09/08/2013

Matança de elefantes e rinocerontes na África cresce assustadoramente

Eu não sei como ainda existem animais destas espécies....
é uma maldição estes humanos no nosso planeta.....

Jornal da Globo - 06/08/13

5 comentários:

  1. O vídeo não abriu para mim. Se forem cenas de matança desses animais no fundo achei bom que não abrisse. A visão desta realidade escabrosa para não dizer coisa pior, me tira o sono e a vontade de viver neste mundo. Concordo com você, Sheilla e pergunto: o que fizemos nós e o planeta para merecermos esta maldição?

    Cláudia C. Alves

    ResponderExcluir
  2. Existem os caçadores porque existem os fdp que compram. Deveria haver alguma de resolução da ONU, convenção internacional, ou coisa que o valha, que punisse exemplarmente quem fosse pego com alguma parte do corpo desses animais, fosse vendedor, receptador, caçador, comprador, etc.
    Silvan

    ResponderExcluir
  3. Quando todos os animais estiverem extintos, as pessoas bondosas não terão motivo para nascer nesse mundo e aí, Deus pode acabar com tudo, já que não restará mais nada que possa valer a pena salvar.

    ResponderExcluir
  4. Ana Lucia Nunes11/08/2013 21:26

    Serei repetitiva "de novo": o ser humano é o único animal que vergonha a sua espécie !
    Caçador/comprador, traficante/viciado e assaltante/receptador têm que responder por crime hediondo, sem direito à recurso, pagar multa altíssima que será revertida para ong's de proteção animal.
    Esse é o discurso da minha parte racional superior, pois o meu emocional inferior é de sangrá-los e larga-los na selva e filmar a diversão para veicular como exemplo.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪