28/09/2013

Família de Maringá (PR) luta na justiça para ficar com animais de estimação

Já fizemos postagens aqui sobre esta família que cria  animais exóticos.... Tigres de abrigo no Paraná correm risco de não terem mais filhotes. Leiam outras postagens AQUI e AQUI.  Agora, o IBAMA tomou vergonha e está cumprindo as portarias que regulam estas espécies. Uma delas exige a CASTRAÇÃO. Só não entendo porque não fazem o mesmo com o GAP, pois também, procriam chimpanzés.... É um absurdo!!!!! 

Jornal das Dez - Rede globo - 27-09-13
_________
Leiam a matéria do Yahoo Notícias porque o Jornal das Dez não diz o motivo:

Tudo começou quando Ary Borges, morador de Maringá (norte do Paraná), resgatou um casal de tigres em um circo em 2005. Hoje, ele, a esposa, filhas, e a neta de dois anos de idade convivem com 10 feras dentro de casa. O sonho de Borges é construir um parque para abrigar os bichos de maneira mais adequada.

Borges nunca temeu pela convivência entre os animais e sua família. "Basta dar amor e respeito e os
animais te darão isso de volta", explica ele. Cada tigre pesa entre 300 e 400 quilos e são capazes de matar uma pessoa com uma mordida. Mas na casa da família Borges, os moradores alimentam os tigres diretamente na boca.

Até completar um ano de idade, os bichos ficam dentro da casa. Com o crescimento, eles tentam pular o muro para as casas vizinhas. A solução foi deixá-los em um recinto fechado e soltar os animais após o horário comercial. Assim, eles podem nadar, brincar e gastar energia, conforme explica uma das três filhas de Borges.

Para alimentar as 10 feras, o custo mensal é de R$ 50 mil. Entre familiares e profissionais, são 10 pessoas na equipe que cuida dos tigres e leões. Para arcar com esses custos, eles abrem a casa para visitas e cobram R$ 1,5 mil para cada grupo de seis pessoas. Os bichos também fazem fotos e participam de filmes e novelas.

No entanto, a família briga com o Ibama para manter os animais. O órgão exige a castração para que eles sejam mantidos em cativeiro. Já a família Borges teme a extinção da espécie. Borges não imagina se desfazer deles: "são parte da família", afirma o criador dos animais. É amor ou loucura? (vi no Daily Mail)


Fonte: Yahoo

4 comentários:

  1. Isadora Guimarães28/09/2013 17:15

    Concordo totalmente com você Sheila!

    Nenhum desses animais deveria procriar. Sem sentido algum, deixar nascer mais um em cativeiro, preso em jaula, pro resto da vida... ou melhor, isso não é vida!

    Vida seria se o animal estivesse em seu habitat natural.

    Fora o problema que bem já conhecemos, se algum dia um tigre desses machucar uma pessoa, vai sobrar pro tigre....

    Esse pessoal diz que ama, mas tanto essa família que cria tigres, quando o dos chipanzés deveriam repensar suas próprias atitutes... se ama, deixa viver - livre!

    Se for pra extinguir a espécie, deixa extinguir, é o curso natural da vida.... Amo animais, mas pra vê-los sofrer ás vezes penso que era melhor deixá-los morrer... porque "viver" em cativeiro é apenas uma existência vazia.. sem sentido...

    Se um animal pudesse escolher por ele mesmo, tenho certeza que ia preferir viver na selva, mesmo correndo os riscos, de habitat e comida escassa, o perigo de ser morto por caçadores, etc. Mesmo assim teriam vida de verdade, pelo tempo que fosse.

    ResponderExcluir
  2. Eles fizeram uma grande ação aos regatar e cuidar de animais resgatados de circos, mas a procriação destes animais em cativeiro não é mesmo uma boa ideia. São animais grandes e poderosos. Se o lugar fosse um parque ecológico ou algo parecido, tudo bem, mas não é.

    ResponderExcluir
  3. Que diferença faz estar numa casa e em um Zoo ou circo? Se cobram para sustenta los, e com certeza para lucro próprio também isso é exploração! Além de colocar a vida de todos em risco humano e não humanos!

    ResponderExcluir
  4. Essa gente só quer se aparecer. Lugar de animal é no seu habitat natural.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪