29/12/2012

Cachorro espera pelo dono que morreu em acidente


Jesus amado, será que ninguém pode adotar esta criatura linda?

Fala Brasil - RedeRecord - 25/12/12

16 comentários:

  1. Que história triste! É uma pena que ela não queira sairda rua esse fiel amigo precisa de um lar e de muito carinho! Chorei muito.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Não Gisele...não é horror, é a mais pura demonstração de amor em que mais um vez os animais nos mostram, o homem teima em ser egoísta, ainda temos muito a aprender com os animais.

      Excluir
    2. Não Gisele...não é horror, é a mais pura demonstração de amor em que mais um vez os animais nos mostram, o homem teima em ser egoísta, ainda temos muito a aprender com os animais.

      Excluir
  3. É triste ele ficar na rua, mas é uma escolha dele.
    Acredito que o dono dele ainda vive na casa. Ele deve vê-lo e por isso não vai embora.
    A vida não acaba quando morremos.

    ResponderExcluir
  4. Que tristeza! Concordo com a Deyse.
    Temos outro caso de um dog que ficou na casa 20 dias ao lado do dono falecido. Bebia água do vaso sanitário e comia as próprias fezes.
    Vamos divulgar e encontrar um lar para este fofo também.

    ResponderExcluir
  5. PARECE QUE NAO EXISTE PROTETORES NESTA CIDADE NÈH! CREDOOOO

    ResponderExcluir
  6. Isso que é amor, o resto é conversa fiada !!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Chorando muito, estou melancólica. Gostaria de poder ficar com ele. Tomara que ele encontre alguém com muito amor, que olhos tristes que ele tem.

    ResponderExcluir
  8. Cristina Calixto30/12/2012 00:49

    Acredito que a fidelidade dessa raça seja tão grande a ponto de fazê-lo permanecer ali. Mas, por outro lado, faltou empenho por parte da viuva em tentar mantê-lo na casa nova. Mas, é aquilo: da mesma forma que ainda estou abalada pela morte repentina do meu pai e, 3 anos depois uma série de derrames que acometeu minha mãe, fazendo com que ficasse tetraplégica e com o raciocínio completamente danificado, só Deus e essa viuva sabem como deve estar a vida dela agora. Difícil julgar. De repente ela está sem forças nem para ela...

    ResponderExcluir
  9. Conceição30/12/2012 11:51

    Há 10 anos ele esta na rua e até agora nenhuma das pessoas que o acham maravilhoso, dócil e carinhoso não o colocaram para dentro?

    infelizmente, morrerá nas ruas.

    História triste que a midia mostrou, e as outras que ninguém fica sabendo?
    devem se muitassssssssssssssssssssssss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "nenhuma das pessoas que o acham maravilhoso, dócil e carinhoso não o colocaram para dentro?"

      concordo exatamente com o que você disse!!!

      nenhuma dessas pessoas que o acham maravilhoso, dócil e carinhoso não o colocam pra dentro!!!!!! ué??????

      Excluir
  10. Quando assisti ao filme original japonês "Hashiko" me banhei em lágrimas, no filme americano mais choro e agora.... Buuuáááá!!!!

    ResponderExcluir
  11. Pelo que entendi, o cão quer esperar o dono. Provavelmente muita gente o adotaria, mas ele tem que adotar a pessoa tb. Não sei se é falta de empenho da viúva, talvez ela precise de ajuda profissional para adaptar o cão a essa realidade. O certo é que ele tenha uma casa, mas parece-me que ele tem um senso de liberdade e companheirismo muito grande. O positivo é que a comunidade cuida e se preocupa, mas será que não há pessoas especializadas em comportamento animal pra ajudar na adaptação desse cão em outro lar? Muitas vezes recolher e alimentar o animal cria o vínculo, só que outras vezes há uma resistência...como fazer? A tia de meu marido tem um cão adotado há muitos anos. Ele vagava pelo bairro e muitos o alimentavam. Pelo menos duas pessoas o recolheram para ficar com ele, mas o cachorro fugia. Ele chegou à casa da atual mãe, aos poucos,comia e ia embora. Até uma noite de chuva forte quando pediu pra entrar. Entrou, mas ficou com a possibilidade de sair. Foi voltando, até não sair mais. Está com aproximadamente 16 anos, foi operado de um câncer, passou por quimioterapia e tá lá dormindo ao pé da cama da protetora. Tudo é um processo. Superar luto nos faz querer ir pra rua, por que seria diferente com o cão?

    ResponderExcluir
  12. Carolina BE02/01/2013 17:51

    Ai que choradeira. Moro em Floripa e o Rio Tavares é um bairro cheio de manezinhos tradicionais, a comunidade é quase como uma vila de pescadores. Pelo aspecto dele está bem alimentado, mas parece triste. Moro em ap, se Deus quiser vou mudar pra uma casa esse mês, se eu o ver pego, mas como já dito nos coments acima, é bem capaz dele fugir. Por isso é importante gente, que assim como nossos filhos tem padrinhos e madrinhas que conversemos sobre isso com nossas famílias. Que o animalzinho tenha amor de mais de um membro da família, pra não achar que está só e deixar nossos amadinhos vagando pelas ruas. Não posso nem conceber a idéia do meu gatinho vagando por aí atrás de mim sozinho. :(

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪