14/08/2013

Prefeitura revoga decreto para atendimento dos animais, MAS, temos que agir

O bom senso prevaleceu. Como foi postado em nosso blog (Confira AQUI e AQUI), a Secretaria Municipal de Saúde promoveu uma reformulação dentro do CCZ e IJV, unidades da Vigilância Sanitária, que levava a população do Rio de Janeiro não contar mais com os atendimentos veterinários para pessoas de baixa renda. Mas, ontem mesmo mudaram das decisões.Vejam a matéria do O Globo de hoje:


_________________
Prefeitura vai revogar decreto que restringia atendimento a animais

GUSTAVO GOULART ( EMAIL ) 
Publicado: 14/08/13 - 5h00 RIO - O secretário municipal de Saúde, Hans Dohmann, decidiu nesta terça-feira revogar o decreto 37.490, que criou muita polêmica entre defensores de animais no Rio e motivou uma greve geral no Instituto de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, em São Cristóvão. O decreto, que entrou em vigor na quinta-feira passada, restringia o atendimento clínico e cirúrgico da unidade a casos de zoonoses (doenças comuns a homens e animais, como raiva, leishmaniose, leptospirose e sarna) e castrações. Assim, casos como infecções, tumores, fraturas e qualquer outra patologia não associada às zoonoses ficariam sem tratamento, exames ou cirurgias, que eram oferecidos no instituto a preços populares. A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde informou que a revogação do decreto será publicada no Diário Oficial de hoje. A decisão foi tomada após reunião entre Hans Dohmann, o subsecretário de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, Arnaldo Levy Lassance, e o diretor do Centro de Controle de Zoonozes Paulo Dacorso Filho, Fernando Ferreira. Os 80 funcionários do Instituto Jorge Vaitsman já voltaram ao trabalho. Ontem também, um grupo de defensores de animais fez um protesto na Cinelândia.
___________________
Agora, temos uma missão 
importante e urgente:

O Secretário de Saúde, como gestor público, tomou a decisão correta de cancelar aquele decreto absurdo. Parabéns a ele, MAS, temos que reconhecer que o estopim de tudo foi a atitude inicial dos diretores do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman. Ao saberem das modificações arbitrárias feitas pelo subsecretário de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, Arnaldo Levy Lassance, pelo Diário Oficial (ou seja, sem que ninguém soubesse),  PEDIRAM DEMISSÃO. Foi um ato de coragem e caráter mostrando que acima de qualquer gratificação financeira que recebem pelos cargos, está o destino daquele Instituto que nos oferece serviços veterinários de primeira para a população mais carente do Rio.

Temos que tornar sem efeito tal pedido mostrando ao Secretário Hans que, hoje em dia, ter pessoas deste gabarito em seus quadros funcionais é um orgulho para todo cidadão. Então, escrevam com suas palavras, mas, se quiserem uma sugestão de texto, aí vai:

hans.dohmann@smsdc.rio.rj.gov.br
c.c.: falabicho@falabicho.org.br; eduardopaes@pcrj.rj.gov.br; edupaes@uol.com.br

Prezado Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro
Dr. Hans Dohmann

Sabedores de sua atitude ao cancelar o decreto que modificava toda estrutura do Centro de Controle de Zoonoses Dacorso Filho e Instituto Municipal de Medicina Veterinária, vimos lhe parabenizar pelo bom senso como gestor público e lhe pedir que desconsidere os pedidos de exoneração dos cargos de diretores do IJV, o Dr. Carlos Eduardo R. Caetano e a Dra. Marilu Noronha em função dos bons serviços prestados e demonstração de caráter tão em falta nos setores dentro das instituições governamentais.
Atenciosamente
NOME
CIDADE/ESTADO
Ident.:
_______________________
ATUALIZAÇÕES:

1 - Vejam o que retirei do facebook Jorge Vaitsman postado ontem.  Cliquem na imagem para ampliar:



2 - Vejam o Decreto revogado pelo Prefeito publicado hoje no DO, pag. 3. Quando ele quer, resolve a parada em dois tempos, não?




10 comentários:

  1. É impressionante, não dá para entender, como tantos gestores públicos são absolutamente incompetentes, sendo necessária uma grande mobilização como essa que houve, juntando protestos das organizações de proteção animal e greve de servidores para que esses gestores enxerguem o que está um palmo a frente nos seus narizes.
    Silvan

    ResponderExcluir
  2. Graças a DEUS!!!

    ResponderExcluir
  3. Esses gestores públicos estão se arriscando, estão pensando que podem tudo!
    Estamos juntos, justiça para todos e fora Claudio, Eduardo e Cabral.
    Célio

    ResponderExcluir
  4. Que maravilha. Cartas enviadas. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ainda existem pessoas com a antiga mentalidade que dizia: "Faça o que eu mando e não faço o que eu faço". Mas isso mudou, ninguém aceita mais atitudes arrogantes e egocentricas. Ainda tem muito metido a espertinho pra cair de cabeça do cavalo! Quem manda é o leitor.

    ResponderExcluir
  6. Amigos do “Grito do Bicho” em verdade a guerra com o Secretário de Saúde Hans Dohmman e com nosso inimigo nº 1 Arnaldo Lassance está longe de acabar. Não houve uma vitória e sim uma estratégia para esfriar e desmobilizar a resistência que os funcionários do IJV, população, protetores e todos aqueles que se manifestaram. Um novo Decreto está a caminho por aí. Não há negociação possível, pois o Sr. Arnaldo Lassance não está disposto a negociar, pois não abre mão de desmantelar as unidades UPDF (CCZ) e UJV (IJV). É lamentável a saída do Dr. Carlos Eduardo e da Dra. Marilú, mas o fato de terem ética e apresentarem seus pedidos de exoneração acabou sendo favorável ao Sr. Secretário e ao Sr. Lassance. O retorno é impossível desses gestores ao IJV, e a alegação será sempre que foram exonerados “à pedido” mais o fato é que o IJV agora está com a Direção vaga e só será nomeado um gestor que de ante mão aceite a mudança de estrutura como foi proposta no decreto nº 37490. O mesmo problema não ocorre com o CCZ pois os gestores de lá não tiveram a mesma dignidade que Dr. Carlos Eduardo e a Dra. Marilú, e a greve no CCZ foi falsa, e os veterinários do CCZ estão divididos, os que permaneceram com suas chefias e os que perderam as suas chefias. Depois não adianta lamentar, a hora de gritar é agora. A única garantia é a saída desse Lassance que só quer criar cargos para agradar os seus conchavos políticos. Já vimos isso antes o Hans prometer e não cumprir. Ele é favorável ao Lassance. Acordem!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem falado e apoiado!

      Excluir
  7. Senhores gestores(?????)vamos ajudar ........os animais necessitam cuidados, os seres humanos de dignidade. Somos todos parte de uma ÚNICA CÉLULA....

    ResponderExcluir
  8. Fora Lassance!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪