21/06/2013

Animal de estimação não deve ser tratado como humano, diz psicóloga

Para ser sincera, acho uma humilhação em certas ocasiões, mas, como o cão é fabricação humana, pelo menos, ele "usa" sua obra trazendo conforto com suas caminhas, brinquedinhos e outras coisinhas mais . Agora, quem poderia falar bem disto é nossa leitora Safih Quelbert, especialista no assunto. Esta matéria do G1, p´ra mim, está mais para uma porcaria. Mas, gosto de publicar coisas do gênero para reflexão dos nossos leitores.... Pensar não dói,  pensando você constrói um parâmetro e construindo uma convicção com base nas informações corretas,  está apto a ajudar a causa animal ....
_____

"Comida da melhor qualidade, roupas e até camas especiais. Animais de estimação que são tratados como se fossem humanos, como membros da família. Existem limites para esses mimos? Isso gera reflexos para a personalidade dos
animais domésticos? A relação entre donos e bichos foi o tema escolhido pelos internautas na Enquete da Semana do Bom Dia MS.

Na casa da administradora Patrícia Marques, cães e gatos têm tratamento diferenciado. São várias opções de roupas, algumas até foram personalizadas. Há até uma fonte de água, na sala mesmo, assim como os pratos de comida. E na hora de dormir, os animais de estimação dividem a cama com Patrícia e o marido. O casal está à procura de uma nova casa, de preferência com quintal maior, para a liberdade dos animais.

Para especialistas, os animais de estimação não devem ser tratados como membros da família. A psicóloga Adriana Motta ressalta que é preciso estipular limites para os bichos. "O exagero é quando você deixa de participar da vida social por causa do animal", comenta.

O adestrador Denis Cavalcante afirma que os donos têm de saber equilibrar o contato dos animais com os humanos. Em um passeio, por exemplo, pode-se dar mais liberdade aos bichos. Já dentro de casa, nada de acesso ilimitado aos cômodos. A veterinária Maíra Peixoto avalia que as regras tornam saudável a relação entre donos e bichos. "Essa relação muito humanizada cria uma dependência do animal para com a pessoa que pode gerar até quadro de depressão para o animalzinho", diz.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil possui o segundo maior mercado do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. A estimativa é de que haja 80 milhões de animais de estimação no país, a maioria (37,1 milhões) cachorros. O setor da economia respondeu por 0,32% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, gerando cerca de um milhão de empregos diretos."

Fonte: G1

13 comentários:

  1. Viu só? Um milhão de empregos diretos!!! E tem gente que diz que ODEIA bicho, que tinha de matar tudo. Será que não tem na família algum emprego, até indireto, que depende de bicho e que, se "matar tudo", pessoas da sua família vão pro "olho da rua"??? Que ia ser um castigo divino, isso seria!!! Bem feito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiado !

      Excluir
    2. Apoiado! Quem mande estes idiotas falarem sem pensar!

      Excluir
  2. Eu adoro animais e particularmente não estimo muito com alguns exageros, tipos roupas exageradas e festas pros animais, prefiro mais que eles tenham comida, água, carinho, proteção e um espaço pra correrem (eles adoram) e acredito que eles tb só querem isso. Mas assim, tb não sou contra quem exagera não, mas percebo que tem coisa que o animal não gosta, tipo andar de carinho de bb? Imagina, eles preferem correr numa praia, numa praça, brincar com outros animais ou criança, etc.
    Mara

    ResponderExcluir
  3. Ana Lucia Nunes21/06/2013 18:43

    Concordo !
    Animal tem que ser muito bem tratado e muito amado mas, temos que respeitar sua condição.
    É até bonitinho uma criança vesti-lo com roupinhas engraçadas em alguns momentos mas, adultos montando quartos iguais aos de criança, é demais.

    ResponderExcluir
  4. Cristina Calixto21/06/2013 23:45

    Não concordo apenas com os exageros: roupinhas personalizadas, etc. Tem animais, principalmente algumas raças de cães, por exemplo, que realmente precisam de roupinhas, porque não têm pelos, até mesmo alguns gatos. Mas, tudo que é exagero extrapola certos limites.

    Mimos demais também atrapalham. Por exemplo: eu durmo com cães e gatos, porque sempre dormi em cama de casal. Então há espaço. Mas sei que o certo era eles terem um espaço só pra eles, cama só pra eles, etc.

    Eu sei que não tenho muita moral com meu animais. Mas respeito a personalidade de cada um e alguma ordem no pedaço tem que ter, senão, vira uma verdadeira bagunça. Afinal, são 11 cães e 18 gatos, né?

    Mas, como estipular o que é humanizar o animal² Quando o texto menciona ser errado tratar o animal de estimação como membro da família, comete um tremendo equívoco, uma vez que muitas ações judiciais já pacificaram o assunto, de tal forma que, segundo a lei, mesmo em condomínios onde não se permitem animais de estimação, moradores conseguem ordem judicial para mantê-los em seus imóveis justamente por serem considerados membros da familia!

    Então, vamos combinar que o texto está generalizando muito, sem dizer muito bem a que veio, né?

    ResponderExcluir
  5. https://sistema.planalto.gov.br/falepr2/
    Segue acima o link para mandar e-mail para a presidenta Dilma. Pessoal envie e-mail e proteste contra esse crime. Espero que o mandante do crime e os moradores covardes e miseraveis que aparece no video e os que tb não aparece sejam punidos severamente pela nossa lei …morte de dezenas de cães no Pará…

    ResponderExcluir
  6. Estou com você, eu prefiro tratar bem um animal do que os seres humanos, pois eles sim nos amam, mas ohomem que diz ser humano, ahahah mata, afoga, maltrata, queima vivo, olhem bem , vejam, eu ainda prefiro que mimem nossos verdadeiros animais do que os critiquem, eles são obra CRIADORA DA MÃO DE DEUS, e com certeza um dia teremos que prestar contas do que estamos fazendo por eles e pela natureza.

    ResponderExcluir
  7. Cecilia borba24/06/2013 21:45

    EU amo e trato muito bem meus animais sâo amigos fiéis e podem servir de exemplo a muitos humanos, e sâo vida dado por DEUS. quanto mas conheço a raça humana, mas admiro os animais

    ResponderExcluir
  8. amo meus animais por eles mato e morro kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Gosto de animais e respeito eles. Minha mensagem é a seguinte:
    Nós seres humanos crescemos como pessoa em contato com outras pessoas. É mais fácil criar um cão ou um gato do que ter um filho. Com filho o aprendizado e lição de vida é muito maior. O animal voce faz com ele o que quiser. Com um ser humano não. Preferir bicho ao invés de gente é incapacidade de amar. É muito fácil amar um cão... difícil é amar um humano, uma criança. Para compreender um ser humano é preciso uma dose de amor muito mais elevada. Voce não é mais humano e tem mais amor porque tem um bicho de estimação. Pra mim isso é falta de capacidade de amar. Porque com amor elevado nós convivemos, amamos e cuidamos de humanos. Não se sinta melhor e mais puro por gostar mais de animais do que de gente. Pra mim voce que pensa assim não tem capacidade nenhuma de amar. Como já disse, um bicho voce faz com ele o que quer, é muito fácil cuidar e dizer que ama... Já com um humano voce precisa fazer um profundo trabalho dentro de si. Para amar um ser humano voce precisa ter paciencia, amor, desapego, precisa estar livre do orgulho, da raiva, das mágoas etc.
    É bem mais fácil tirar um cão da rua do que um mendigo... para tirar um mendigo da rua voce vai precisar de uma dose alta de amor. Pense nisso...
    Tenho bicho de estimação, amo e cuido dele mas não acho que ele é mais importante do que os humanos que convivo. Sem mimos, sem exageros. Alias mimos e exageros não é válido pra ninguém. Nem para bichos e muito menos para humanos.

    ResponderExcluir
  10. Bicho nao deve ser tratado como gente. Comida agua e brincadeiras ja bastam pra eles

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪