14/01/2013

Vídeos curiosos: Se for beber, leve os cachorros....



A cena é engraçada sim, mas, lembrei daquele pit do cara lá nos EUA, sabem qual?
O viciado teve uma overdose em plena rua e ninguém conseguia chegar perto...
daí, a polícia atirou no cão que se salvou e, depois, foi adotado por outra pessoa....

7 comentários:

  1. Esses doidos demonstraram medo. Se os cães sentissem que iam ajudar, deixavam chegar perto.

    ResponderExcluir
  2. A fidelidade dos cães é incrível!!! Lindo!

    ResponderExcluir
  3. Andressa Carolino14/01/2013 14:15

    cachorro é tudo de bom, amoooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. É mas a situação era perigosa. Poderia ter havido um atropelamento.
    A região de São Paulo, com o "final" da cracolândia inundou os bairros vizinhos de viciados. Há um rapaz que cuida muito bem de seu cachorro que sempre está dormindo ao lado do dono, aqui na Haddock Lobo, quase na Paulista. A questão é, se esse moço for pra uma desintoxicação, o que será do cão? Há várias pessoas nessa situação. Esse rapaz disse que o animal foi abandonado no local onde eles dormem. Ok, além das praças tb lugar onde dorme sem teto tornou-se espaço pra abandono de bichos.Há muito morador de rua cuidando bem dos animais, mas estão todos, donos e cães, em situação de risco.

    ResponderExcluir
  5. Isso é um problema, mesmo. Uma amiga, de Guarulhos, está cuidando de uma cadelinha de um morador de rua viciado em drogas, que foi atropelada. A cadelinha estava prenhe e já está com outros 7 cachorrinhos. O dono, por R$ 150,00, disse que se desfaz dela. Minha amiga está revoltada com ele. Pra vc ver, se tem droga na jogada, o fulano vende até a mãe... Uma pessoa dessas tem condições de cuidar de um cão? O que resolveria, nas grandes cidades, seria a castração de todos os animais de rua. Uma atitude a ser tomada pelos governos, mas para ser levada a serio, não um cabide de empregos para familiares de figurões tocarem. Como tudo, no Brasil, o que falta é vontade política!

    Abraços,

    Beatriz Pacheco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De acordo Beatriz Pacheco.
      Um ser drogado, fora de si e marginalizado pela sociedade não consegue se olhar, dirá ter alguma responsabilidade com animais que "abriga".

      Tapar o sol com peneira (porque os Governos aqui do Rio pouco fazem sobre esse tema) a essas situações além de não contribuir para seu derradeiro término, gera tantas outras que ficam atreladas (animais e crianças em situação de risco, futuros drogados).

      Aí cai no post que a Sheila brilhantemente assinalou - e voce igualmente fez - sobre valores X Orçamento da SEPDA 2013 - RJ. Verba há, mas emperra em tantos outros obstáculos que nem deveriam existir, diga-se de passagem.

      Copa e Olimpíadas a caminho, mas o tal, e pontual, deverzinho de casa, esse varre pra debaixo do tapete porque gringo algum vai levantá-lo!

      Excluir
  6. esse é amigo mexxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxmo !!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪