31/07/2013

Vacas e bezerros são libertadas e a reação é comovente.... - Alemanha

Nossa amada leitora Helô nos enviou o vídeo, mas, fui pesquisar sobre o assunto e fiquei apaixonada.

Um grupo foi formado na Alemanha em agosto de 2012, a Kuhrettung (clique em quem somos), para libertar vacas e bezerros de uma fazenda abandonada. Durante meses ficaram confinadas sem ver a luz do sol. E quando, finalmente, veio o verão puderam conhecer a vida ao ar livre... Os animais, que nunca haviam visto um pasto, pulam de alegria e felicidade.

O vídeo original em alemão está NESTE LINK. Verinhaaaaaaaaa, dá mais informações? o tradutor do Google não é bom em alemão. A versão abaixo é em inglês.... Áureaaaaaaaaaaaa, diz aí o que está escrito nas legendas feitas pela própria pessoa envolvida no caso? 




_________________
NOTA DA REDATORA - pós-postagem:
Jesus amado!!! depois não querem que eu fique toda prosa..... olha que leitores maravilhosos que tenho.... Vejam todas as informações nos comentários sobre esta história dadas pela Fabíola e pela Dora que ainda vai tentar conhecer esta ONG .... Valeu, queridonas.. obrigado de coração!!!!! A nossa Áurea, também, arrematou... bjs a todas

29 comentários:

  1. Que coisa mais linda. É de chorar de alegria vendo a felicidade desses pobres animais ao se sentirem livres. O ser humano ainda tem salvação.

    ResponderExcluir
  2. As vacas passam a maior parte de suas vidas parindo bezerros e dando leite. Quando a capacidade de produzir leite cessa as vacas não têm utilidade. É muito caro mantê-las e elas são descartadas. 25 vacas de Overath perto de Cologne estava dividindo o mesmo destino.
    Anke Heublein - fundadora do grupo "Save the Cows of Rhein-Berg" - No ano passado (2012) nós ouvimos que as vacas seriam levadas para o matadouro porque o fazendeiro não podia mais continuar a produção de leite por questões financeiras. Nós vemos as vacas todos os dias e não conseguíamos suportar a ideia dela serem mortas, por isso nós iniciamos essa fundação.
    Aqui nós vemos como as vacas são libertadas para o pasto novamente, após um longo inverno dentro do estábulo.
    Jan Müller - filho do fazendeiro - Eu simplesmente amo vacas, elas são animais tão gentis. Eu fiquei triste ao ouvir de meu pai que ele queria desistir de manter as vacas. Agora eu estou feliz que as vacas possam ficar e envelhecer aqui.
    Hans-Georg Janssen - padrinho da vaca Eva - Todos que viram como os animais correram para o campo hoje deve se perguntar "aonde mais se pode encontrar algo assim? Esse amor à vida, essa espontaneidade, esse entusiasmo. Nós vimos isso aqui.
    (Algumas vacas ainda estão procurando por patrocinadores.)
    E algum dia nós temos que dar algo de volta para os animais. Então aconteceu e eu estou feliz de ter feito isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não tem preço!! A alegria de compartilhar a vida! Parabéns a todos vcs...

      Excluir
  3. Hintergrund war, dass ein familiärer Milchwirtschaftsbetrieb im Juli aus wirtschaftlichen Gründen aufgegeben wurde. Der noch verbliebenen Herde, bestehend aus elf Milchkühen und 14 Färsen, drohte somit zeitnah die Schlachtung. Lediglich ein Ochse konnte frühzeitig gerettet werden und wäre somit alleine zurück geblieben. Um dies zu verhindern, gründeten wir gemeinsam mit dem von der Projektidee überzeugten Landwirt einen Verein, der es sich zum Ziel gesetzt hat, einen Schutzhof für die Tiere zu betreiben, auf dem sie unter tierschutzgerechten Bedingungen nach Möglichkeit bis zu ihrem natürlichen Lebensende in ihrer vertrauten Umgebung weiterleben können.

    Traducao livre:
    O fato é que uma familia de fazendeiros resolveu em julho, por fatores financeiros, nao continuar o negocio. As vacas restantes, 11 vacas leiteiras e 14 Novilhas (acho que é esse o termo para vacas que ainda nao deram a luz)seriam abatidas. Apenas um macho pode ser salvo a tempo e ele ficaria sozinho. Para evitar esse final, criamos, junto com o fazendeiro uma ONG com o fim de protecao a esses animais. Foi criado um local onde esses animais viveriam em um ambiente caracteristico a sua especie,e viverao ali ate sua morte natural.
    Foi um resumo do que ouvi e
    esse texto se encontra tbem no site da ONG Kuhrettung (Vacas salvas!). Essa ONG fica na Bergisches Land, bem perto de onde vivo. Vou ver se consigo visitar e conto. Pelo que li foram pessoas que trabalhavam ali que se organizarao para criar essa ONG. Mesmo o menino é filho do fazendeiro e estava feliz com o destino das vacas. Eles vivem de apadrinhamento das vaquinhas e doacoes. Essas deram muuuuuiiiita sorte. Sao lindas ne!!?? Abr. Dora

    ResponderExcluir
  4. Que os anjos abençoem sempre esse pessoal, a grande maioria dos animais deste planeta sofrem o diabo e ninguém por eles...
    é muito emocionante ver a alegria dessas vaquinhas saltitando, é uma alegria contagiante.
    Ainda existem humanos na terra...salve! salve!
    Marilene

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais...

    ResponderExcluir
  6. Que legal....entendi tudo do alemao...valeu....tb chorei ao ver a alegria das vaquinhas correndo e pulando no pasto....e aprabens as pessoas desta ONG por salvar bichos tão inocentes....

    ResponderExcluir
  7. Tanta alegria da liberdade que pareciam crianças soltas num parque de diversões,enfim irão desfrutar um pouco da vida.Lindo....
    obrigada pelas traduções.

    ResponderExcluir
  8. Lindo de ver a felicidade dessas vaquinhas.

    ResponderExcluir
  9. A gente fica sem palavras de ver uma cena como essa. É por isso que, graças a Deus, deixei de comer carne.
    Quem não tiver sentido a alegria em ver essas vaquinhas, sinceramente, perdeu a sensibilidade e já não vive, vegeta.

    ResponderExcluir
  10. E por incrível que pareça, em pleno século XXI, ainda existem aqueles energúmenos cretinos idiotas de mentalidade retrógrada que insistem em dizer que animais não tem inteligência e muito menos sentimentos. Se me disserem isso pessoalmente, juro que meto o pé entre as pernas e vou provar que o único ser que não possui muito sentimento com o ser humano, sou eu mesma.

    ResponderExcluir
  11. Emocionante ver a alegria das vacas. Que bom que tem gente que se preocupa com o bem estar delas.

    ResponderExcluir
  12. - Nunca tinha visto vaca pular de alegria...Só conhecia os touros pulando de dor...aff. q diferença... Belo de ver...

    ResponderExcluir
  13. E viva a liberdade !!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. LIndo demaisss!! De chorar! Parabéns a essas pessoas incríveis que ajudaram no caso!

    ResponderExcluir
  15. Oiê Sheila, desculpa meu atraso. Entretanto, depois da maravilhosa tradução das leitoras acima, só vou traduzir porquê você pediu e seu pedido é uma ordem :-)

    TRADUÇÃO LIVRE DAS LEGENDAS EM INGLÊS:

    "Vacas passam a maior parte de suas vidas gerando bezerros e produzindo leite. Quando sua capacidade produtora declina, elas são descartadas".

    25 vacas de Overath, conjunto de vilarejos próximos da cidade Colonia, na Alemanha, teriam o mesmo destino...
    - No ano passado (2012) nós soubemos que as vacas seriam levadas para o abatedouro, pois o dono do rancho, por questões financeiras não poderia mais arcar com a despesa que seria mantêlas para produção leiteira, relata Anke Heublein, moradora da cidade e fundadora do clube para arrecadação de fundos "Save the Cows of the Rhein-Berg"; Nós estávamos acostumados a vê-las todos os dias e não suportamos a idéia de saber que seriam abatidas. assim, criamos a fundação".

    A seguir, assistiremos ao video das vacas sendo soltas no pasto, e seu contentamento ao verem a grama e o sol, depois de um londo e rigoroso inverno...

    P.S. Algumas vacas ainda aguardam por padrinhos...

    Nota do tradutor: Vale lembrar que estas vacas não serão abatidas mas os bebês que elas gerarem para a produção de leite, ainda que seja uma pequena produção, serão enviados para o abatedouro, prática comum na indústria leiteira.

    Beijão saudoso, Sheila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queridona amiga!!!!! te gosto muito!!!!!!!!!! obrigado pelo carinho e atenção com nosso trabalho.
      bjs e muitíssimo obrigado por acrescentar informações a postagem.

      Excluir
    2. Pessoal, não entendi direito essa última informação. Então na verdade elas não estão livres, ainda serão exploradas para a produção de leite ? E seus bebês irão para o abatedouro ? Que liberdade é essa ? Isso é horrível !!!!!!

      Excluir
    3. Oi Vilda, eu coloquei a nota no tempo 'presente' e deveria ter colocado o verbo no 'passado'. O que eu entendi é que estas vacas pertenciam a uma fazenda leiteira que não praticava produção intensiva e confinamento mas por questões financeiras devido ao declínio na produção elas seriam enviadas a um abatedouro. Porém funcionarios e moradores reuniram-se e criaram a ONG/Fundação para transformar a fazenda em um santuário para as 25 vacas. Entretanto o que vemos no vídeo, são as vacas sendo soltas para o retorno ao pasto após repouso do rigoroso inverno no estábulo e não vacas que estão sendo libertadas pq viviam em confinamento. O que entendi é que em 2012 ainda havia poucas vacas com leite da última produção da leitaria ( por isso ainda tem novilhas ) mas entendi também que a intenção da ONG é manter a fazenda com as doações e com os patrocinadores, tranformando-a em um santuário. Torcendo para que consigam todos os patrocindaores e doações que precisam.

      Excluir
  16. Sheilaaaaa !!! que lindo o vídeo ! que emoção ! fiquei sem palavras assistindo !! sou Vegana do Rio de Janeiro, minha casa é Vegana ! nossa mesa é Vegana ! estamos felizes e saudáveis ! Beijo carinhoso de Renata Cheferrino.

    ResponderExcluir
  17. É muito emocionante ver a felicidade delas correndo livres no pasto que elas nem sabiam que existia. Que vontade de correr junto, de abraçá-las bem forte!! Que Deus derrame todas as benção sobre essas almas lindas que salvaram e deram essa alegria para as vaquinhas!!

    ResponderExcluir
  18. É muito emocionante ver a felicidade delas correndo e pulando livres no pasto que nem sabiam que existia. Dá vontade de correr junto, de abraçá-las bem forte. Que Deus derrame todas as bençãos sobre essas almas lindas que salvaram e deram tanta alegria para as vaquinhas!!

    ResponderExcluir
  19. Emocionante mesmo, nem tenho palavras...

    ResponderExcluir
  20. Ana Lucia Nunes01/08/2013 20:38

    LINDO DEMAIS E EMOCIONANTE !!!
    Maravilhoso vê-las correndo e brincando como crianças.
    Abençoadas sejam todas as pessoas que trabalharam nessa linda liberdade dessas peludinhas maravilhosas. Que tenham eternamente muita Paz, Saúde, Felicidade e Luz !
    Eu também entendi que elas continuarão sendo exploradas para a produção de leite e que os seus filhotes virarão churrasco e não gostei nada disso !

    ResponderExcluir
  21. Que elas estavam felizes, não restam dúvidas...

    Mas, da forma que correram para a liberdade, tenho a impressão de que desaprenderam de caminhar e saíram pulando como pudiam, desesperadamente...

    ResponderExcluir
  22. pelo fim do especismo!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Fiquei contente ao ver asvacas correndo em um piquete verde. Agora so que ro colocar algo muito triste: aqui no Brasil a maior parte dos produtores de leite cria os terneiros ao nascer com mamadeira isto é quando o trerneiro é femea. Se nascer macho ele imediatamente é sacrificado ou em alguns lugares existem os gabirus que compram o terneiro recem anscido e os natam ou levam o pobre animal e os colocam em um ambiente onde nao pegam sol por toda a sua vida. E tambem quero colocar que deveriamos fazer uma campanha de bem estar animal para os animais que vivem em confinamento. Eles vivem la por volta de de 3 meses direto no sol e chuva. E tambem nao tem um tronco para se coçar e tirar os stress. Ja que arvores os confinadores nao plantam. Se coloc[quem no lugar destes pobres animais: ficar direto no sol e chuve e ainda comendo ração seca. E na hora de serem levados para o abate sao embracados em caminhoes que so onde so a parte se cima fica aberta. Imaginem o calor e o sufoco que estes animans passam porque sao em media 20 animnais que sao embracados. Se eles querem respirar tem que levantar a cabeça . E algumas viagens ate o frigorifico as vezes duram horas pois tem frigorificos que ficam distantes das fazendas em ate 800(oitocentos) Km. Quem inventou esta portaria de que os caminhoes boiadeiros devem ser fechados deve ser algum imbecil que nao tinha o que fazer. Ele deveria viajar em cerca de 100Km em um compartimento fechado. Desculpe o desabafo. Vamos nos mobilizar para acaber com o MAL ESTAR ANIMAL EM CONFINAMENTOS.

    ResponderExcluir
  24. E como podemos patrocinar essas vacas?

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪