03/04/2013

Homem mata a própria cadela para recuperar dedo do filho nos EUA

A matéria é do G1 de 03/04/13 e fica a pergunta: o que você faria?

***********
Um homem do estado americano da Flórida matou sua cadela de estimação para poder abrir seu estômago e recuperar o dedo que ela tinha arrancado da mão de seu filho, que se recupera dos ferimentos nesta terça-feira (2) em um hospital. Segundo a imprensa local, o menino, Fernando Brignoni, colocou a mão dentro do cercado do animal, uma fêmea chamada Sassy, que ficou presa entre as barras.

Nesse momento, a cadela arrancou o dedo mindinho e o engoliu. Alertado pelos gritos da criança, o pai reagiu rapidamente, pegou uma arma e disparou contra o animal para abrir seu estômago e tentar recuperar o dedo. "Peguei minha pistola e atirei contra ela. Dizia para mim mesmo: 'tenho que encontrar o dedo, tenho que encontrar o dedo'', explicou Luis Brignoni ao jornal 'Bradenton Herald', e detalhou como abriu o estômago do animal e recuperou o dedo de seu filho.

Depois, ele levou o menino rapidamente ao hospital, mas os médicos não foram capazes de reimplantar o dedo. A criança de 11 anos se recupera dos ferimentos em um hospital de Tampa. "Não sabemos o que podemos fazer por nossos filhos; não sabemos de onde vem a força para tomar uma atitude como esta", confessou o pai.

As fotos achei no Huffignton Post

Garoto que perdeu o dedo mindinho

Sassi, a cadela morta
P´ra quem entende inglês, o vídeo deve ter mais informações:
http://www.huffingtonpost.com/2013/04/01/luis-brignoni-shoots-dog_n_2992052.html

28 comentários:

  1. VERA LUCIA RICARDO03/04/2013 12:49

    Não sei nem o que dizer.
    Talvez por eu não ter filhos, eu acho a atitute desse pai um absurdo.
    Matar por causa de um dedo? E no fim das contas nem dedo e nem a pobre cadela.

    ResponderExcluir
  2. retardado, pra que ter animal pra deixar preso e estressado, a cadela e a cçça são vitimas deste imbecil

    ResponderExcluir
  3. Porque ele criou um animal capaz de comer um dedo de humano? No final das contas a culpa é dele.....não concordo a atitude!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa,nem sei o que comentar....que ser imbecil.

    ResponderExcluir
  5. E o dedo nem vai fazer falta.

    ResponderExcluir
  6. Era só ter levado ao veterinário para fazer uma cirurgia! Matou pq quis mesmo se o animal estava no cercado estava defendendo o filho de quê?

    ResponderExcluir
  7. Carolina BE03/04/2013 13:51

    Bem, no vídeo diz que se tratava de um híbrido de lobo com cão (Malamute-Wolf). Por mais tentativas que se façam de domesticar lobos invariavelmente não dá certo. Ainda mais esse que estava preso. Vi um episódo do Cesar Millan tentado dar um jeito em um que não parava de fugir do quintal, não obstante a altura do cercado. Ele é especialista em cães, mas nesse caso teve que chamar uma especialista em lobos pois são animais completamente diferentes. O lobo é salvagem, incontido e com instinto de caça dos mais apurados dentre os animais. Magníficos, mas são da natureza e não pets. Deviam proibir a criação dos híbridos. sofreu o menino e o cão também vítima, sofreu a pena de morte. Pro pai foi mais fácil, é caçador... Triste, triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolina, vc. soube disto no vídeo foi? é que não entendo inglês e estou aflita para saber o que o cara conta como raciocinou para ter tal atitude.....

      Excluir
    2. Carolina BE03/04/2013 15:36

      Oi Sheila, foi sim. No vídeo fala da "raça" do cão. O irmao diz que quando viu o ataque pegava tudo o que estava por perto pra bater/jogar na cadela e fazer soltar a mão do irmão mais novo, mas não adiantou, ela acabou engolindo o dedo. O pai, que é caçador silvestre então diz: "Não há nada que eu nao faria. Você não sabe o que é capaz de fazer para protejer ou salvar seu filho." Ele (bastante emocionado)termina dizendo que o filho vai ser capaz de fazer com 4 dedos tudo o que qualquer um consegue com 5. Nos comentários abaixo a maioria o questiona por essa declaraçao dizendo que a primeira coisa que ele devia ter feito era NÃO TER um lobo como pet perto de crianças. Isso sim teria evitado todo esse sofrimento. E também o fato dela estar presa já demonstrava que não era dócil. Em outro comment um diz que é comum aos donos dar snacks pela "jaula", snacks de carne EM TIRAS. Ela acostumada desse jeito não achou o dedo do menino diferente e deu no que deu.

      Excluir
    3. Carolina BE03/04/2013 15:46

      Ah, outra coisa que me ocorreu: como ele á caçador, pode ser que usasse a coitadinha pra "caçar" por ele. Nada melhor que um predador nato pra fazer o serviço. Se for assim, ela devia estar com fome, porque cão de caça fica dias sem comer antes de sair pro campo.

      Excluir
    4. Oi Sheila e Carolina. Assisti todo o video, e Sheila, o que está escrito é exatamente o que foi falado no vídeo, Carolina, sou estudante do comportamento canino e sou apaixonada por lobos. Venho lendo bastante sobre o assunto e é claro, lobos foram feitos para viver livres, não acostumam com quatro paredes, precisam de muito exercício, o que é proporcionado pela caça e de inteiração com a matilha. Um mix de malamute com lobo (espécies originários de climas muito frios) no clima úmido e quente da Florida já nos diz que o pai do menino, me desculpem, é um idiota. Mas como está escrito na reportagem, foi tudo um acidente, e minha humilde opinião- talvez tenha sido resultado de brincadeira entre o menino e o animal, que se tornou uma tragédia porquê o irmão começou a bater com um pau no cão para ele soltar o dedo do menino. Exemplo- estou cuidando de um rotweiller fêmea de cerca de 2 anos, e às vezes ela começa a morder minha mão e prende com força, o recurso que eu uso para ela soltar é sempre falar NÃO firme mas com delicadeza e dou alguma outra coisa para ela pegar em lugar dos meus dedos, nunca puxo a mão. O fato de puxar a mão faz o cão proceder a brincadeira do "cabo de força", você puxa, ele puxa ainda mais.. eles tem mandíbula forte . Eles brincam de forma muito bruta, não tem noção da força de sua mandibula - transcrevo o trecho que esclarece o fato aqui "A preliminary investigation supports the father's account of events, and deputies said the incident appears to be an accident-TRADUÇÃO: Uma investigação preliminar sustenta a teoria do pai sobre o ocorrido, e o delegado disse que o incidente parece ter sido um "acidente".. Bjs

      Excluir
    5. Para acrescentar- O que está escrito é um resumo do que foi falado no video mas, não há nada que afirme que o cão teve intenção de atacar. Mas que o menino colocou o dedo dentro da "gaiola"da cadela mix de "malamute com lobo".. O que não dá para entender é que o irmão fala que depois que a cadela agarrou o dedo do irmão ele pegou tudo que tinha ao seu alcance para "jogar" no cão, agarrou por fim um bastão e acertou a cabeça do cão (como, se o cão estava engaiolado?)mas de nada adiantou..

      Excluir
    6. correção- interação com a matilha..

      Excluir
  8. Ele agiu como um desequilibrado. Qq pai ficaria desesperado se o filho tivesse um dedo engolido, mas eu tb pensaria numa cirurgia pra recuperar o dedo. Isso leigamente, posto que não foi possível reimplantar o membro. O animal ficou preso nas grades? Como ele vivia? Essa gente cria o animal de uma forma monstruosa, né?!

    ResponderExcluir
  9. absurdo, pq não levou a cadela ao vet para retirar o mesmo? e ainda conta com orgulho o que fez, idiota! animais que são criados muito bem pelos seus guardiãos não mordem, já resgatei animais ferozes que com paciencia e carinho se tornaram amaveis, pra mim ele já maltratava o bichinho que só se defendeu, e tem um monte de criança que implica e faz maldade com animais.

    ResponderExcluir
  10. Se é para manter um cão preso,num cercado e ainda com barras,é melhor não ter.Uma pq. não deve gostar de animal,para mantê-lo assim,outra,pq. o animal fica estressado e triste,parece que esse tipo gente gente gosta é de ver animal sofrer...

    ResponderExcluir
  11. Esse é o resultado de uma política americana voltada para a venda de armas e manutenção da violência e medo entre as pessoas.

    O cara que atirou na cadela já tem uma propensão a ser psicopata, a arma está perto e ele nem pensa, já atira.

    Bem feito para o menino idiota, quem manda mexer onde não deve, agora vai ficar sem o dedo, para sempre!

    Sinto muito pelo cão que morreu, acabou pagando pelo mal que não fez, mas agora ele está no céu dos animais.

    Esse cara que matou o cão vai pagar caro, seja aqui na Terra ou no inferno!

    ResponderExcluir
  12. É estranho o que eu vou dizer, mas talvez a morte para a cadela tenha sido uma libertação. Um animal de grande porte preso em um cercado não é vida para ele.
    Quanto à atitude do pai é um tanto complexo analisar, no desespero o ser humano age de forma instintiva, com base no primeiro impulso que lhe ocorre.
    Não que eu concorde que o animal tivesse que ser morto, poderia, como disse o anônimo, levar ao veterinário para cirurgia ou mesmo laxante para expelir nas fezes. Mas a emergência da situação conjugada com o desespero fez com que esse pai tomasse uma atitude extrema. Consultemos nossa consciência.
    mccuel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o seu comentário o mais coerente de todos, mas tenho minhas dúvidas em relação à possibilidade da espera por fazer uma cirurgia para a retirada do dedo do estômago, já que os ácidos lá existentes poderiam danificar o dedo. Na minha opinião td aconteceu por culpa do pai, tds nós já fomos criança e tds fizemos coisas que não deveríamos. Amo meus animais, amo mais ainda meus filhos e nunca os deixaria ter por perto um animal que pudesse lesá-los.

      Excluir
  13. Cães e crianças: mistura explosiva. Muita, muita, muita prudência é necessária para quem tem uma mistura dessa em casa. Quando se trata de cães de raças grandes, o cuidado deve ser maior ainda.
    São casos em que todos saem perdendo (principalmente os animais). O filho sem o dedo, o cão sem a VIDA, os pais com a culpa.
    Silvan Pearce Júnior

    ResponderExcluir
  14. Todos sabem que determinadas ração não são ideais para quem tem crianças em casa!!! ou pior não são para se ter em casa!!!

    ResponderExcluir
  15. tenho um filho de 8 anos que sempre conviveu com meus resgatados... inclusive o shark um pitt bull que recolhi das ruas e apanhou tanto que tinha inflamação no sistema nervoso, tinha convulsões terríveis e mta energia... na época do shark meu filho tinha 4anos nem isso. shark ficava num canil construído especialmente pra ele e saia duas vezes por dia fazer exercícios com.meu marido... jamais deixaria meu filho sozinho com ele mas sempre desde bebê ensinei meu filho a respeitar os animais, como lidar com eles, cuidar, como brincar ou fazer carinho, ele sempre soube entender que cada cão é um cão é com suas características é necessidades... e ele sempre brincava e fazia carinho no shark mas só quando estávamos juntos... sozinho ele não se aproximava do canil... faltou RESPONSABILIDADE!!! não importa sua raça... o animal precisa de respeito e a criança de educação!! jamais mataria um animal meu.por um dedo que nem faria falta... pensaria no animal tanto quanto no.meu filho pq pra mim São.todos iguais e amo e protejo a todos dá mesma maneira!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criança precisa de educação sim, mas se vc é mãe sabe que criança tem atitudes que vão além da educação, ela aprontam! Fico estupefata com sua declaração de que ama seu (s) filho (s) da mesma forma como o animal, afinal filho é, ou pelo menos deveria ser fruto de uma relação de amor com outra pessoa, filho se gera por nove meses, é a relação mais intensa, verdadeira, enraizada que se pode ter. Os anumais são MARAVILHOSOS, são seres de Deus e merecem ser RESPEITADOS amados pelo que são! Compará-los à filhos é um grande ERRO! É por isso que os cães estão cheios de problemas comportamentais, filho é filho, cão é cão, temos que amá-los pelo que são, e não transfomá-los, desrespeitando sua natureza. Só uma pergunta: Você dá banho e escova o pêlo do seu filho toda semana? Quantas vezes por dia oferece ração para ele?

      Excluir
    2. Aline: se você tiver mais do que 2 neurônios, sabe que qualquer tipo de carne "derrete" no estômago em 2 segundos, por causa da acidez e enzimas específicas para isso. No outro dia, uma das minhas cachorras comeu um saco plástico que encontrou na rua, apesar de eu oferecer um petisco em troca do saco, e não saiu nem nas fezes. Eu também não mataria nenhuma das minhas cachorronas por causa de um dedo. O menino tinha 11 anos, sabia muito bem o que estava fazendo, a não ser que fosse deficiente mental (e pela foto, não parecia ser). Francamente, esse pai ensinou ao filho que ele pode fazer tudo o que quiser, que a vida de um animal vale menos do que um dedo dele, já que este não foi recuperado a tempo. Vocês viram a foto? O menino nem parecia triste com a morte da cadela. Na idade dele, eu não pararia de chorar por 1 mês, ainda mais que ele viu tudo! Meus filhos aprenderão a arcar com a consequência de tudo o que fizerem.

      Excluir
    3. Querido anônimo, se os seus milhões de neurônios funcionassem tão bem quanto os meus únicos dois, ao ler meu comentário conseguiria entender que em nenhum momento falei em dedo ou dei razão ao pai pela atitude dele. Apenas questiinei as pessoas que tratam animais como filhos. Você entendeu, ou quer que eu desenhe? o início do seu comentário, apenas prova mais uma vez, que quantidade não é sinônimo de qualidade, tadinho (a).....

      Excluir
  16. Trata-se de um IMBECIL que chega a beira da Idiotia, aprisionar um animal de extintyo selvagem, permitir que seu filho se aproximasse do animal, acoado, perdeu o dedinho, o animal perdeu a vida, como sempre acontece, é o culpado sempre, e o Psicopata do papaizinho vai continuar criando animais selvicolas ousilvestres para sua senha de sangue (caça).

    ResponderExcluir
  17. Sinceramente, esse cara é um fdp, em vez de matar o bichinho (que por natureza já é selvagem), deveria tê-lo levando ao veterinário e feito uma cirurgia e não fazer essa barbaridade!!!!!!!!!tadinho, que ele esteja juntos de Deus e esse fdp queime no quinto dos infernos!!!!!!!!!!sinceramente!!!!!!!!!!!!!!cada dia amo mais os animais e desprezo certos seres que se acham humanos.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪