12/08/2013

Flagrante de crueldade na Av. Dom Almeida Lustosa, Caucaia-CE




Publicado em 11/08/2013
Animal não conseguia mais caminhar por excesso de peso. Antes de arriar, levou muitas chicotadas até o momento que não mais aguentou e foi ao chão, em meio a sol escaldante do horário de meio dia.
Caramba! Quando será que iremos presenciar esta lei ser cumprida?
Maltratar animais é CRIME previsto no Artigo 32 da Lei Federal dos Crimes Ambientais 9.605/98, que prevê pena de reclusão de 3 meses a 1 ano.

10 comentários:

  1. Troquem de lugar: coloquem o carroceiro puxando o peso e o cavalho guiando. Se ele desempenhar bem o papel, como quer que o animal faça, eu mudo meu nome! Explorador.

    ResponderExcluir
  2. O que eu acho mais triste ( se é que pode ter coisa mais triste que isso ) é a populçao ver isso e não fazer nada..

    ResponderExcluir
  3. Como ensinar um ser primitivo desse, sem ser na pancada, a ter respeito com a vida alheia?
    Silvan

    ResponderExcluir
  4. Tenho nojo de carroceiros! Essa gente torpe deveria morrer à mingua. Cavalos e muares são dos animais mais maltratados deste país, principalmente nessa região infame.

    ResponderExcluir
  5. Bando de idiotas que nada fazem e das leis que não são cumpridas e fiscalizadas.

    ResponderExcluir
  6. Aliás, depois deste flagrante nada aconteceu ao cidadão???

    ResponderExcluir
  7. Conceição12/08/2013 18:57

    Como sempre, não assisti ao vídeo, mas só de ver a imagem imagino a dor e o sofrimento do animal.
    MALDITOS SEJAM TODOS OS CARROCEIROS E TAMBÉM AQUELES QUE ACHAM QUE OS MESMOS PODEM SER CONTROLADOS COM CONVERSINHAS, CHIPS E ETC.
    Esses FDP merecem passar o resto de seus malditos dias puxando o peso no lugar dos pobres cavalinhos, animais lindos, maravilhosos, inteligentes, sensíveis ......................

    ResponderExcluir
  8. Ana Lucia Nunes12/08/2013 20:22

    Também não assisti. Não consigo ver tanta crueldade.
    O pior é que é sempre a mesma coisa: as pessoas assistem, não fazem nada e nem chamam a polícia.

    ResponderExcluir
  9. Em 1987, aqui em São Paulo, um cavalo deu um coice tão forte no carroceiro, que este foi levado para a emergência de um hospital. Não pensei duas vezes, roubei o cavalo e o escondi até conseguir levá-lo para a fazenda de uns amigos no interior.
    Aí eu pergunto: de que forma o animal era tratado para fazer o que ele fez? E pela cara do cavalo, ele parecia não demonstrar nenhum arrependimento.

    ResponderExcluir
  10. Victória, vc. é das minhas... hehehehehe

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪