14/09/2012

Cadela desaparece em voo da TAM entre Rio e Manaus, diz dono

.

Segundo ele, empresa disse que o animal fugiu no desembarque.
Família está abalada e oferecendo recompensa para quem encontrar.

Mônica DiasDo G1 AM
28 comentários
A cadela vira-lata Carmina, de dois anos, viajou do Rio de Janeiro até Manaus em uma aeronave da empresa TAM, na tarde de terça-feira (11), e desapareceu, segundo o responsável pelo animal. Carmina foi enviada pela dona, Cléo Carvalho Ohana, de 26 anos, para a capital amazonense. Ela está no Rio participando de um mestrado e retorna a Manaus na madrugada deste domingo (16), mas resolveu enviar Carmina antes.
Carmina tem dois anos e está perdida em Manuas (Foto: Arquivo pessoal)Carmina tem dois anos e está perdida em Manaus (Foto: Arquivo pessoal)
O padastro de Cléo, o servidor público Maurício Lapa, de 60 anos, disse que o avião pousou no aeroporto Eduardo Gomes às 15h, mas só o avisaram sobre a situação às 16h20. "Ninguém queria informar nada sobre Carmina. Depois de mais de uma hora eles disseram que, quando abriram o compartimento de bagagem, ela estava solta e pulou para a pista, correndo em direção a saída. Chegando lá, o segurança abriu o portão e a deixou sair. Os funcionários da TAM disseram que a seguiram em direção à Avenida Torquato Tapajós, mas desistiram após ela entrar em uma área de mato fechado próxima a algumas empresas", disse.
Segundo ele, as chances de recuperar Carmina teriam sido maiores caso ele tivesse ajudado nas buscas desde o ínicio. "O que me deixa mais triste é que eles mentiram. Estavam tentando achar a cadela e não me informaram que ela tinha fugido. Se eu soubesse na hora, teria ajudado nas buscas e as chances de recuperá-la seriam maiores. Eles nem sabiam o nome dela para chamá-la", relatou.
A dona da cadela, Cléo, está muito abalada (Foto: Arquivo pessoal)A dona da cadela, Cléo, está muito abalada
(Foto: Arquivo pessoal)
A enteada de Maurício foi para o Rio de Janeiro fazer mestrado e encontrou Carmina, ainda filhote, abandonada na rua. Segundo Maurício, ela se apegou muito ao animal e está muito abalada com a perda. "Se você falar com ela, dá dó. A TAM chegou a entrar em contato com ela, pedindo uma foto para fazer cartazes de divulgação, mas ainda não fizeram nada", disse.
O servidor público afirmou que está desconfiado da versão contada pela empresa, e disse que pretende recorrer à Justiça. "Segundo eles, ela pulou de uma altura de dois metros até o chão. Se ela tivesse feito isso teria se machucado e não teria conseguido correr tanto. Já entrei em contato com um advogado e pretendo recorrer à Justiça, tanto pelo valor sentimental que a Carmina tem para a minha enteada quanto pela irresponsabilidade da empresa em relação ao transporte de animais".
Para dar informações ou ajudar nas buscas de Carmina, a família disponibilizou para contato os números de telefones 9988-3889 e 9627-6750. Os donos estão oferecendo recompensa para quem encontrá-la.
Procurada pelo G1, a TAM encaminhou a seguinte nota através de assessoria: "Em relação ao vivenciado com o animal doméstico da Sra. Cléo Carvalho Ohana, passageira do voo JJ3766 (Rio de Janeiro-Galeão/Manaus) do dia 11 de setembro de 2012, informamos que já estamos em contato com a nossa cliente para prestarmos o apoio que se fizer necessário para a solução do ocorrido".

Fonte - G1

28 comentários:

  1. Nao entendo! Sou madrinha de voo e transporto caes ha anos aqui na europa. Nunca tive problemas. Existem box transporte que sao exigencia das Comp. aereas e esses lacrados!! Nao ha como sair se alguem nao ABRIR!! E cchorro nao tem maos para isso. Depois ninguem abre o box antes do animal ser entregue ao tutor que ja espera em local separado, com os documentos do animal que eh controlado antes da entrega ao responsavel. Nao acredito que a tutora, que parece gostar muito da Cleo, tenha mandado ela em um box aberto. O ocorrido com certeza deve ter sido pela incompetencia e a falta de treinamento do pessoal do aeroporto/ou da TAM.
    Dora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dora, muito pontual sua análise sobre e concordo contigo: duvid-o-do que a tutora da cadelinha tenha colocado-a sem trancar, lacrar o tal box, ato que traria segurança para ambas, diga-se de passagem.

      Pelo colocado na reportagem, a Cia. Aérea devia ter avisado imediatamente do ocorrido e não colocado "panos quentes", para abafar o que não tinha como ser abafado, dando chances para que a cadelinha fosse cada vez mais longe.

      Eu não entendo os motivos de não ter como acomodar os animais com os tutores e dentro da aeronave, pagando o valor de uma passagem.

      Viajei com uma cadelinha dentro do tal box e na fileira da frente. Sabe quem menos aborreceu na viagem? O animalzinho. Quietinho estava, silencioso ficou! Já a família tutora... eles sim deviam estar em boxes.

      Excluir
  2. Ela é igualzinha à minha Sara!!! Meu Deus, as pessoas têm de encontrar outros meios de transporte pros seus bichos. Essas merdas de companhias de aviação e os aeroportos, também, não têm o menor cuidado. Vamos fazer um abaixo assinado pros ministérios públicos envolvidos nessas cidades e EXIGIR que uma atitude definitiva seja tomada!!! Que as pessoas entrem com ações contra essas companhias e contra o aeroporto também!!! Essas porcarias de empregados dos aeroportos são os que colocam e tiram as bagagens. Eu já estou tendo a certeza de que fazem de PROPÓSITO, já que dá bastante mídia. Certamente, ficam dando risada. Que nojo!!! Que processem TODO MUNDO meeeeeesmo!!! O PRINCIPAL: O QUE ACONTECEU COM ESSA GENTALHA NOS OUTROS CASOS DE FUGA DE ANIMAIS??? Com certeza, não aconteceu nada, por isso, eles continuam fazendo. Gente, temos todos de fazer pressão na polícia, no Ministério Público Estadual e Federal, no Judiciário, pra que esses processos andem e os pobrezinhos dos animais encontrem JUSTIÇA pelo que lhes aconteceu. Não posso aceitar que isso continue acontecendo. Ou então juntem uma galera e vão lá dar uma tunda em cada um desses relaxados sem vergonha na cara. Não consigo me conformar. Será que ninguém vê o que está se passando? São criaturas do mal que não gostam de animais e se acham no direito de fazer isso com eles!!! É puro deboche!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, próxima dia 26 viajo com meu cão billy pela TAM, ia de GOL mas pelas histórias contadas troquei de cia, tomara que nada aconteça com meu cão, pois ele vai etiquetado por mim com frases em cima e dos lados do kenel chamando a atenção desses funcionários irresponsáveis, inclusive com telefones de contato.Também acho que deveria na própria cabine do avião haver um compartimento para nossos bichinhos com passagens mais caras contando que eles sejam entregues sã e salvos em nossas mãos!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
  3. Que horror, que dor... Provoca ódio aos irresponsáveis!
    Elisa

    ResponderExcluir
  4. Gente, eu não entendo. Só viajei com animal de avião uma única vez. Eu só tinha uma gatinha, na época, e fiquei um ano na Alemanha. Ela viajou na cabine conosco. Agora, tenho sete animais e mudei de Minas pra São Paulo, optando por trazê-los de carro. Nem cogitei avião por pavor. Sei que as vezes as caixas de transporte dão problemas. Eu não sei qual é o procedimento para embarcá-los longe dos donos. Porém, na minha cabeça deveriam ter cuidados específicos para esse transporte, até mesmo contando com a possibilidade de um problema com a caixa.Além do mais, ficar enrolando a pessoa que espera pelo animal?! Foi pro mato? Não tem como procurar? Quantos protetores não se embrenham mato adentro pra salvar um bicho?! E os "profissionais" de transporte não sabem lidar com situações inusitadas? Ah! Fala sério!!

    ResponderExcluir
  5. Cristina Calixto14/09/2012 13:00

    Sheila, os nº dos celulares são do Rj ou de Manaus?

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus!!!
    Com os tristes episódios envolvendo A Gol só nos restava a TAM.
    E AGORA????????????????

    ResponderExcluir
  7. Leonor Ribas14/09/2012 15:37

    Já passou da hora de um boicote às estas empresas que não tem competência.
    Quem confiaria uma criança para viajar em uma empresa que perde um gato ou um cachorro? Uma vez minha avó idosa que viajava sob cuidados foi largada sozinha no desembarque do aeroporto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonor, boicotar seria otimo, mas nao é viável, as pessoas tem que viajar com seus animais, e no final se submetem a estes serviços ruim, precisamos realizar uma ação junto ao orgão regulamentador a Anac pra que estabeleçam novas regras, fiscalizem, e nos deem suporte nos casos de reclamações...

      Excluir
  8. Deus que me proteja de levar meu bichinho pra viajar nessas companhias.
    Prefiro ficar em casa.

    ResponderExcluir
  9. BANDO DE DESPREPARADOS, IRRESPONSÁVEIS!!!

    CRIMINOSOS MESMO!!!!!!!!!!

    ATÉ QUANDO VAMOS VER OCORRENCIAS ASSIM????????

    ResponderExcluir
  10. Que absurdo. Quando dá certo temos que dizer que tivemos sorte??? Estes casos NUNCA deveriam acontecer. Quando meu filho se mudou para Brasilia ele levou seu cachorro e quando voltou, idem e foram 2 viagens de avião e agora não me lembro qual foi a Cia.aérea. Este ano a minha sobrinha se mudou do Pará para Minas e trouxe suas 2 cachorrinhas que felizmente chegaram bem. Não consigo aceitar que uma companhia aérea tenha um tratamento tão absurdo. Isso é um deboche, pouco caso, não admito um tamanho absurdo. Estas companhias aéreas tinham que sofrer as devidas punições.
    Tem viagens que podemos fazer de carro, mas quando a distância é muito grande, temos que ir de avião e como confiar???

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente ocorreu esta situação com o cachorro da cliente, porém, posso afirmar que todas as pessoas que trabalham no aceite de cargas de animais vivos é muito bem treinada. Todos os funcionários são solidários ao proprietário do cão, e em hipótese alguma, algum funcionário gostaria que esta situação acontecesse. O rapaz que aceitou o cão para embarque está muito abalado, por isso, vamos ter um pouco de respeito pelas pessoas envolvidas no caso, afinal errar é humano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errar eh humano???Vai dizer isso para a tutora e para a Cleo desaparecida. INCOMPETENTES!!
      Esse pessoal deve ser treinado por incompetentes como eles.
      Carga viva é a sua mae. Caso vc nao saiba caes sao sim parte da familia de muita gente e mereciam mais respeito por incompetentes como voces. Transporto animais ha anos em um projeto de salvamento de caes e gatos abandonados por pessoas que acham que animal eh "carga viva", NUNCA tive problemas, NUNCA recebi um Box vazio. Me explica como isso aconteceu sem a mais pura incompetencia, negligencia e falta de profissionalismo?? Burrice?????????????? Espero que o idiota que nao fez o trabalho (pelo qual ele ganha) direito fique abalado por muito tempo, o que eu tenho duvidas.
      Desculpe Sheila, surtei! Eh raro mas lendo isso surtei! Esse eh o meu principal trabalho na protecao e fico imaginando ter que depender de imbecies como esses, acho que ja tinha pirado de vez. Salvar pobres criaturas ja sofridas, cura-los, arrumar donos, ir la buscar, transportar, esperar os novos donos no aeroporto e ja imaginou me deparar com um box vazio??
      Dora

      Excluir
    2. Infelizmente é complicado, pois apenas tentei expor a minha solidariedade a dona do animal e do funcionário envolvido no caso, e vc me interpretou totalmente errado. Se vc diz que trabalha no salvamento de cães e gatos abandonados, deveria ter noção de tudo que envolve o transporte de um animal vivo. Na hora do aceite do embarque, o funcionário avaliou que o box para transporte era seguro, porém, cada animal reage de determinada maneira ao extresse de um embarque aéreo. O animal foi acondicionado na aeronave(seguindo todas as normas de segurança), e todos esperávamos que ele desembarcasse da mesma maneira, porém, ocorreu este triste desfecho. Mais uma vez reitero solidariedade a dona do animal, e espero que possam encontrar o animal o mais rápido possível.

      Excluir
    3. errar é humano, concordo, mas deixar um animal sair sozinho no desembarque de cargas é muito!prá começar não deveriam nem serem transportados como carga, esses bichinhos de 4 patas nos dão muita alegria e o respeito por eles deveria ser maior do que por humanos(eles não sabem se defender)e os humanos na maioria deles são pessoas desprezíveis; tenho um SRD e não o troco por nenhum humano e ai de quem lhe fizer mal!tem que abrir processos contra as empresas aéreas irresponsáveis e tb contra a Infraero que é responsável pelo aeroporto e darmos um basta para que se mude o transporte dos bichinhos e eles possam vijar decentemente com seus donos, pois eles nos amam e muito e, prá terminar se esses funcionários fossem treinados nenhum animal ficaria sem seus donos!

      Excluir
    4. anônimo por que vc está defendendo tanto os funcionários irresponsáveis? por acaso és um deles?

      Excluir
    5. ConcoRdo que animais reagem de maneiras diferentes... E que podem se soltar... Minha cachorra faz coisas que se duvida, mas o certo seria ter ante cameras nos compartimentos que seria especifico de animais, para que eventualmente se soltassem ainda assim estariam seguros... E nao que saissem correndo pelo patio... É falha da empresa sim... Erraram no aceite do transporte, erraram na estrutura do compartimento que nao possuem dupla cabine, erraram no momento do desembarque, erraram na forma de busca pelo animal, erraram na forma de abordar o assunto com o cliente, e parecem que continuam errando com o suporte pela busca... São muitos erros e não uma falha pontual... É sistemico e demonstra incacipadade para resolver o assunto. A situação ñ foi de falha de um funcionário, foram sucessões de erros em conjunto, demonstrando total falta de competência das companhias aéreas, seja Tam, Gol, ou outras que mesmo que ainda não tiveram problemas adotam os mesmos procedimentos de cuidados dos animais simplórios exigidos pela Anac como de carga viva... Deveriam adotar cuidados acima do exigidos pela Anac para que estes episódios nao ocorram mais, vocês contam muito com a sorte... Isto serve para quem nao usa o raciocinio, e nao deveria ser procedimento de seres ou empresas pensantes como a Tam.

      Excluir
  12. Paulo M. Frota15/09/2012 17:59

    não acredito que os funcionários ou a companhia aerea estejam de verdade preocupados com um cão sumido, afinal é apenas um cachorro........

    não me venha com essa que errar é humano..... affe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tô com voce, se fossesm treinados os animais chegariam bem pros braços de seus donos!

      Excluir
  13. Paulo M. Frota15/09/2012 19:04

    ... ainda,
    se fossem realmente preocupados com animais, teriam logo avisado o dono que ela havia fugido, se ele (o dono) fosse onde a estavam procurando, e a cachorra o visse ela correria pra ele!

    agora um monte de desconhecidos correndo atrás dela é claro que ele ia fugir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concodo com vc plenamente, são pessoas que não tão nem ai com nossos bichinhos, cambada de irresponsáveis, frustrados e infelizes e ainda tem gente que defende esses miseráveis!

      Excluir
  14. Olha tenho cá minhas dúvidas... Que o cão escape ou o gato é muito provavel... Mas, até quando vão transportar animais como bagagem... Não são bagagens... Não confio no controle de temperatura do compartimento de bagagem, não confio na pressurização.... Acho que se o animal morre aos cuidados da empresa eles dao algum tipo de desculpa assim... Tudo é minitorado por cameras nos aeroportos. Mostrem o filme da veracidade deles.... Sim eles tem que provar que são inocentes pois nos casos de direito de consumidor existe a inversão do onus da prova.... E a ANAC por que não atua da forma correta, por que não altera leis e obriga um compartimento de animais monitorado por uma pessoa que fique junto, percebendo as condições da cabine para que assegure o controle adequado, quanto barulho... Frio... Pressão, oxigenação, afinal bicho ainda não fala......

    ResponderExcluir
  15. Cléo... Não sei se você irá ler o meu post... Mas se ler... Gostaria que sentisse no fundo de sua alma a energia de sua cadelinha... Para sentir uma comunicação com ela, a vibração, ver se ela está bem. Nunca desista dela, pois ela jamais desistiria de você, este amor é muito lindo, eu uma vez perdi minha cadelinha Zoli, não no voo, outros motivos, demorou, minhas chances era pequena, mas eu a encontrei... Você tambem poderá encontra-lá, tenha esperança, fé, e use todos os recursos que puder... A midia pode te ajudar... Embora deva estar com muita raiva da Tam, tente amigavelmente obter a ajuda deles, pois pelo sim ou pelo não, agora vocês tem alguma coisa em comum que é reencontar sua cadelinha... Depois claro, entre com processo... Mas use tudo que puder para resgatá-la todos estamos vibrando por você... Abraço apertado Claudia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cléo, concordo plenamente com a Claudia, força e não desista da Carmina nuncaaaaaa

      Excluir
  16. Cléo concordo plenamente com a Cláudia, força e não desista da Carmina
    nunca !!!!

    ResponderExcluir
  17. Avião não é local para animal doméstico. Um ambiente fechado e pressurizado faz um mal tremendo danado para estes animais que são muito mais sensíveis que um ser humano.
    Vi alguns comentários dizendo que os animais deveriam poder ir junto ao dono. Isso seria uma completa falta de respeito com os outros passageiros. Ja parou para pensar que é muito comum alergia à cachorros e gato. Pois é.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪