.

    ResponderExcluir
  6. Se elas tivessem falado contra a qualidade do estabelecimento, eu entenderia a demanda. Mas se posicionaram contra a forma como o cão foi retirado do local? Então qq reclamação que a sociedade faça pode virar processo. Eu acho que a posição do Habibs foi equivocada. Ele deveria se preocupar em ajudar aqueles que cuidam de animais, seria uma maneira mais nobre de responder à questão levantada. Todos sabemos que não pode haver animal em ambiente de alimentação, até por causa da vigilância sanitária, porém se o caso tornou-se comoção na cidade é porque a postura da funcionária não deve ter sido delicada. Há maneiras e maneiras de se resolver um problema. O animal foi quem acabou morto. Um horror o posicionamento da rede.Enfim, é preciso muito cuidado com as colocações em redes sociais e movimentos criados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bem colocado. eh isso mesmo. falou brilhantemente.

      Excluir
  7. Essa cambada de sugadores de animais indefesos enriqueceram nas custas de mortes e ainda querem pegar dinheiro de protetoras independentes que se compadecem dos indefesos animais, CONSCIENTIZAR ELES NÃO QUEREM MESMO, POIS A GANÂNCIA É MUITA...COVARDES

    ResponderExcluir
  8. PRA QUEM ASSASSINA OU PRATICA MONSTRUOSIDADE COM INDEFESOS, A PENA É MUITO BRANDA E QUANDO TEM PENA, AGORA PARA ESSAS MULHERES QUE SÓ QUEREM AJUDAR/DEFENDER OS ANIMAIS QUEREM MULTA ABSURDA...FALA SÉRIO, MUITA IGNORÂNCIA E APROVEITADORES DE OPORTUNIDADES...

    ResponderExcluir
  9. Este juiz foi comprado pelo Habib's, não é possivel! e os tantos protestos que eu vejo e participo de boicote ao MacDonald's, Boicote à restaurantes famosos que servem foie-gras etc, etc? pq nunca foram multados? O que aconteceu com a tal liberdade de expressão? Acho que o protesto foi muito mal organizado, ou o juiz foi comprado...

    ResponderExcluir
  10. A CULPA É DO JUIZ. Ele é que aceitou os termos da denúncia, certamente pela importância "comercial" da rede e porque, logicamente, o lado mais fraco não tinha condições de revidar à altura. Assim, aos poucos, vão minando toda a ação que as protetoras ainda querem fazer. O Habib's está se protegendo de denúncias futuras. Agora, recebeu o aval pra fazer o que quiser contra os animais e ninguém vai se atrever a denunciá-los. Mas se a campanha tivesse continuado a ser compartilhada, não haveria o que fazer. E elas se retratarem é o pior que poderia acontecer. Falaram a verdade e por isso o juiz as condenou. Bonita a nossa "justiça", né? Deveriam fazer denúncia à Comissão de Direitos Humanos, por assédio moral do juiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2013/10/cliente-chamada-de-maconheira-por-atendente-ganha-r-3500-do-habibs.html?fb_action_ids=10152251922199951&fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%2210152251922199951%22%3A339137052890175%7D&action_type_map=%7B%2210152251922199951%22%3A%22og.recommends%22%7D&action_ref_map=%5B%5D OLHA SO O MESMO HABIBIS AQUI NA NOTICIA!!! TEMOS QUE PEDIR UM AGRAVO!!

      Excluir
  11. O pessoal deveria ter feito um protesto contra a funcionária, pois não foi o Habib's que matou a cachorro e sim a infeliz funcionária.

    ResponderExcluir
  12. Também acho. A funcionária que deveria pelo menos levar um baita susto.

    ResponderExcluir
  13. Tem que se avaliar o que está por detrás dessa decisão - o que moveu o juiz a sentenciar as 3 mulheres com tamanha presteza -, por que não é tão comum que um processo tramite tão rápido em uma instância judicial....olhem bem para as datas.....se algo ficar no ar, existe a instância do CNJ para avaliação de posturas dos magistrados.

    ResponderExcluir
  14. Sobre o que um anônimo postou aí em cima: sindicato dos protetores não é viável, pois sindicato pressupõe categoria profissional.
    Mas associação é viável, sim.
    E acho até recomendável.
    Quanto mais organizada for a proteção animal, maiores as chances de sucesso em suas empreitadas, pela força das suas ações coletivas. Isso passa por coisas como associação. Associação é a união de pessoas que tenham interesses e objetivos em comum.
    Silvan

    ResponderExcluir
  15. Ana Lucia Nunes02/09/2013 19:11

    Não entendi por que o manifesto contra a rede: tinha que pegar de porr....da a funcionária !!!
    Por mais que ela obedeça ordens da empresa, a maneira dela tratar o peludinho é que tinha que ser questionada.

    ResponderExcluir
  16. Fádua - POA02/09/2013 20:03

    Concordo com a Bia, o Habib's perdeu uma ótima oportunidade de reverter a imagem negativa. Faltou visão a esse pessoal, espero que as protetoras consigam sair dessa... só por que incentivaram a não frequentar o estabelecimento, a multa é um absurdo, foi baseada em quê? Ainda bem que não como essa droga, eca.

    ResponderExcluir
  17. bom esperar oq ue de quem explora animais e vive do comercio da carne de inocentes?

    ResponderExcluir
  18. NÃO ENTRO NESSE TIPO DE LUGAR NEM SE ME PAGAR, ONDE O SANGUE CORRE, PELA GANÂNCIA DE SERES "RACIONAIS"

    ResponderExcluir
  19. ESPERO QUE A CONSCIENCIA DESSES SERES ESTEJA GRITANDO POIS AQUI SE FAZ E PAGA.

    ResponderExcluir
  20. JUIZ É UMA RAÇA DE FILHOS DA P. ODEIO ESSAS PRAGAS. NAO TEM COMPETENCA ETICA PRA JULGAR NADA. ELAS SERAO RESTITUIDAS DO QTO JA INVESTIRAM EM PROTECAO COMO FORME PREVE LEI? O ANIMAL SERA RESTITUIDO DE SUA VIDA? O HABIBS PAGARA PELA VIDA DO ANIMAL? SURREAL SE NAO FOSSE NESSE PAIS DESGRACADO. OUTRO DIA UM RAPAZ ORGANIZOU CONTRAS AS BARCAS RIO NITERÓI UM PROTESTO A PIRANHA DA JUIZA NAO MANDOU ELE PAGAR 1000.000,00 UM MILHAO? UM CARA COMO EU E VC?? VIVEM OU NAO EM SUAS TORRES DE MARFIM DELIBERANDO LIXO NA VIDA DAS PESSOAS AS CUSTAS DO NOSSO DINHEIRO...SAO ARROGANTES E PREPOTENTES. ONDE ESTA O DIREITO A SE MANIFESTAR? A LIBERDADE DE EXPRESSAO. QUER DIZER Q UM COMEDIANTE NAO PODE FAZER PIADA POR TRAS PQ TIRA O DIREITO DE RESPOSTAS??? CARA...CUSTO A ACREDITAR Q ESSAS ABERRACOES EXISTAM

    UGO WERNECK

    ResponderExcluir
  21. Pessoal, lembrem do caso da Royal Canin. Perdi as contas do numeros de mails que recebi deles se desculpando, pelo caso dos Ursos atacados por caes. E so mandarmos muuuuuuuiiiiitos mails de protesto ao Habib´s de Piracicaba.
    Logico que o juiz foi comprado, nada corre tao rapido no Brasil. A unica maneira serao os nossos protestos e as mulheres que ainda podem recorer.
    Abr. Dora

    ResponderExcluir
  22. JAMAIS COMPRAREI COMIDAS NO HABIB´S:
    1° NÃO TEM FUNCIONÁRIOS CAPACITADOS
    2° A COMIDA É UMA PORCARIA (TANTO PELO GOSTO E PELO VALOR NUTRICIONAL)
    3° NÃO CONTRIBUEM EM NADA PARA A SOCIEDADE
    E QUANTO AO SENHOR QUE SE CHAMA DE JUÍZ, PORQUE AO INVÉS DE CONDENAR PESSOAS QUE ESTÃO EXERCENDO SEU LIVRE DIREITO DEMOCRÁTICO NÃO CONDENA ESSA EMPRESA QUE VENDE PORCARIAS PARA AS NOSSAS CRIANÇAS, ESSES TIPOS DE LANCHES MATAM À LONGO PRAZO!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Maldito juiz, maldito habib's, maldita funciionária.

    ResponderExcluir
  24. Foi uma total e absurda condenação, e a talzinha que tirou o cãozinho do Habibs, nao sofreu absoluta nada ou ainda vai ficar la pra fazer outra ???

    Que as protetoras consigam reverter essa condenação sem sentido.

    Que país é esse heim !!!!

    ResponderExcluir
  25. são as inversões de valores que ocorrem por aqui...Leis idiotas, e cabeça de cada Juiz decidindo o que bem entender.. Isso é mais um absurdo de nosso pobre Brasil nao à toa é o 45o.colocado em 50 Países no quesito segurança....ou seja dos 50 so existem mais 5 piores que nós e isso é pelas pessimas leis(culpa dos deputados)e da baguunça judiciária....situação de chorar...coitadas delas que so estavam tomando as dores do pobre animal...afffffff....

    ResponderExcluir
  26. Pior é que elas não podem se manifestar porque estão vigiando suas páginas! Para usar contra elas o que for comentado!
    Por causa de 1 protesto que não aconteceu e seria contra o MODO como a atendente conduziu a retirada do cão, não contra a marca ou produtos deles!

    ResponderExcluir
  27. olha o absuro OMESMO HABIBIS QUE CONDENOU A MULHER TOMOU UMA IGUAL DE MENOR VALOR E PARCELADO... CRIEM PETICOES AO HABIBIS PEDINDO QUE CANCELEM A DIVIDA DAS MULHERES EM NOME DOS ANIMAIS!!! VALORES INVERTIDOS DE NOSSA JUSTICA QUE CONDENA TRABALHADORES A PAGAR MUITO MAIS DO QUE CONDENA UMA EMPRESA COM MUITO MAIS RECURSOS A PAGAR MUITO MENOS POR COISAS SIMILARES!!! http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2013/10/cliente-chamada-de-maconheira-por-atendente-ganha-r-3500-do-habibs.html?fb_action_ids=10152251922199951&fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline&action_object_map=%7B%2210152251922199951%22%3A339137052890175%7D&action_type_map=%7B%2210152251922199951%22%3A%22og.recommends%22%7D&action_ref_map=%5B%5D

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪