28/05/2013

Nova apreensão de animais realizada pelo Ibama nos Correios de Passo Fundo/RS

Porto Alegre (16/05/2013) - É o sexto caso em 12 meses de tráfico de animais identificado pelo Ibama. Foi apreendido no Centro de Distribuição dos Correios de Passo Fundo, nesta quarta-feira (15/05), uma caixa contendo insetos, 344 animais no total. O pacote foi postado em Águas Vermelhas, em Minas gerais, com o destino a Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

São 264 coleópteros (besouros), 79 lepidópteros (borboletas e mariposas) e um bicho-pau. Os animais estavam todos conservados secos, provavelmente para coleção científica, ou em formol com álcool, para coleção didática. Pelo sistema de armazenamento e transporte dos lepidópteros, trata de remessa para pesquisa científica, como pode ser visto nas fotos, utilizando os envelopes entomológicos de papel manteiga.

A prática incorre em crime, conforme a Lei dos Crimes Ambientais, com pena de seis meses a um ano de detenção e multa de R$ 500 reais por indivíduo. Caso seja constatado, após a identificação específica, que algum dos 344 animais faça parte da lista de animais ameaçados de extinção o valor será aumentado para R$ 5 mil por indivíduo.
Os animais apreendidos foram doados ao Museu Zoobotânico Augusto Ruschi, da Universidade de Passo Fundo, onde serão catalogados e farão parte da coleção didática.

Maria Helena Firmbach Annes
Fotos: Flabeano de Castro

3 comentários:

  1. Quem mandou e quem deveria receber ninguém SABE, né??? Ora, vem cá que eu acredito! E essas merdas nem serão intimadas, muito menos receberão multa. Se receberem, não vão pagar e fica tudo por isso mesmo. Dá pra desistir deste mundo mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Ana Lucia Nunes28/05/2013 12:39

    Mais uma vergonha !
    Tráfico existe por que tem quem compra. Enquanto não punir quem é receptador com pena severa igual a do traficante, essa safadeza vai continuar.

    ResponderExcluir
  3. É uma vergonha mesmo! enquanto não houver punição,inclusive com prisão, isso não vai ter fim.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪