22/05/2013

Experimentação animal: capacitação para Comissão de Ética

O título da matéria do blog do Instituto Federal de Educação do Piauí é este: IFPI realiza capacitação para Comissões de Ética no Uso de Animais. Daí a gente tem que refletir o quanto nossos "pesquisadores" são um atraso personificado.....A lei que estabelece a criação  destas Comissões de Ética é de 2008 (5 anos atrás) e só agora estão chegando a conclusão que não tem ninguém preparado para fazer parte destas malditas Comissões. Vejam o texto abaixo e reflitam o quanto eles reconhecem que os animais sofrem e sentem dor quando se propõem a ensinar a "ética da dor".... que raio será isto? ô nojo.... ô nojo.... ô nojo!!!!! mil vezes, ô nojo!!!!!


"O Instituto Federal do Piauí realiza, no período de 14 a 16 de maio, na sala de reuniões da Reitoria, oficina de trabalho para capacitação das Comissões de Ética no Uso de Animais (CEUAs). 

Ministrado pelo pesquisador Alberto Neves Costa, PhD em Medicina
Veterinária, a oficina tem o objetivo de promover uma reflexão sobre ética na pesquisa com animais, discutir o papel da CEUA institucional e capacitar seus membros para a análise de procedimentos de ensino e de pesquisa, elaboração de roteiros de pareceres e elaboração de cadastros de protocolos, docentes e pesquisadores, através de exposições didáticas, formulação de questões, estudos de caso, consultas de textos de referência e relatos de experiências. 

A oficina terá carga horária de 20 h/a e os interessados devem entrar com contato com a Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação,  pelo telefone (86) 3215-5239.
Confira o conteúdo programático:
1. Introdução à ética na pesquisa com animais – histórico, teorias filosóficas e status moral dos animais
2. Regulamentação no uso de animais com fins científicos no Brasil: Lei nº 11.794/2008 (Sistema CONCEA/CEUAs) e legislações complementares 
3. Funcionamento e papel da CEUA institucional na pesquisa e na docência 
4. Aplicação do Princípio dos 3 Rs na pesquisa e na docência 
5. Considerações sobre a validação de métodos alternativos ao uso de animais 
7. Responsabilidade técnica, bem-estar animal e biossegurança em biotérios 
8. Considerações sobre ética da dor e do sofrimento em animais de experimentação 
9. Aspectos éticos e técnicos relacionados com a eutanásia em animais 
10. Estudo de casos – análise de protocolos de pesquisa e planos de aulas práticas 
11. Roteiro para elaboração de parecer pela CEUA institucional 
12. Avaliação final – debate e reflexões sobre a temática."

NOTA: falha da redação ou o item 6 não dá nem para publicar? kakakaka....

5 comentários:

  1. Pra esses "cientistas" que praticam experimentação em animais: O INFERNO OS ESPERA.
    Silvan Pearce Júnior

    ResponderExcluir
  2. Gente que negócio é esse de aplicação dos 3 Rs (item 4)? Os 3 Rs que conheço dizem respeito à redução, reutilização e reciclagem dos recursos. É isso mesmo? Isso se aplica aos animais? Ou pior aos equipamentos e recursos utilizados neles nessas experimentações?

    ResponderExcluir
  3. acho que são poucos na comunidade academica que querem ver seus nomes publicados nestas listas de Comissões de etica...

    ResponderExcluir
  4. Ana Lucia Nunes23/05/2013 16:40

    Incrível como podem ser inteligentes para umas coisas e tão imbecis para outras !
    Como eles falam em "bem-estar animal" e "ética da dor" se estão usando os coitadinhos como cobaias ?

    ResponderExcluir
  5. O pior é que só repetem os testes já feitos a milhares de anos, caramba....como a ciência custa a evoluir, ainda usam animais???????????
    Pagamos para repetir os erros anteriores, é isso?????
    Rogério

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪