23/01/2013

Dono morre, mas cadela vira-lata permanece na entrada de UPA - Cabo Frio


Nós conhecemos bem o íntimo de um cachorro e sabemos o quanto os humanos se espantam quando vêem estes casos....

Foto: Renata Christiane/ Divulgação


Foto: Renata Christiane/ Divulgação

RIO — Uma história envolvendo uma cadela vira-lata vem emocionando pacientes e funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Apelidada de Caramelo, ela não sai da frente da emergência desde que seu dono deu entrada na instituição de saúde, há cerca de 15 dias. O homem, que foi socorrido de ambulância, acabou morrendo.
A cadela virou mascote da UPA e vem sendo alimentada por aqueles que se sensibilizaram com a história. Com olhar triste e desconfiada, no entanto, ela não aceita carinho. De acordo com a equipe médica, Caramelo seguiu a ambulância desde a residência de seu dono, no bairro de Guarani, até Parque Burle, onde está localizada a UPA. De carro, o trajeto, de 1,5 km de distância, é feito em cerca de cinco minutos.
Funcionários informaram ainda que familiares do paciente morto tentaram levar Caramelo quando estiveram no hospital para realizar a liberação do corpo, mas a cadela não teria obedecido às ordens. A insistência da vira-lata remete ao filme americano, lançado em 2009, “Sempre ao seu lado”. Baseado numa história real, a película conta a história de um cão amoroso e leal que morreu numa estação de trem esperando pelo dono.

Fonte: Jornal EXTRA

8 comentários:

  1. Tomara que essa família tenha paciência e consiga levar esse animal de volta pra casa. Deve haver uma maneira. Ela fica muito exposta nesse local e precisa ser protegida.

    ResponderExcluir
  2. Muito emocionante!

    ResponderExcluir
  3. Lugar de cão não é nas ruas.
    Talvez nem seja castrada e aí.... o que serão dos filhotes?
    Alguém tem que arruamr um lar para a Caramelo(bonito nome!)

    ResponderExcluir
  4. As pessoas sempre dizem que tentaram levar o animal de volta pra casa, mas este se recusou. É claro que sem o carinho e dedicação igual ao que o dono dava, o animal não volta mesmo!
    Quando meu pai faleceu, a cadela Elizabeth que até dormia com ele, entrou em profunda depressão. Tive que me dedicar total e completamente a ela para que esta pudesse superar a falta dele. Deu certo e ela ficou a meu lado até o seu último dia de vida. Sinto falta dos dois.

    ResponderExcluir
  5. CECILIA PEREIRA DE BORBA23/01/2013 22:00

    O que mas preocupa, é que sendo femea e se nâo for castrada, na hora do ocio é mas uns sofredor na terra

    ResponderExcluir
  6. Marina Oliveira de Paula24/01/2013 22:19

    Com certeza Vitória. Na cidade onde moro, vivi dois casos semelhente. A pretinha perdeu seu dono, eram somente os dois, Quando fiquei sabendo da morte do dono, procurei por um dos filhos dele que não mora aqui, pedi que doasse a pretinha p mim. Ela entrou em depressão, eu e minha irmã revesava dia e noite com dedicação total, e ela virou um grudinho com nós kkkkk. A outra quando soube da morte da dona, já havia se passado 2 meses, quase tive um infarto, pois eram 3 cachorros. Corri até casa dela, me informaram que a empregada havia levado 2. E a mais velha e mais apegada com a falecida estava esses 2 meses sozinha, só iam levar agua e comida p ela, e ela uivava dia e noite. Trouxe ela p minha casa e foi muito difícil a adaptação dela em casa, mais consegui. Hoje, as duas já cruzaram a ponte do arco-íris. Sniff...

    ResponderExcluir
  7. Muito emocionante...Me levou às lágrimas...

    ResponderExcluir
  8. Assisti à reportagem da Record hoje. O que me espanta é que levaram uma veterinária ao local, ela viu e comentou que a cadela está entrando no cio, mas em momento algum mencionou recolhe-la ou castrá-la. Foi lá pra quê?? Apenas pra aparecer na tv? Bastante óbvio isso!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪