24/05/2013

Animais domésticos farão parte do levantamento do IBGE

Há anos que venho torcendo por isto, pois, não temos estatísticas oficiais do problema que enfrentamos no dia a dia. Fazemos uma ideia pela campanha de vacinação contra raiva que, atualmente, nem pode ser considerada mais devido a desconfiança do povo na qualidade de produto usado. Muita gente não leva mais seus animais devido a mortandade que houve há dois anos atrás, lembram? 

"O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) passará a incluir os animais de estimação em seus levantamentos. Os dados farão parte da Pesquisa Nacional de Saúde (a PNS, encomendada pelo Ministério da Saúde), que integrará a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2014. Atualmente, não há dados oficiais sobre quantos são os cães, gatos, pássaros, roedores, peixes e répteis domésticos no Brasil. A indústria tem apenas uma estimativa com base em informações sobre a venda de rações, por exemplo.

A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) fez a articulação para que o IBGE incluísse o universo pet em suas pesquisas. Levantamentos como o que o IBGE vai fazer podem servir, por exemplo, para que o governo defina políticas mais específicas para a saúde animal, como campanhas de combate à raiva. 

O presidente da Abinpet, José Edson Galvão de França, e o coordenador de inteligência de mercado da associação, André Ferreira, aproveitaram a aproximação com o instituto para convidar a gerente da PNAD, Maria Lucia França Vieira, a integrar a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Animais de Estimação (CSPet), foro vinculado ao Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Maria Lucia fará uma apresentação sobre a pesquisa PNS na reunião da Câmara em setembro."

Fonte: IG

4 comentários:

  1. Vamos ver se ajuda ou prejudica...tomara que seja para ajudar mesmo.
    Vânia Maria

    ResponderExcluir
  2. Ana Lucia Nunes25/05/2013 10:32

    Vamos torcer para que essa estatística não fique só no papel.
    Não vai adiantar sabermos o tamanho do abandono animal nesse país, se não tivermos leis ambientais para resolver com eficácia o problema.
    Tudo isso depende de vontade política e nós sabemos que a vontade dos nossos políticos é só roubar ainda mais o povo !

    ResponderExcluir
  3. A idéia é benvinda!!!!!

    A Receita Federal também deveria incluir em seus dados de despesas para fins de deduções os gastos médicos veterinários e como "filhos" .

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪