10/09/2012

Leiam a resposta do marketing da AMANCO ... não sabem mesmo trabalhar!!!!

.
 
Galera, quando falo que nosso trabalho é árduo e constante, ninguém acredita. Estou publicando a resposta dada pela AMANCO com referência ao comercial que mantêm a mensagem subliminar que temos que descartar os animais que não nos servem mais. O que o funcionário escreve é, exatamente, o que pensamos: o produto substitui tecnologias antigas, mesmo sendo uso de vidas. Enquanto pensarem assim,  NÃO USAREMOS NADA DA AMANCO ... boicote aos produtos!!!! 


Ora, a chance de fazer uma grande propaganda foi perdida e
e ele deveria admitir isto. Os personagens descartam os animais por influência da AMANCO. A empresa teria tido uma grande chance de fazer a coisa politicamente correta. Bastaria que pegasse, por ex., o sapinho que comia os pirilampos e o colocasse na sala, esticado no sofá ao lado, aproveitando uma aposentadoria depois de tantos anos... Veja o momento em que ele é descartado no comercial:

reprodução do vídeo

O porquinho que eles usam como triturador de alimentos, apareceria num chiqueiro se divertindo com outros porquinhos, gozando da aposentadoria nos fundos da casa. Aí sim seria uma propaganda bacana e não jogando fora o animal só porque seus produtos substituem as tecnologias ultrapassadas. Pobreza!!!! Veja a foto do porquinho sendo jogado fora depois de seu dono dizer que o pobre coitado  já "estava com eles há muito tempo"....

reprodução do vídeo

Bem, eu vou enviar esta postagem para o moço aí do marketing sugerindo que usem mais a cabeça como a Consul usou, certo? Quem quiser aproveite a oportunidade para mostrar o que pensamos. Mas, leiam antes o que o tal departamento de marketink escreveu para o Alan:
___________________
From: "Marketing Ambr"
Date: Mon, 3 Sep 2012 18:44:27 -0300
To: alan.beling@gmail.com
Subject: RES: Repúdio à peças publicitárias (Mensagem pelo site Amanco)

Prezado Alan, boa noite!
Obrigado por entrar em contato conosco.

Salientamos que a concepção da atual campanha publicitária da Amanco é baseada na história original dos desenhos animados “The Flintstones” (de propriedade de Hanna-Barbera®), sendo que as cenas são reproduções de situações do cotidiano dos personagens, que contempla o uso dos animais na forma exata como colocados neste comercial.

O final dos comerciais também fazem referência ao desenho, mais especificamente ao seu encerramento (basta checar no YouTube, procurando por “Flintstones Closing”).

Como a mensagem da campanha é “Deixe o passado para trás. O futuro já chegou com Amanco”, queremos dizer que não é mais necessário utilizar tecnologias ultrapassadas (como os Flintstones faziam com os animais) e que os produtos Amanco exercem este papel com qualidade e confiabilidade.
Att.
Arthur Ginder da Costa
Marketing

marketing.ambr@mexichem.com
www.mexichem.com.br

21 comentários:

  1. Alan Beling10/09/2012 12:49

    Grato por poder contribuir! Em muito me surpreendeu o senhor Arthur Ginder falar, falar, e não dizer absolutamente nada nesta resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alan, estava aqui pensando o mesmo que você. Temos apoio jurídico no blog? Se sim, favor me passem o contato por email para que eu possa entrar em contato. Esta campanha tem que sair do ar.

      Excluir
  2. rosa elisa villanueva10/09/2012 12:52

    o cara é totalmente sem noção. BOICOTE total à essa empresa insensível aos animais. Vou de Tigre.

    ResponderExcluir
  3. Foi a mesma resposta que recebi...e rebati....

    ResponderExcluir
  4. rosa elisa villanueva10/09/2012 13:04

    Colegas entrei no site da MEXICHEM (dona da AMANCO) e mandei a seguinte mensagem:
    Estamos chocadas con la propaganda de AMANCO en Brasil, divulga que los animales son descartables. si es asi que AMANCO y MEXICHEM piensan sobre los animales, estonces vamos a hacer un boicot internacional.

    ResponderExcluir
  5. Não vi nada de errado no comercial. Os Flintstones sempre utilizaram animais para as tarefas diárias e é algo engraçado. É apenas um desenho animado. Ninguém vai confundir um mini dinossauro que fica embaixo da pia com um cachorro ou qualquer outro animal atual. É tempestade em copo d'água.

    ResponderExcluir
  6. O Sr. Arthur, falo, falou e disse o que todos enxergamos e interpretamos. A questão, a essência é essa mesma: antropocentrismo,especismo que culmina em maltratar os animais, descartando-os, abandonando-os. Ele induz ao abandono, ao desprezo, seres que "ajudaram e compartilharam ações com os animais humanos". Esse "cumercial" é muito INFELIZ e um marketing de péssima qualidade. Boicote neles!

    ResponderExcluir
  7. Anonimo, perdão mas vou discordar de você.
    no mundo que vivemos tudo pode e tudo para variar é confundido.
    por isso nossos peludinhos estão sempre fudidos, perdão pelo trocadilho.
    E ainda por cima usam meu desenho preferido para mostrar uma propaganda
    sem noção e que não acrescenta nada.
    vou continuar usando TIGRE, belo peludinho e deixar o TOMANCO mofar nas gondolas.
    Espera uma resposta que não seja padrão é a mesma coisa que ligar para o Fred fliston e psolicitar que ele peça direitos autorais nessa propaganda
    salve a mediocridade.

    ResponderExcluir
  8. Respostinha mais cretina não??? Como tu disse Alan, o excelentíssimo falou, falou e não disse nada...o propósito do comercial entendemos, não somos ignorantes..."Senhor Arthur Ginder, não seja estúpido, a questão é bem outra tá?!"

    ResponderExcluir
  9. Resposta rasa e padrão, daquelas que não esclarecem absolutamente nada. Da última vez que recebi uma resposta assim de um desses SAC's da vida, rebati pedindo para encaminhar meu e-mail para um ser humano, já que eu não conseguia interagir com um robô. A solução é fazer muito barulho mesmo, mandar e-mails, divulgar, boicotar. Se for pra esperar alguma atitude de livre e espontânea vontade da Amanco, presumo que vamos ter que esperar sentados.

    Para o "Anônimo" aí de cima: você aparentemente caiu de pára-quedas aqui. Leia a postagem anterior sobre a Amanco colocada aqui no blog pra entender o que estamos discutindo, antes de emitir uma opinião. Ninguém está debatendo sobre o uso de animais em tarefas diárias engraçadinhas de um desenho animado bobo, e sim, o DESCARTE DE ANIMAIS que NÃO SÃO MAIS CONSIDERADOS ÚTEIS por humanos, e que vemos ao montes por aí. O comercial passa essa mensagem claramente, e utilizar o desenho em questão como argumento não justifica a infelicidade e falta de criatividade da empresa publicitária que elaborou essa propaganda, tampouco a falta de sensibilidade da Amanco que a aprovou. Isso serve também para os demais da turma do "nada a ver" que de certo irão salpicar por aqui novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma Janayna, não precisa se exaltar. Por isso escrevo como anônimo, pois conheço muitos protetores que se exaltam e no final acabam levando para o lado errado da discussão. Como alguém que discorda das cotas raciais e acaba sendo taxado de racista. Uma das vantagens de ter um site na internet é fazer com que as pessoas caiam de paraquedas e passem a ter conhecimento e possam discutir diferentes assuntos.
      Sou totalmente contra o descarte de animais. Porém, acho que a agência responsável pelo comercial apenas refletiu o que acontece no desenho animado dos Flintstones. Eles vivem utilizando animais para as tarefas e sim, eles sempre descartam. Tratar os animais com sentimento, deixá-los num lugar sossegado como foi sugerido, iria descaracterizar o comportamento dos personagens do desenho animado.
      Acho que algo mais profundo poderia ser discutido a respeito desta empresa, como os materiais utilizados para a fabricação, se praticam reciclagem, se têm boas práticas de sustentabilidade, coisas que a concorrente TIGRE já teve sérios problemas anteriormente.

      Excluir
    2. Caro "Anônimo",

      em primeiro lugar, em nenhum momento me exaltei, e se pareceu isso, peço desculpas. Estava e estou bastante calma, apenas rebati o seu comentário de forma direta e concisa. Em segundo lugar, por este seu novo comentário, mais uma vez desculpe-me pela franqueza ou se te julgo levianamente, mas imagino que você não seja um ativista ou um protetor, apenas um "curioso", correto? Se este for o caso, permita-me por gentileza esclarecer-lhe uma coisa: questões como "reciclagem" e demais práticas sustentáveis desse gênero, embora importantes, não são o nosso objetivo e nem os motivos de nossa luta. Somos protetores dos ANIMAIS, e é TÃO SOMENTE com o bem estar deles que nos preocupamos. Sendo-lhe bem sincera, pouco me importa se a Amanco recicla os seus produtos. Mas MUITO me importa uma propaganda que esta mesma empresa veicula, com uma mensagem que deseduca os cidadãos a tratar de forma ética e humana um animal, educação essa que nós protetores lutamos diariamente para divulgar. Todo dia lidamos com casos absurdos de animais que foram abandonados à própria sorte pelos mais diversos motivos: seja porque estão idosos e dão despesas financeiras, como qualquer idoso; seja porque não têm mais aptidão ou vigor físico para o trabalho, como é o caso de vários jumentinhos que vemos abandonados nas ruas e beira de estradas pelos carroceiros; seja porque estão doentes ou com algum problema físico; ou seja apenas por pura e genuína crueldade de quem os abandona. Uma propaganda como essa da Amanco, que mostra de forma "cool" o abandono de animais "sem serventia" em alusão à um desenho que fez parte da nossa infância, acredite, simplesmente ACABA com o nosso trabalho de conscientização. Além de, obviamente, nos deixar extremamente revoltados, pois como disse, todos os dias resgatamos animais em péssimo estado que foram "descartados" exatamente nas mesmas condições que a referida propaganda mostra de forma "engraçadinha". Embora remeta ao desenho, a propaganda não é obrigada a ser fiel ao mesmo. Pois se assim fosse, então nela também não deveria haver pessoas com roupas do século XXI colocando instalações modernas na casa dos Flinstones, já que isso não existe no desenho original da Hanna-Barbera, não é verdade? A empresa publicitária poderia ter sido sim criativa e ter feito um trabalho de acordo com a educação e conscientização no tratamento correto e respeitoso com os animais, mas preferiu desperdiçar essa excelente oportunidade - onde poderia ser mostrado um lado humano e preocupado com esta questão da empresa, como várias empresas já fizeram em suas propagandas e só receberam elogios dos consumidores -, e optar por uma propaganda completamente infeliz.

      De toda sorte, seja bem vindo aos debates neste blog e à nossa causa. Espero que um dia você também faça parte dela.


      Excluir
    3. Entendo sua opinião, mas continuo considerando um exagero. É como dizer que o responsável por um ato de violência é um jogo de videogame ou um filme.
      O comercial também pode ser levado por um lado positivo, a liberdade dos bichos. Inclusive foi isso que eu pensei quando vi um deles. Mais liberdade do que descarte.
      Talvez o erro da agência tenha sido em não pensar nas interpretações diferentes que as pessoas teriam do vídeo. Nem sempre há uma má intenção por trás das coisas.

      E independente de certo ou errado, em qualquer profissão ou atividade escolhemos o caminho da efetividade/eficiência. Ao invés de ficar andando em círculos sobre alguma tarefa, é muito mais inteligente tomar atitudes sobre coisas que dão melhores resultados. Focar numa atividade mais promissora e não ficar atacando comerciais com situações totalmente fictícias (situação, pessoas, bichos, tudo fictício). Sinceramente, isso não vai ter resultado algum.

      E se você acha que esta minha opinião só pode ser de alguém que não defende às causas animais. Preconceito de sua parte, infelizmente.

      Como disse no início, vou respeitar sua opinião, o que não significa concordar. Mas acho que não vale a pena perder tempo lutando para tirar ou alterar este comercial. Mesmo se conseguir, qual será o resultado disso? Mais pessoas conscientes? Menos animais nas ruas? Cadê a efetividade?

      Excluir
    4. Concordo com sua opinião e acrescento: Pessoas que realmente se importam com os animais não ficam perdendo tempo em discussões sem fundamento! E cada dia mais ficamos desacreditados, pois ao invés de atitude, estes cidadãos ficam de blablabla que não chega a lugar algum.
      Quero ver que juiz dará ganho de causa para um processo como esse, é torpe e sem fundamento nenhum. E o pior, vão bancar os idiotas.
      Ficar trocando farpas e acusações é muito fácil, quero ver quem tem realmente atitude. A minha parte eu faço, quero ver vocês fazerem a de vocês.

      Excluir
  10. Acho um absurdo os protetores(talvez pseudo)gastarem tempo com algo tão fictício,flinkestones,dragão,sapo 3d que engole vagalumes,melhor focar em coisas reais que a proteção animal está precisando,se eu já conseguisse convencer a maioria das protetores a virarem veganos já seria grande coisa,isto tira a credibilidade da proteção animal qdo perdemos o foco de coisas que realmente importam como rodeios,vaquejadas,testes em animais, abatedouros,consumo desenfreado de produtos de origem animal.

    ResponderExcluir
  11. Não acho que seja perda de foco tomar uma medida judicial contra a Amanco, pois A PROPAGANDA SUBLIMINAR É A MAIS EFICIENTE QUE EXISTE. Por isso ela é usada para inculcar coisas muito sérias, como o racismo e o uso de drogas. A coisificação dos animais é uma realidade, e está na base do abandono e dos maus tratos.

    ResponderExcluir
  12. Alan Beling11/09/2012 11:52

    Para os que discordam de uma posição antagônica ao comercial: vocês precisam acordar pra realidade. Não vivemos num mundo cor de rosa em que todos entendem que o comercial é só uma interpretação do desenho.

    Infelizmente, existem (muitas) pessoas que levam ao pé da letra muitas coisas que passam na TV, e utilizam este e outros comerciais que remetem ao abandono de animais (alguém lembra de uma empresa de turismo que fez um cartaz com um cão abandonado e de relance o avião da família?) para justificar suas ações. Essas pessoas são as que mais abandonam, e compram animais como produtos, pois estes mesmos comerciais tratam animais como tal.

    Gostaria muito de viver num mundo em que poderia dizer para deixarmos esses caras em paz pois todos entenderiam que não é nada demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boaaaaaaaaaaaaaaa!!!!
      é bem por ai.
      infelizmente falta cultura e educação.
      Esse mundo que dizem que não devemos misturar todo mundo mistura e exagera na mistura

      Excluir
  13. Sou ativista há 25 anos. E concordo com o anonimo. Já falei sobre esse assunto antes. O comercial não é contra os animais nem induz ao abandono. Os animais não foram descartados, nem maltratados. Eram maltratados antes, quando estavam sendo explorados. Eles ganharam a liberdade. Vemos o Fred colocando eles do lado de fora da casa. Não está batendo neles nem matando nenhum deles, nem jogando no lixo. Sheila, eles não poderiam colocar um javali num chiqueiro. Trata-se de um porco selvagem e merece viver sua vida conforme sua natureza. Não poderiam colocar o sapo numa almofada, pois sapos gostam da vida ao ar livre, das lagoas! Animais silvestres não devem ser considerados como animais de estimação. Isso é ilegal. Claro que poderiam ter mostrado eles felizes em seu habitat no final. Porém, não morando dentro das casas, pois isso seria crueldade. Sim, poderiam ter mostrado o final feliz para os animais. No entanto, o fato de não terem mostrado não significa que a mensagem não está lá. Claro que aquele sapinho saiu todo feliz livre de um trabalho escravo. A carta recebida não diz que o produto substitui tecnologias antigas, mesmo sendo uso de vidas. Nâo está escrito isso na carta. Está escrito apenas que foram fiéis ao desenho de Hanna Barbera. Mas, é bom que substitua o trabalho escravo dos animais. Quero salientar aqui que não tiro o direito de vocês protestarem, de forma alguma. A diversidade de opiniões é importante. Mas, da mesma forma que respeito o que pensam, acho importante aceitarem que nem todos os ativistas, e ativistas sérios como eu sou, estão indignados com o comercial. E até achamos que ele passa uma boa mensagem em benefício deles. Isso não nos torna menos engajados na luta pelos animais. Apenas vemos a coisa de outra forma. E, se nós vemos assim, a Amanco talvez tenha visto da mesma forma. Concordo com o protesto mas que pensam bem na forma de se comunicarem com a empresa, pois poderão estar sendo injustos.

    ResponderExcluir
  14. A resposta idiota da amanco merece outra curta e grossa. Não compro os produtos desta marca.

    Se ele acha que somos imbecis, tratemo-lhes como tal. Quem sabe da próxima não tenha um individuo com encéfalo funcionando para dar uma resposta decente e no mínimo, uma desculpa do tipo, não havia pensado por este ângulo. Enfim os caras são uns idiotas!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪