16/08/2013

Animais de estimação devem ficar longe da movimentação na hora da mudança

Achei interessante este artigo porque orienta o grande público, não é mesmo?
______________________
Quando encontramos o imóvel ideal ficamos felizes e empolgados, contudo o processo de mudança para a nova casa causa uma agitação atípica e até mesmo certo desconforto, pois mudamos nosso ambiente e nossa rotina nestes dias.

O mesmo acontece com os nossos animais de estimação: pessoas transitando, caixas espalhadas pela casa, coisas fora do lugar deixam os bichinhos estressados e por isso, este processo requer que você tome alguns
cuidados especiais antes e depois da mudança.

Antes
O ideal é manter seu bichinho longe da bagunça, isso evita o estrese e também que ele se machuque. Mantenha o longe das “áreas de remoção”, procure manter o mesmo distante da movimentação e não se esqueça de dar atenção para ele neste período. Deixar na casa de um parente ou amigo é uma boa opção.


No dia da mudança
Uma dica para o dia da mudança é levar o animal de estimação para um banho e tosa. Para transportá-lo de maneira segura, utilize uma gaiola adequada ao tamanho e as suas necessidades. Verifique com seu veterinário se há necessidade de usar algum tipo de remédio contra enjoo e não se esqueça de  identificá-lo com o seus dados e telefones de contatos, em caso de eventuais imprevistos.

Na nova casa

O seu animal precisa de um tempo para se adaptar ao novo lar, por isso, você precisará ter paciência e tempo para se dedicar a este ritual de adaptação e será preciso que você o reeduque da mesma forma que fez, quando ele era filhote.

No inicio é natural que ele fiquem mais quietos, receosos e até mesmo tristes, afinal eles não reconhecem o local, nem seu cheiro.

Mostre qual é o seu espaço e quais são as regras.  Por exemplo, se antes ele tinha quintal e agora não terá mais, ensine-o a se comportar dentro de casa.

Veja no R7 Imóveis opções para compra

Apresente qual será o lugar em que ele irá dormir coloque o máximo de brinquedos e acessórios para que ele possa sentir o cheiro lá. Outro truque é fazer o mesmo com o seu cheiro.

Mostre também o seu novo “banheiro”  e não se esqueça de brincar com seu animal e passear com ele nos primeiros dias, para que ele se sinta seguro.

Resistência dos Vizinhos

É comum, em algumas vezes, que haja uma resistência por parte de seus novos vizinhos, o que aumenta se você for morar em um apartamento. Mas, você pode contornar esta resistência com polidez e com responsabilidade. Comprometa-se em praticar a “posse responsável”, ou seja, respeite as regras de boa vizinhança:

— Utilize o elevador de serviços

— Não passei com seu animal sem a guia

— Não permita latidos incessantes

— Eduque seu bichinho

Construtoras e imobiliárias investem em imóveis para idosos

E, se você for mudar para um lugar para onde não pode levar seu bichinho não deixe para decidir o que você vai fazer com ele de última hora. Não entregue ele a qualquer um, procure um dono que o queira e principalmente que o aceite como ele é, por isso, sempre seja sincero ao falar sobre a saúde, qualidade e defeitos do seu bichinho.

Fonte: R7

5 comentários:

  1. Quando minha irmã se mudou, me chamou para cuidar dos animais enquanto ela e o resto faziam o serviço. Meu trabalho foi "distrair as crianças para não ficarem estressadas". Kkkk!!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa matéria.

    ResponderExcluir
  3. Odiei o último parágrafo. Já morei em vila quando a casa em que eu morava foi vendida, pq não conseguia alugar um lugar decente com 12 cães, mas não me separei deles! Depois de mais de um ano consegui um lugar legal para todos nós.

    ResponderExcluir
  4. Tb não gostei do último parágrafo, até pq jamais me mudaria para um lugar onde não aceitassem meus filhos de 4 patas.

    ResponderExcluir
  5. Ana Lucia Nunes17/08/2013 21:49

    Ainda bem que tem quem entenda que os peludinhos também ficam estressados.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪