16/07/2013

Fiocruz provoca caça às bruxas contra os gatos por causa da esporotricose

Tem dias que me dá uma vontade enorme de me rasgar toda.... olha a caça às bruxas que o Jornal O Dia fez aos gatos..... é igualzinho a toxoplasmose que tem mil formas de contágio, mas, só aos gatos é imputado a transmissão.... é cansativo, não?
___________________
Esporotricose, que começa como caroço avermelhado, tem cura difícil e se espalha pelo corpo

Rio - Um alerta da Fiocruz para quem tem contato com gatos: os casos de esporotricose, doença transmitida por animais infectados, vêm crescendo no Rio, principalmente na Baixada Fluminense. Segundo a infectologista Mônica Lima Bastos, da fundação, o sinal mais comum é um pequeno caroço avermelhado, que evolui para ferida grande, não cicatriza, cresce e se espalha. 

Dados da Fiocruz indicam que de 1997 a 2007 foram registrados 1.848 episódios
da doença. Já entre 2008 e 2011, período mais recente analisado, o número subiu para 2.340. Isto significa que, somente nos últimos quatro anos pesquisados, os registros já subiram 26,6% em relação à década anterior. 

A esporotricose é causada pelo fungo Sporothrix Schenckii, transmitido pelo contato com o gato infectado ou com suas fezes. A doença também pode ser contraída após ferimentos provocados por espinhos e galhos de plantas, além de farpas de madeira. O morador de Duque de Caxias Elvio Queiroz, 66 anos, não sabe como contraiu a doença. “Não crio gato. Acredito que por ter levado meu cachorro ao veterinário por quatro meses, posso ter pego de algum gato que estava sendo atendido”, afirmou. 

Para prevenir, é recomendável usar luvas na prática da jardinagem e ao manusear gatos doentes — neles, os sintomas são lesões na pele, que têm crostas e são úmidas. Os animais infectados precisam ser isolados e tratados. Se morrerem, devem ser cremados.  

“São muitas pessoas doentes na Baixada. O local mais afetado é Caxias”, diz Mônica. A Secretaria de Saúde de Caxias informou que manda veterinários às residências sempre que chega notificação de gato infectado. O animal é examinado e, se houver suspeita de que um morador esteja contaminado, é encaminhado para unidade de saúde com dermatologia. 

No município do Rio, a Fiocruz, em Manguinhos, oferece diagnóstico e tratamento grátis a pessoas e animais. Na Unidade Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, da Prefeitura do Rio, é possível fazer exames (Av. Bartolomeu de Gusmão 1.120, São Cristóvão).

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2013-07-15/doenca-transmitida-por-gato-afeta-a-baixada-fluminense.htm

21 comentários:

  1. Oi Sheila. Há tb outro problema. Nós tivemos um caso de gato que foi diagnosticado com esporotricose e fizemos dois testes que deram negativos. As vezes é problema de imunidade, mas o veterinário vê ferida e diz que é esporotricose! As pessoas cuidam de jardins sem nenhuma proteção, mas demonizam os animais.

    ResponderExcluir
  2. Bem, já começaram...falta quanto tempo pra Copa do Mundo???
    Depois correrão atrás dos cães sem amparo até hoje pelo Claudio e começarão a "limpar" a cidade por causa dos animais que continuam nas ruas por culpa desse bosta que até hoje não deu uma solução digna para os animais abandonados no Rio.
    Rose

    ResponderExcluir
  3. A maldita ignorância!!! Afff, ser humano é uma praga que ninguém consegue erradicar. Tenho gatos há 20 anos e nunca tive problema algum com doenças. Beijo, abraço, durmo com eles... Isso só acontece com gente que não gosta ou não cuida direito. Paga a língua e paga pelo mau trato. E tem cura, o mais importante! Não precisam eutanasiar, a menos que não queiram ter trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao matrato meu gato e ele esta com a doença. ...n seja hipócrita"não julgue para não ser julgado..."

      Excluir
    2. Não julgue os outros sem saber, eu tenho uma gata a pouco tempo mas cuido dela como se fosse uma pessoa. E eu e minha família estamos com medo pq apareceram feridas na minha gata, e não é por falta de cuidado. Entao nao generalize.

      Excluir
  4. Mas uma vez, é mais fácil jogar a culpa no gato. Estamos na Idade Média ainda... A história se repete como uma grande farsa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade amigo, a ignorância é medieval, no sentido de ver o gato relacionado as bruxarias, ligado ao mal, ligado as pragas e doenças, pobre animal, que em pleno o século21, continua sendo vítima de preconceito.João eu tenho quase 40 gatos e 57 anos de idade sou saudável, eu e meu esposo, minha casa é arejada e meus animais amdos e cuidados, eu odeio essas notícias que so fazem aumentar mais o abandono e a crueldade contra os animais.

      Excluir
  5. Vão fazer caça aos mendigos também porque evacuam, urinam e fazem sexo em lugares públicos, vivem fedendo e cheios de doenças, muitos bêbados e drogados? Claro que não! Isto seria desumano!
    E por que então, não deixam a Natureza em paz?

    ResponderExcluir
  6. Similar ao problema que acontece com a Leishmaniose. Matam os cães soropositivos (Não os meus! Só passando por cima de mim!) como se fosse solução. A solução é combater o mosquito. Mas não conseguem combater nem o Aedes Egypti da dengue, que é fácil, imagina combater o flebótomo....
    Silvan

    ResponderExcluir
  7. O pobre do gato sempre pagando o pato rsrs
    É uma vergonha, esse país não tem mais jeito, é um descalabro atrás do outro.
    Por que não alertam sobre a falta de higiene, por que não falam do lixão que se transformou Caxias...não, é mais fácil culpar um inocente, sempre!
    Vania

    ResponderExcluir
  8. Pois é... santa ignorância... é mais fácil colocar a culpa nos gatos!! As pessoas veem o animal doente e não querem se dar ao trabalho de cuidar: ou jogam no quintal alheio (como fizeram na minha casa,jogaram um gato ainda filhote com esporotricose, que eu acolhi e tratei na Fiocruz),ou deixam morrer e jogam em rios, valões, terrenos baldios,contribuindo para disseminar a doença.
    O fungo é encontrado na terra,e qualquer um que a manipule, sem o devido cuidado, pode se contaminar
    O GATO NÃO É O CULPADO, É A VÍTIMA NESSA ESTÓRIA!!!

    ResponderExcluir
  9. Conceição17/07/2013 11:19

    è mais fácil jogar a culpa em um inocente, sai mais barato para os incompetentes que não fazem a lição de casa.

    A Fátima Borges fez uma matéria excelente, só não sei colocar aqui, porque sou analfabeta em informática.
    rs rs rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ana Lucia Nunes17/07/2013 19:56

    Tô me rasgando junto com você Sheila.
    Até a Copa, eles vão inventar trilhões de doenças para limpar a Cidade Maravilhosa e justificar a matança dos pobres peludinhos abandonados pelos imbecis humanos.

    ResponderExcluir
  11. Pobres animais nas mãos do ser desumano ignorante!
    Isto pode estimular as pessoas do mal a matarem os pobrezinhos

    ResponderExcluir
  12. endosso td q foi dito aqui. o povo não faz nada direito, não cuida direito, e depois acha q o pobre animal é o vilão. me admira uma instituição como a fiocruz puxar essa história descabida.

    ResponderExcluir
  13. Podem ter certeza: vão sumir com os animais e não duvido que o façam também com os mendigos. O negócio é colocar tapume na frente pra ninguém ver o caos deste país.

    ResponderExcluir
  14. Eu contrair a doença ''ESPORITRICOSE''
    E digo tem cura sim.

    ResponderExcluir
  15. Os animais nao tem culpa de ter contraido a doença.
    Entao nao o abandone.
    Porque eles precisam dos nossos cuidados.

    ResponderExcluir
  16. Acho que meu gato pegou essa doença, vou ter que esperar até amanhã pela veterinária(só confio nela), estou desesperado porque tenho outros 4 gatos, se realmente for esporotricose FUDEU!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Pessoas tem menos valor pra mim do que qualquer outro ser vivo.os gatos e animais nao fazem mau a ninguem pessoas desumanas e sem coraçao matam animais por que nao sabe como seu fim sera muito pior do que a vida q esse infeliz esta tirando vc que mata animais ai vai um recado pq nao matar a si mesmo acredite na sociedade o animal tem mais valor do que vc.

    ResponderExcluir
  18. Por estranho que pareça: tratei um gato com esporotricose aplicando diariamente tintura de iodo. As lesões – que eram bastante extensas – sumiram em menos de um mês.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪