08/07/2013

Atualização 8 - atendimento dos cães em Santa Cruz do Arari - PA

Imagens gravadas por um morador de Santa Cruz do Arari, na Ilha de Marajó, chocaram todo o Brasil. Elas mostravam os animais sendo perseguidos e arrastados pelas ruas da cidade. O prefeito Marcelo Pamplona, acusado de pagar recompensa pelo extermínio dos cães, foi afastado do cargo. Agora, um grupo de voluntários trabalha para deixar os bichinhos prontos para a adoção. Veja, com exclusividade, a operação de resgate dos cachorros da ilha.

Domingo Espetacular - 07/07/13

Nossas postagens sobre o caso:

5 comentários:

  1. Esse Prefeito foi afastado por 90 dias, para ver se o povo se esquece do massacre que esse assassino fez. Vamos ficar de olho, esse caso não pode ser outro à ficar impune. Afastamento para mim não é castigo, ele tem que entregar o cargo pois não tem capacidade para ocupá-lo.

    ResponderExcluir
  2. Nem o capeta ia guentar viver nesse raio de cidade , o inferno é ali,em Santa Cruz do Arari

    Muito triste, mas emocionante ver o rapaz que salvou os cachorrinhos.

    Esse é o cara !!!

    ResponderExcluir
  3. maria do carmo09/07/2013 11:46

    Se tivesse que cair um raio...seria nessa cidade dos infernos!!!!!

    ResponderExcluir
  4. maria do carmo09/07/2013 11:55

    Muito linda a reportagem...que Deus abençõe e continue dando forças para esses verdadeiros anjos, que estão ajudando os outros anjos de quatro patas! Obrigada Senhor!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Vitória inédita da causa animal do Brasil com uma condenação coletiva e exemplar. Justiça foi feita aos cerca de 400 cães caçados nas ruas e mortos, em 2013, na cidade de Santa Cruz do Arari (Região do Marajó – Pará). O caso, conhecido como “O Massacre de Arari” chocou o país e teve repercussão internacional. A denúncia criminal apresentada à Justiça pelo Ministério Público do Pará (MPPA) resultou, no último 24 de abril, em mais uma sentença histórica, como foi também a do Caso Dalva, em SP, com a condenação da matadora de animais a 17 anos de prisão.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪