• ALÔ, AMIGOS!!!

    Revista Eletrônica "O Grito do Bicho" - Fazendo a notícia na luta pelo direito dos animais do céu, da terra e do mar.

    O resultado é pela Loteria Federal.

    E, o principal, é DIGRATIS E VOCÊ PODE SE INSCREVER TODO DIA !!!
    Boa sorte!!!

Faça sua doação:

Texto

Receba nossos boletins diários no seu e-mail: *

sábado, 29 de dezembro de 2012

Cachorro espera pelo dono que morreu em acidente


Jesus amado, será que ninguém pode adotar esta criatura linda?

Fala Brasil - RedeRecord - 25/12/12
Leia mais...

Pouca variedade de cobaias leva a atraso científico, diz bióloga


Juro que meu maior desejo era saber do que certas "cabeças" são feitas.... não é possível que meus miolos sejam "semelhantes" ao desta criatura e sua TEORIA.....Por que tamanha dificuldade em entender que a ciência da saúde está atrelada a conceitos errados por puro especismo e antropocentrismo temos que usar o modelo certo para cada doença a ser pesquisada: doenças de felinos, pesquisar em felinos; doenças de caninas em caninos; doenças humanas em humanos, etc etc etc... ô nojo!!!!!!
*****
Pouca variedade de cobaias leva a atraso científico, diz bióloga
Folha de São Paulo - 28/12/12 

"A panelinha de espécies que hoje domina os laboratórios de biologia precisa acabar, alerta uma pesquisadora americana nas páginas da revista científica "Nature".
Para Jessica Bolker, professora de zoologia da Universidade de New Hampshire, a fixação dos cientistas em um punhado de cobaias -as mais conhecidas são os onipresentes camundongos, ratos e moscas-das-frutas- atrapalha o avanço da pesquisa e pode até estar adiando a descoberta de curas.

"Estudar apenas alguns organismos faz com que a ciência fique limitada às respostas que essas espécies podem trazer", diz Bolker.
"Essas limitações têm tido consequências sérias. As disparidades entre humanos e camundongos podem ajudar a explicar porque os milhões de dólares gastos com a pesquisa básica têm trazido avanços clínicos frustrantes."



PROBLEMA HISTÓRICO
Razões históricas e de praticidade explicam, em grande parte, como a panelinha se formou. A partir do começo do século 20, essas espécies se tornaram populares porque eram fáceis de criar e se reproduziam às pencas.
Leia mais...

Vídeos curiosos: tenha seu próprio rato como escova de dente


O camarada explora o pobre ratinho até para escolvar os dentes....credo!!!!
pode isto? urgh!!!!!!


Leia mais...

Retrospectiva 2012 by ANDA


Devido ao meu estado de saúde, estou sem possibilidades de fazer uma retrospectiva deste ano do nosso trabalho e da causa. É que fico muito cansada aqui no computador, mas, estou sugerindo uma leitura da que foi feita pela ANDA que está muito boa:

Retrospectiva 2012 mostra fatos marcantes do ano para os direitos animais

Foto: Reprodução/Igualdad Animal
Leia mais...

Equipe de resgate salva cão preso em lago congelado nos EUA



           
   
           
   
           
   
           
   
           
   
           
           
           
   
       
Leia mais...

Líder sul-africano associa zelo com cães à cultura branca


Leva mal não, mas, não lido bem com racismos de ambas as partes.... ah, me poupem!!!!! o que tem o branco com gostar de cães? quer dizer que negro não gosta? ah, não tenho paciência não.... Pior que o idiota que falou isto é o presidente da África do Sul.... é aquele mesmo país que matou animais nos estádios de futebol na Copa, lembram? Leiam o atraso mental deste camarada....ele reclama dos negros que alisam os cabelos, também....pode?
_______________
Fonte: Paraiba.com
"O governo da África do Sul tentou esclarecer nesta quinta-feira uma declaração do presidente do país, Jacob Zuma, em que ele critica donos de cães.
Segundo o jornal sul-africano Mercury, Zuma fez a declaração diante de milhares de partidários durante um comício na província de KwaZulu-Natal.
O jornal informou que Zuma disse que gastar dinheiro comprando um cachorro, levando-o para um veterinário e para passeios são hábitos da cultura branca. Para ele, o estilo africano é se concentrar na família.
O presidente, de acordo com o Mercury, também criticou uma nova geração de jovens africanos que estariam tentando adotar outros estilos de vida e até tentando parecer com outras etnias.
Leia mais...