09/07/2013

Funcionário que denunciou abate cruel de animais é afastado de parque - São Carlos - SP

BRASIL, PAÍS DE CACA, 
EU NÃO AGUENTO MAIS COM TAMANHO DESCARAMENTO DESTE PODER QUE DEIXAMOS NAS MÃOS ERRADAS!!!! TUDO É NIVELADO POR BAIXO!!! NOJO NOJO NOJO NOJO........

Publicamos este caso AQUI no blog e esperávamos justiça, mas, pelo jeito.... o cara é que vai ter que sumir para não ser "prejudicado", né não?

___________________

Imagem gravada em São Carlos mostra bezerro sendo morto com marretada.
Segundo Prefeitura, afastamento é devido a problemas de relacionamento.

Funcionário denunciou
abate cruel de bezerros
Foto: Isaac Soares de Souza/arquivo pessoal
O tratador de animais que denunciou o abate cruel de bezerros no Parque Ecológico de São Carlos (SP) foi afastado do trabalho por 30 dias pela Prefeitura na sexta-feira (5). O servidor público Isaac Soares de Souza, de 54 anos, enviou um vídeo ao G1, em junho, que mostra um bezerro sendo morto com uma marretada na cabeça e uma facada no coração. O Ministério Público (MP) abriu um inquérito para investigar o caso. A corregedoria da Prefeitura informou que o funcionário foi afastado preventivamente sem prejuízo de remuneração para preservar a integridade dele devido a problemas de relacionamento.

Segundo Souza, o afastamento ocorreu após ele ter prestado uma queixa por
intimidação no local de trabalho. “Quase fui agredido por um funcionário do parque que não gostou da denúncia e para evitar que isso acontecesse novamente prestei queixa na ouvidoria da Prefeitura”, disse o tratador.

Entretanto, Souza teme que sua ausência facilite o aparecimento de provas contrárias a sua denúncia. “É uma possibilidade do pessoal se livrar de mim e criar outras provas diferentes do que eu denunciei”, afirmou. “Os biólogos que defendiam essa prática e os administradores também deveriam ser afastados para não atrapalhar a investigação do Ministério Público”, considerou.

O inquérito aberto em 5 de junho ainda não foi concluído pelo promotor Sérgio Domingos de Oliveira e, segundo informações do MP, está na fase de depoimentos e sem prazo para ser finalizado. Entretanto, de acordo com as informações colhidas, a matança cruel foi interrompida após a denúncia, o que já havia sido confirmado pela Prefeitura.

Denúncia
Um dos tratadores de animais do Parque Ecológico de São Carlos denunciou o abate de forma cruel no local. “Isso ocorre há anos e com frequência. A morte desses bezerros é necessária para subsistência de outras espécies, como onças e outros animais, já que a carne serve de alimento, mas o método é criminoso. O certo seria comprar a carne pronta, preparada”, falou Souza na ocasião.

Segundo ele, a ação era praticada pelos próprios funcionários do local. “Em um ano e meio trabalhando lá sempre recusei a fazer isso e sempre me chamaram de vagabundo. Reclamei com a administração, mas nunca tiveram nenhuma iniciativa. Somos assediados moralmente a fazer isso, mas tem que acabar porque não é justo ter que conviver com isso, cometendo esses erros”, desabafou o cuidador de animais.

Depois de mortos, os animais eram pendurados no Parque Ecológico para fazer a sangria. “Quem faz isso é uma gente atroz, é um crime medieval, dar machadadas no animal e ele não morrer, isso é uma tortura. E uma pessoa no meio de tanto sangue, é praticamente terrorismo”, opinou.

Em nota, a Prefeitura de São Carlos informou que no dia 15 de maio de 2013 a diretoria do Parque determinou que fosse suspenso qualquer tipo de abate de animais nesse local. Entretanto, desde 1992, a Lei nº 7.705, determina em seu artigo 1º o uso de métodos científicos e modernos de insensibilização antes da sangria e proíbe tanto o uso de marreta, como a mutilação de animais antes da insensibilização.

Felipe Turioni - G1 São Carlos e Araraquara
Fonte: Portal G1
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2013/07/funcionario-que-denunciou-abate-cruel-de-animais-e-afastado-de-parque-ecologico-sao-carlos.html

8 comentários:

  1. Não fiquei surpresa com essa notícia, mas sim nauseada! Isso que aconteceu é nada mais que o reflexo desse absurdo e vergonhoso episódio, pois para uma cidade que ostenta o clichê de ''moderna e humana'' ( até agora só teve administração merda ) esse tipo de retaliação seria inevitável. São Carlos é uma falácia!...

    Sinto pelos infelizes animais lá trancafiados que perderam um tratador honesto e digno e que agora estão à mercê da corja humana embrutecida sem qualquer vestígio de alma dentro das suas carcaças podres! Sinto pelo senhor Souza que passou por todo aquele cenário de horror, foi injustiçado e ainda fica no aguardo das incertezas de uma máquina judiciária capenga e falida, cuja Justiça há muito já morreu.

    Mas a marcha pelos animais vem aí... Nos aguardem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Sellen pela sua colocação, concordo e assino embaixo.

      Excluir
  2. Que horror! Ainda querem falar mal de atrocidades em outros países? Como pôde o cara ser "afastado" ah, pára!!
    Este monstro merece o fogo do inferno!

    ResponderExcluir
  3. Mandem msg pro Ministério Público, já que houve denúncia formal. Senão, o processo vai dormir numa gaveta do promotor e nunca mais se fica sabendo de nada. Pelo menos não podem demitir o funcionário. Se demitirem, ou fizerem campanha de perseguição, ele têm de ir ao MP pra registrar. Pode até entrar com processo por danos morais. É dose ter de conviver com GENTALHA !!!

    ResponderExcluir
  4. MP, marcha pelos animais, BO...td que estiver ao nosso alcance...gente covarde.

    ResponderExcluir
  5. Não tenho palavras para expressar minha revolta e minha dor! sou solidária a todos voces. Amo de coração todos os animais, e em nome deles, peço para que o Ministério Público faça sua parte interditando o Parque Ecólogico de São Carlos para investigação,
    onde animais são abatidos covardemente, por meios monstruosos!!! Srs. Promotores de justiça por favor, se não for o caso de interdição, dê ao animal uma morte digna!!!!

    ResponderExcluir
  6. Ana Lucia Nunes11/07/2013 21:41

    Não me surpreendo com essa notícia.
    Nesse país as coisas funcionam assim ou vocês se esqueceram do que aconteceu com o motorista do caso Collor, do porteiro do caso Palocci e tantos outros ???

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪