12/06/2012

Alguém sabe o que aconteceu com Partido Pelos Animais - Brasil?

.
Volta e meia, leitores nos perguntam sobre o assunto. Ontem, ao receber um e-mail da querida leitora de Guarulhos, a Conceição, resolvi a perguntar:

Alguém sabe o que aconteceu com o Partido Pelos Animais - Brasil, que estava sendo comandado pelo Ralf Naure? inclusive houve doações em dinheiro e, pelo que me lembro, não fui informada de nada. Mas, vocês sabem, né? o tal "alemão" tem acordado todo dia debaixo do meu cobertor... kakaka...

* não autorizado o uso desta imagem sem consentimento
  
Se quiser ficar a par do assunto, vejam nossas postagens a respeito desde dez/2009:

.

13 comentários:

  1. Sheila o e-mail do falabicho@falabicho.org.br continua cheio, as mensagens voltam

    ResponderExcluir
  2. sheila moura12/06/2012 13:24

    Urso
    não estou tendo reclamações a respeito... tá entrando normal meus e-mails.... será que está digitando errado? veja se há algum espaço... sei lá... dá uma conferida, tá?
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Nunca mais soube de nada. Apesar de que não acredito num partido político, aliás, em nenhum deles. Política com animais não dá certo. Outra coisa: um dia desses escutei na Voz do Brasil (por incrível que pareça, ouço essa porcaria todos os dias)que uma turma de deputados do congresso estava falando sobre um projeto de esterilização de cães e gatos. Como prestei atenção só da metade em diante, não peguei o trem desde o começo. Só pode ser aquele do Afonso Camargo, de 2005. Temos de ver como isso anda. Não há saída a não ser começar a pressão com uma lei federal. Desse ponto, a gente pode ir adiante, de estado em estado, de cidade em cidade. Eu queria ter pegado a notícia desde o início.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sheila!

    A idéia não pegou, não somos unidos o suficiente.
    Podemos ficar colhendo assinaturas no farol para a crueldade nunca mais, mas não conseguimos criar um partido pelos animais.
    Afinal, quem se importa de fato com os animais??????????????

    ResponderExcluir
  5. Triste saber que não deu certo ou teve uma vida tão curtinha.

    ResponderExcluir
  6. Andréa Neves12/06/2012 13:46

    POIS É SHEILOCA, EU CONTINUO ENVIANDO E-MAILS PARA O GRUPO, TEM MUITA GENTE BOA LÁ, TAMBÉM DOEI DINHEIRO E NUNCA SOUBE O QUE FOI FEITO, É UMA PENA... ESPERO QUE AS PESSOAS QUE AINDA RECEBEM OS APELOS, PELO MENOS DIVULGUEM, NÉ? VOU ENVIAR O SEU RECIBO HOJE POR E-MAIL, OK? BJKAS AMIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

    ResponderExcluir
  7. Heloisa Arruda12/06/2012 17:17

    Tambem contribui, o que achei muito justo pois é preciso um mínimo de estrutura... Infelizmente não fomos além da tentativa de um manifesto... Faltou objetividade nas propostas e liderança para levar o projeto adiante... Brasileiro só gosta de festa ou como diz a Claudia colher assinaturas no sinal... pesquisar, analisar, estudar o tema, discutir sem emocionalizar, isso ninguém quer!!

    ResponderExcluir
  8. Marcio Polo12/06/2012 18:13

    Olá pessoal.
    Também participei do início e da primeira reunião...mas tudo "esfriou"...
    Também ajudei com doações. Mas, penso que o importante disso tudo é que ficaram pessoas na lista comprometidas com a causa, e que estão fazendo o que podem.
    Devemos continuar nossa luta, não solitária, em defesa de nossos amados.
    GRANDE abraço a todos!

    ResponderExcluir
  9. Conceição12/06/2012 18:46

    Pois é, ninguém falou mais nada.
    Queria tirar uma duvida e peço a quem tenha participado da reunião agendada pelo Sr.Ralf Naure aqui em São Paulo e tenha guardado a foto do grupo na Pizzaria, por favor enviar a Sheila para que ela publique.


    Bjsss
    Conceição

    ResponderExcluir
  10. O endereço www.ppabrasil.ning.com, do blog do partido não abre mais a página. Eu estava acompanhando, mas de repente parece que todo o movimento acabou, mas não houve uma explicação para quem estava acompanhando as notícias...

    ResponderExcluir
  11. Gente, não precisamos de mais um partido político, ainda mais sabendo que ou teríamos de fazer coligações, ou lançar candidato próprio (precisa de um número muito grande de participantes), o que não seria a nossa intenção, acredito. Como há protetores de todos os partidos, ou de nenhum partido, como eu, pra agirmos UNIDOS em todo o país não precisamos de partido político nenhum. O que precisamos é centrar forças em campanhas específicas, que beneficiem os animais, além daquele trabalho de todo dia, recolhimento, tratamento e doação de animais. O que tenho contra o nosso trabalho é isso, a preocupação apenas em atender os animais, esquecendo a parte mais importante: a PRESSÃO nos vários tipos de governos e autoridades, além das polícias, é claro. Enquanto estivermos fazendo o trabalho pesado pra eles, tá tudo bem, eles não têm preocupação nenhuma. Então, temos de tirar essas "autoridades" das suas zonas de conforto e partir pra cima, quando entrarmos numa campanha, vamos TODOS juntos, nem que seja só mandando e-mails. Como estamos em todo o país, mesmo que de forma desorganizada, não temos condições de nos reunirmos e ir pessoalmente aos lugares. Mas podemos usar de forma efetiva as novas mídias. A situação atual dos animais tem CULPADOS, sim. E temos de apontá-los e partir pra cima deles!!! E isso eu não vejo sendo feito. Às vezes, dependendo da campanha, se consegue alguns adeptos a mais. Mas nada além disso. E é muito pouco. Afinal, temos força ou não? Temos gente ou não? Trabalhar não é somente recolher animais, com todos os gastos e incomodações e sofrimento que traz, mas o nosso MOVIMENTO é que tem de ser político, não necessariamente um partido político. Mas várias vezes j´[a escrevi sobre isso e nada mudou, por isso, às vezes me dá vontade de desistir de tudo, porque as pessoas são incapazes de se organizar, cada um pensa que pode ir sozinho, mas não pode. "Dividir para governar." É o que acontece: estamos divididos e por isso não conseguimos nada. E a gentalha sabe disso e se aproveita. Os governos, em geral, dão graças a Deus que existimos e largam tudo nas nossas costas. Pra eles tá muito bom. Se resolvêssemos nos organizar, nós é que largaríamos tudo nas costas DELES. E não me venham mais com partido político, porque não tem necessidade, desde que queiramos realmente fazer alguma coisa por TODOS OS ANIMAIS, não somente àqueles que recolhemos às nossas casas. Várias vezes escrevi: cadê aquele projeto do Afonso Camargo, de 2005, que obriga as prefeituras a fazerem as castrações e controle de animais??? Ninguém, até hoje, me respondeu. Até parece que eu falo pro vento. E a consequência é que estamos sempre na mesma, quando não pioramos!!! Estou cansada, vejo várias coisas importantes que poderíamos fazer, mas nos perdemos nos detalhes, enquanto o "bolo" principal abatuma. Tenho gana de agarrar pelo pescoço esses desgraçados dos políticos, todos eles, principalmente essas porcarias de prefeitos e vereadores. Mas cada um só se preocupa com o próprio umbigo. Assim não vamos a parte nenhuma e, aos poucos, vamos caindo fora, porque ninguém aguenta a nossa "vida" por muitos anos, vendo que damos soco em ponta de faca. Pensem nisso e vejam se não há necessidade de acompanhamento de leis que estão engavetadas, esperando que a gente faça com que tirem-nas das gavetas. Só boa vontade desses políticos não dá. Eles têm de nos ajudar à força, se preciso for!!!

    ResponderExcluir
  12. Terezinha winter,que comentário lúcido,me permite pegar emprestado? É exatamente assim que me sinto, desanimada de tanto dar 'murro em ponta de faca'.. Pra quem coloca a mão na massa de verdade taí a verdade-ninguém aguenta essa vida mesmo por muito tempo, porque tem que resgatar bicho na rua, esterilizar, ser guardião e fazer campanha para arrumar um (bom) adotante e tudo isso, sem ter dinheiro.. Enquanto isso, nossos políticos fazm uma lei aqui e outra alí, muito mediocre, pegam seus salários poupudos e continuam em sua'zona de comforto'proporcionada por nós, que fazemos o trabalho sujo para eles... Pois é... E aí? Espero que venha um iluminado que consiga organizar esta bagunça.. fuuuuuiiii

    ResponderExcluir
  13. Aí, vixe, cheio de erro gramatical, nem peercebi

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪