09/07/2013

Nova legislação em Portugal sobre pits e outros cães

Galera, antes de falar qualquer coisa, lembre-se que é lá em Portugal!!!!eu gosto de registrar estas coisas para que possamos fazer uma avaliação entre o Brasil e todos os outros países, certo?

****************
Foram já publicadas no "Diário da República" as alterações ao "regime jurídico da criação, reprodução e detenção de animais perigosos".

Donos terão de comprovar
a sua formação para a posse
de animais perigosos
A segunda alteração ao "regime jurídico da criação, reprodução e detenção de animais perigosos e potencialmente perigosos", que obriga os donos a comprovar formação e endure as penas para os infratores, foi quinta-feira publicada em "Diário da República" e entra em vigor no dia 2 de agosto.

A nova Lei nº 46/2013 obriga os candidatos a donos a comprovarem a sua formação para a
detenção de cães perigosos e prevê multas que podem chegar aos 60 mil euros, no caso de infrações cometidas por pessoas coletivas.

O novo texto legislativo endurece a moldura penal associada ao seu incumprimento. Além de o artigo 31º aumentar a pena de prisão de um para três anos, para "quem promover, por qualquer forma, lutas entre animais", entre as penas e sanções acessórias é determinada a "privação do direito de detenção de cães perigosos ou potencialmente perigosos, pelo período máximo de 10 anos" (até agora eram dois), consoante" a gravidade do ilícito e a culpa do agente".

Quanto a multas, estas variam entre os 750 e os cinco mil euros no caso de pessoa singular e entre 1500 e 60 mil euros se em causa estiverem pessoas coletivas. Passam a ser puníveis, quer a falta de licença, identificação ou registo, quer a falta de treino dos cães perigosos ou potencialmente perigosos (ou o seu treino por profissional não certificado).

A circulação de animais perigosos em áreas públicas "sem que estejam acompanhados de pessoa maior de 16 anos", sem "meios de contenção" ou a "permanência em zona proibida e sinalizada" são outras das situações sujeitas à aplicação de coima.

Aos municípios é atribuída a função de regular e publicitar "as condições de autorização de circulação e permanência"de animais perigosos "nas ruas, parques, jardins  outros locais públicos, podendo determinar, por razões de segurança e ordem pública, as zonas onde é proibida a sua permanência e circulação", estabelecendo, no que se refere a cães, também "as zonas e horas em que a circulação é permitida".

Fonte: Expresso Sapo Pt
http://expresso.sapo.pt/lei-apertada-para-donos-de-animais-perigosos-a-partir-de-agosto=f818231

4 comentários:

  1. Muito bom......tem que parar de punir os animais e responsabilizar o culpado......."humanos".

    ResponderExcluir
  2. É isso aí! Espero que lei similar aconteça aqui também

    ResponderExcluir
  3. Achei muito bom. Me parece que lá eles são mais maduros no que diz respeito a guarda responsável que nós aqui.

    ResponderExcluir
  4. Ana Lucia Nunes11/07/2013 21:18

    Sou à favor da extinção da raça mais perigosa que existe no mundo: o homem, que conseguem fazer um canário brigar até a morte.
    Tomara que leis como essas sejam copiadas no mundo inteiro.
    Parabéns Portugal por essa lei digna de respeito aos animais.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪