12/06/2012

Juba está chegando!! eba!!! Vejam a situação do zoo e centro de triagem de Fortaleza - CE

.
 Que todas as energias positivas atuem no sucesso deste transporte... 
o garotão aí  é um "senhor" e penou muito, o coitado!!!!


Retirado do site:
_______
Está programada para dia 15/6 a chegada do Leão Juba à Associação Mata Ciliar.
Juba sofreu anos de descaso e maus tratos em zoológicos que viveu.
Agora, graças ao esforço de muitos doadores, a Mata Ciliar recebe Juba para, finalmente, usufruir de uma vida digna e respeitosa! SEJA MUITO BEMVINDO JUBA!!!
Célia Frattini - voluntária

Fonte: Associação Mata Ciliar
________________

Agora vejam esta matéria bem demonstrando em que condições que nosso bichão está. Ah, é claro que sou contra Zoológico, mas, neles podemos abrigar animais vitimados por tragédias, né? Pelo menos deveriam ter esta finalidade. Nem acho errado a exposição destes animais já que vão precisar de grana para sobreviverem. Enfim....

"Zoológico de Fortaleza não tem estrutura para receber animais de médio e grande porte"


 CETV - Rede Globo - 09/06/12

.

6 comentários:

  1. Não acho que nada, nada justifique zoológicos.Não há 1, uma cláusula sequer na Pedagogia moderna ou nos preceitos da Educação Ambiental que assegure que essa "prática" seja cultural ou educativa. Muito pelo contrário...

    Reforçam e cristalizam à sociedade que animais são seres que devem/podem viver em regime de clausura-voyeurismo, servir de exibição ou de uso.

    Quando se trancafiam em grades animais para exibir espécies de fauna, e aqui segue minha singela opinião, criam-se barreiras para que se extinguam práticas vivisseccionistas, rodeios, circos com animais, carroças e por aí vai, já que, repito, fazem com a sociedade interprete que animais servem para servir!

    Receberem animais adoentados, vitimados e acidentados pelo tráfico ou pelo crescimento urbano seria um destino exemplar aos zoológicos, mas que - se visitação ocorresse (não tivesse como suprir, gerir isso sem auxílio outro) - essa tivesse todo um arcabouço pautado na Educação Ambiental, exclusivamente; e que essas visitas fossem puramente informativas sobre tráfico de animais, crimes e legislação ambientais, maus-tratos etc.

    Que ali os visitantes saíssem com práticas educativas e não enciclopedistas e didatistas.

    Zoológicos, no molde como há, não se presta a nada edificante, pedagógico, educativo ou muito menos ambiental.

    Peço desculpas a todos aqui pelo minha lauda entusiasta, mas esse assunto foi tema de minhas teses nas Pós-Graduações.

    ResponderExcluir
  2. sheila moura12/06/2012 12:48

    Paulinha, tô assinando embaixo...

    O que coloquei e vc. concordou, é que, abrir a visitação para verem estes animais recuperados e tratados, seria muito bom.

    As instalações estão lá e não devem ser detonadas sem outras que as substituam.

    Veja aqui no Rio: Zoológico, ferrado... Zoonit de Niterói, fechado... Centro de Triagem Ibama interditado por obras.... E aí, menina? só mesmo dando um: viva a farra dos traficantes!!!!!

    Há um preço a ser pago pela alimentação, higiene, e tudo mais dos animais. Vc. sabe como funciona tudo aqui neste nosso BraZil ôô, né?

    Por isso sou a favor da continuação da estrutura, mas, com outros objetivos, entende?
    bjs e fique sempre "entusiasmada".... adoooorrrrooooo.... kakakaka

    ResponderExcluir
  3. Eu ouvi direito? são 100m2 que a lei exige? Isso é alguma piada de mau gosto? Como se Zoológico por não fosse horrível pelo que representa e ainda com estas ínfimas exigências de metragem.. E o leão precisou aguardar cinco anos para ter um lugar digno e para conseguir "doações" de ONGs e do IBAMA para conseguir uma passagem de avião para ir para São Paulo?????????? E enquanto isso os políticos e seus assessores de P* nenhuma viajam de lá pra cá de avião, com as custas pagas pelos cofres públicos???????????É o fim do mundo! Eu morro de vergonha de ser Brasileira... Faço igual ao Cazuza-cuspo na bandeira do Brasil

    ResponderExcluir
  4. Patricia Österreicher12/06/2012 13:29

    Redirecionar as instalações fazendo dos zoos locais para acolher, tratar, reabilitar e redirecionar animais resgatados. Um centro, misto de atendimento de primeiros socorros e lar temporário, com estrutura de apoio para encaminhar os animais liberados para adoção ou soltura no ambiente.
    Que tal? Não seria um sonho?
    Se alguém souber como viabilizar isso, pode contar com minha colaboração e força de trabalho!

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Sheila... Sei que viver somente de doações e de reembolso por parte do Governo é difícil, quiçá, impossível, e os animais acabariam por passar privações. De verdade. Sou ciente disso.
    Essas Fundações precisam ter uma auto-gestão que supra o básico, pelo menos, e visitação em moldes ambientais seria um recurso estratégico muito válido à recuperação desses animais.

    E assino embaixo as tuas tecladas: a estrutura física e humana já esta presente e seria uma maneira de tornar tal espaço mais digno e condizente ao século 21, diga-se de passagem. Voyeurismo não, mas Educação Ambiental sim! Custa nada tornar esse espaço em algo que catapulte.

    E que essa visitação tivesse cunho, direção, norteamento único para a Educação Ambiental e não para uma informação didatista-enciclopedista-voyeurista, que não leva a sociedade a compreender patavinas sobre as questões básicas e primordiais aos animais, como valores, ética, práticas saudáveis em relação aos animais, Leis ambientais, ações conservacionistas e protecionistas etc.
    Me digam que zoológico faz isso?

    Sheila, se me deixar eu fico aqui teclando sobre essa questão de zoológico e voces vão me achar uma chatilda de galocha ahahahahah. bjs

    ResponderExcluir
  6. rosa villanueva12/06/2012 15:25

    Concordo com a maioria, dar aos zoológicos nova conotação, comoe spaço de recuperação e sobrevivência para animais silvestres e exóticos retirados de maus tratos.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪