28/08/2013

Idoso tem hipotermia depois de se recusar a sair de casa sem o cachorro em São Sebastião do Caí

Engraçado que a notícia acontece porque a maioria agiria de outra forma... largava o cachorro p´ra lá e pronto..... Creio que todos nós agiríamos do mesmo jeito com uma agravante: no caso foi só um cachorrinho ... imagina quem tem um monte? Jesus amado.... nem quero pensar.....

NOTA: após a publicação da nossa postagem, a querida e intrépida Marli Delucca nos enviou um link caso alguém queira ajudar o "Urso" e outros animais. É só CLICAR AQUI.
________________
Homem de 83 anos foi internado com “geladura” após esperar socorro chegar para recolher o seu animal de estimação

Defesa Civil trouxe o animal para o abrigo
montado no Parque Centenário
A amizade entre Washington Couto da Rosa, 83 anos, e o seu fiel companheiro, um vira-lata de nome “Urso”, foi colocada à prova nesta segunda-feira. Sem condições físicas de levar o cachorro no colo por um longo caminho em meio às ruas alagadas do bairro Navegantes, um dos mais atingidos pela enchente que deixou 313 pessoas desabrigadas em São Sebastião do Caí, o idoso aguardou o socorro ao lado do cão por intermináveis dois dias. 

Sem saber a quem poderia recorrer, o senhor de 83 anos, que pensou que a sua família viria ajudá-lo a sair de casa junto com o animal,
abrigou o cachorro em meio ao vento, frio e chuva incessante, que já adentrava a sua residência. 

— Eu não queria sair sem o Urso. Eu tenho ele há seis meses apenas, mas é o meu único companheiro na casa. Não poderia abandoná-lo — disse Couto da Rosa, que já morou na Fronteira e, ultimamente, vivia em Rio Grande, antes de mudar-se para São Sebastião do Caí há pouco mais de um ano.

A equipe de Bombeiros voluntários de São Sebastião do Caí respondeu a um chamado da família do idoso, que mora na cidade vizinha de Harmonia, e foi resgatá-lo. Caso a espera fosse maior, Washington Couto da Rosa não resistiria, segundo o comandante operacional da corporação no município, Anderson Jociel da Rosa. 

— A água já estava no joelho desse senhor. Ele estava fraco, com muito frio e abraçado com o cachorro. Nós o trouxemos rapidamente para a nossa central de resgates. Colocamos um cobertor nele, e já providenciamos a sua internação no Hospital Sagrada Família — recordou Rosa. 

Com hipotermia, Couto da Rosa foi internado, ainda trôpego, em virtude das horas que ficou com a água corrente em suas pernas, e triste pela perda de seus poucos bens. 

— Ele estava combalido emocionalmente e com “geladura”, que é o termo técnico que nós usamos. Tinha vindo morar na cidade há pouco tempo, para ficar perto das filhas. Ele não sabia que São Sebastião do Caí tinha esse problema enorme com as enchentes. Estava chateado porque tinha perdido tudo o que tinha — explicou o médico que atendeu o paciente, Ricardo Fernando Jantzen. 

Após chegar no início da tarde no hospital, o homem de 83 anos foi liberado às 16h e levado pela prefeitura para a casa de suas duas filhas em Harmonia. Quando chegou, ele só queria uma coisa. 

— Quero tomar um banho muito quente. Agora que sei que o Urso está bem, posso descansar e tomar uma canja — concluiu, sabendo que o cão está no abrigo improvisado de cães resgatados do Parque Centenário, organizado pela ONG Vira-Lata da Net.

Doação

A Defesa Civil de São Sebastião do Caí está otimista para os próximos dias. A previsão é que as chuvas cessem, e o nível do rio Caí diminua ainda mais. Nesta segunda-feira, o nível baixou de 13,9 metros para 13,8 metros. A cidade tem 758 pessoas desalojadas, além de 313 desabrigadas. Um total de 368 residências foram danificadas pela forte chuva. A prefeitura tem três locais para abrigar as famílias que não tem para onde ir: Parque Centenário, Comunidade Católica do Bairro Rio Branco e Associação de Moradores do Bairro Quilombo. Doações de cobertores, roupas, sapatos e mantimentos devem ser encaminhadas para o Salão Paroquial da Comunidade Católica. Maiores informações através do número 51-36351012.

FONTE: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2013/08/idoso-tem-hipotermia-depois-de-se-recusar-a-sair-de-casa-sem-o-cachorro-em-sao-sebastiao-do-cai-4247538.html

13 comentários:

  1. Pra quem ama um animal isso é perfeitamente compreensível. Pena que demoraram tanto para socorrê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Homem abençoado! Mas e o cão, como ficará? Não voltará para o dono???? Ele é tão lindo!!!

    ResponderExcluir
  3. QUE LINDO!!! É UM EXEMPLO A SER SEGUIDO. QUANTAS VEZES,DEUS NOS DÁ A OPORTUNIDADE DE AJUDAR UM IRMÃO E, EM MEIO AO NOSSO EGOÍSMO, RECUSAMO-NOS A ESTENDER AS MÃOS. LEALDADE, RESPEITO E COMPAIXÃO É O MÍNIMO QUE O SER HUMANO JÁ DEVERIA TER APRENDIDO AO LONGO DAS SUAS EXISTÊNCIAS.
    TORÇO DEMAIS PARA O CÃOZINHO URSO E SEU WASHINGTON FIQUEM BEM, REECONTREM-SE E VIVAM FELIZES JUNTOS. GENTE, AJUDE, DOE O QUE PODEREM. HOJE SÃO ESSES IRMÃOS, AMANHÃ PODE SER UM OU VÁRIOS DE NÓS NESTA OU EM OUTRA SITUAÇÃO DIFÍCIL. DEUS É AQUELE QUE É JUSTO E QUE TUDO VÊ!

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, fiquei com a mesma dúvida de Yara, depois de tanta dedicação Urso não permanecerá com o seu dono? E a família do Sr. Couto não tomou nenhuma providência nesse sentido? SE alguém puder ligar para o telefone indicado e nos informar o desfecho seria ótimo.

    ResponderExcluir
  5. Eu moro em São Sebastião do Caí, RS. Este caso foi uma EXCEÇÃO. A maioria da GENTALHA COVARDE E IGNORANTE saiu correndo de casa e deixou os animais pra trás. Não sei quantos morreram, nem quero ver pra não ter um infarto. As protetoras montaram um canil improvisado no ginásio de esportes da cidade, saíram na água pra resgatar animais presos nas casas, mas a maioria dos bichos ficou nas casas. Uma tristeza. Mesmo aquela gentalha que tava no ginásio de esportes nem foi lá olhar se os seus cachorros eram dessa turma. Um nojo!!! Eu deixaria todo mundo pra morrer afogado meeeeeesmo!!! Por isso, eu não tenho mais pena dessa gentalha. Não tenho. Uma gentalha ignorante e desgraçada e fdp. Esse senhor vai ser atendido, sim. Agora, fiz as seguintes perguntas: Por que, mesmo sendo tão idoso, morava sozinho na cidade, enquanto suas "filhas" moravam em outra cidade vizinha? Ele vai ficar morando com elas, depois de toda a situação? Vai ter uma "vaga" pro cachorro? Ou elas não querem esse amigo? Vão cuidar do bichinho se não cuidavam nem do pai? Por outro lado, sei que tem muito idoso teimoso, que não quer sair de casa, quer morar sozinho mesmo, não aceita morar com filho nenhum. Será este o caso? Veremos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teresinha, se tu souber mais a respeito da situação deles, me informa por e-mail por favor: mclbrambi@gmail.com
      Quero ver se posso ajudar de alguma forma. Moro em Porto Alegre. Obrigada.

      Excluir
  6. rosa elisa villanueva28/08/2013 17:00

    Emocionante, o velhinho ficou abraçado com o cão que também não o largou. longa vida aos dois.

    ResponderExcluir
  7. Para quem quiser ajudar o Urso e outros animais... http://lh5.ggpht.com/-mw-thV7O0HY/Uh4jSGVancI/AAAAAAAAGrM/iRvICPQwgsw/s1600-h/idoso_cao_cai%25255B3%25255D.jpg

    ResponderExcluir
  8. Isso só tem um nome, amor e está escasso no mundo de hoje.

    Juarez Filho

    ResponderExcluir
  9. O homem está com o cão ha apenas seis meses e não foi covarde para abandoná-lo. Por outro lado, existem milhares de pessoas que abandonam animais, após anos de convivência e por qualquer motivo fútil.
    Já que ele se submeteu a ir morar naquele lugar para ficar próximo das filhas, por que então, as filhas não cuidam do Urso até que o pai esteja estabelecido fisicamente?

    ResponderExcluir
  10. Ana Lucia Nunes29/08/2013 20:09

    Por mais teimoso que esse senhor seja, que tipo de filhas deixam um pai nessa idade viver sozinho ?
    Que Deus abençõe os dois e os livre de ter que conviver com essas "filhas".

    ResponderExcluir
  11. Na outra casa que eu morava aconteceu um incêndio no terreno ao lado. Na mesma hora eu e meu irmão começamos a procurar todos os nossos cães e gatos para tentar tirá-lo de dentro de casa com a gente. Jamais sairíamos sem eles. Nossa meta era a seguinte: Ou saímos com eles ou morremos todos aqui. Felizmente, o incêndio foi controlado e não tivemos que sair correndo da nossa casa ou ... virarmos todos churrasquinho abraçadinhos.

    ResponderExcluir
  12. dentre tantos desumanos ainda excistem mtos verdadeiros humanos!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪