27/04/2012

A Farra do Boi, por um Senador da República do Brasil... fala sério!!!!

.

Farra do boi, por Casildo Maldaner*

Expectativa séria. Com esta definição, um grupo de soldados mergulhou, semanas atrás, na delicada tarefa de negociar o desmonte da polêmica farra do boi que se realizava em meio ao bulício geral na Praia do Santinho, Norte da Ilha, na última Sexta-Feira Santa. Tecnicamente, a ideia era bastante simples: como não é uma prática legal, bastaria a chegada dos soldados para fazer cessar a farra, certo? Errado!

O que se viu foi uma chiadeira geral. Dezenas de populares achincalhavam os homens de farda, que, constrangidos, se agitavam na tentativa de enlaçar o encurralado animal. Pode-se imaginar os sentimentos dos quais um pai, descendente de açorianos, é tomado quando se dá conta de que, com a arma na mão, seu rebento é um “estraga festa”. E lá estavam famílias inteiras, das quais vários daqueles homens da lei eram filhos, chamados para impedir a “comemoração”.

Os tempos são outros. Os campos deram lugar às cidades. O espaço urbano ficou reduzido e a farra do boi, que desde 1997 é considerada ilegal, se transformou numa discussão de dois polos. De um lado, os “farristas”, e, de outro, os “defensores dos direitos dos animais”. E o futuro?

As cenas na Praia do Santinho, transformada em “praça de guerra”, sem “feridos” ou “vitoriosos” – com o barulho ensurdecedor do helicóptero sobre os manifestantes, e o boi, ao final, capturado e transportado numa espécie de “papamóvel” – levam à conclusão de que o sucesso de qualquer iniciativa nesse assunto se baseia no diálogo.

*Senador (PMDB-SC)

Fonte: Diário Catarinense

.

8 comentários:

  1. O que esperar deste senador??? Melhor mesmo seria nunca mais eleger um cara com pensamento tão tacanho, mas...esta tal farra do boi angaria muitos votos nas épocas de eleições nestas comunidades "super evoluídas" que praticam a farra. Não sei porque estas comunidades não praticam a farra com seus filhos, pais, avós...Como eles dizem que não machuca...

    ResponderExcluir
  2. A ignorância do nosso povo me entristece... Falta tudo: educação escolar, cultura, boas maneiras, moral, INTELIGÊNCIA... Acho que muita gente aqui pode estar se sentindo como eu: um E.T. Farra do boi, músicas vulgares, maus tratos de animais e pessoas... O que estou fazendo aqui? Reclamo sobre tudo nos órgãos competentes, e na maioria das vezes, não sou atendida (tudo mesmo)... A Sheila deve passar muito por isso também... Sabe, tento não desanimar, mas é tão difícil... Só tenho 37 anos, acho que nasci protestando!

    ResponderExcluir
  3. Digamos que esses pais tem muito a aprender com os seus filhos.
    Jean

    ResponderExcluir
  4. Nossa...

    Falou, falou, falou e não disse nada. Nem usou frases bonitas e/ou palavras de efeito... nada.

    Ler esse texto e não ler nada para mim é a mesma coisa.

    E é esse tipo de intelecto que governa nosso país... estamos perdidos.

    ResponderExcluir
  5. De fato, ele não disse muito. Nem podemos criticá-lo pois não se coloca nem contra nem a favor. Apenas constata que os tempos são outros e que filhos de antigos farristas hoje estão dentro da lei. E que seria melhor o diálogo. Enfim, talvez concorde que a farra acabe. Não se sabe ao certo o que ele pensa.

    ResponderExcluir
  6. EDNA R. COSTA28/04/2012 22:55

    PODÍAMOS FAZER A "FARRA DO SENADOR", QUE TAL???? COLOCAR ESTE ESCROTO DE MERDA, E A TODA SUA CORJA, PRA SEREM TORTURADOS, HUMILHADOS, ESFACELADOS, DENTRO DE UMA JAULA COM LEÕES, ISSO IA SER PARA MIM A GLÓRIA, AÍ SIM IA SER MUITO, MUITO, MAIS MUITO ENGRAÇADO MESMO, SERIA COMO UM GATO BRINCANDO COM UMA BARATA, JÁ VIRAM??? E DEPOIS SEREM JOGADOS FORA COMO LIXO QUE SÃO!!!PGESADA DO INFERNO ESTES AÇORIANOS, MANDA DE VOLTA NUM SACO OU ENTÃO JOGA NO PINICO E DA DESCARGA!!!

    ResponderExcluir
  7. cecilia pereira de borba29/04/2012 15:21

    por favor, divulguem o nome dessa espécie, que deveria dar exemplo ao povo e caga no estado. nojento

    ResponderExcluir
  8. cecilia pereira de borba29/04/2012 15:24

    divulguem essa noticia nas redes sociais. eu já fiz minha parte

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪