16/04/2012

Divisão de Agricultura do Itamaraty se pronuncia sobre a venda de jegues para a China

.
Nosso leitor Deiner Barbosa nos encaminhou a resposta das "autoridades" sobre a venda dos jegues para a China.
__________________________
De: Divisão de Agricultura e Produtos de Base - Itamaraty
Data: 13 de abril de 2012 17:50
Assunto: Exportação de jumentos
Para: Deiner Barbosa


Prezado,  
Muito obrigado pela sua mensagem. Cumpre esclarecer que o Protocolo para a exportação de carne e pele comestível de asininos foi assinado em 13 de fevereiro de 2012, entre a Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena da China e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, no âmbito da II Comissão Sino-brasileira de Concertação e Cooperação.
O tema foi introduzido pela China e o Brasil indicou que, a princípio, não teria interesse em aprofundar as discussões, pois não há empresa fornecedora de carne e pele comestível de asininos no Brasil. No entanto, diante da insistência da delegação chinesa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento concordou, por cortesia, em assinar o instrumento.
Com relação ao Acordo, não há previsão de que os asnos sejam transportados vivos para a China. Em tese, os animais seriam abatidos no Brasil, que exportaria o produto processado. Esta Divisão reitera, no entanto, que não há produção de carne e pele comestível de asno no Brasil. Para maiores informações, sugere-se seja consultada a Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Atenciosamente,
Divisão de Agricultura e Produtos de Base
Ministério das Relações Exteriores
.

15 comentários:

  1. "diante da insistência da delegação chinesa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento concordou, por cortesia, em assinar o instrumento."

    Como são simplistas... Então basta que se insista e tudo mais fica acertado positivamente? Os acordos não levam em conta outros fatores de maior impacto, e sim, o de insistência/cortesia?

    Deveríamos, portanto, sermos mais insistentes nas urnas, nas cassações, nas medidas exemplares. Basta que os brasileiros insistam que o País vai pra frente, por cortesia, de vez.

    ResponderExcluir
  2. Assinaram um tratado (contrato) por cortesia? Que que é isso minha gente... Cada dia creio menos em nosso governo, e quem vai acabar sofrendo são os pobres animais.

    ResponderExcluir
  3. Pronto, começou o "jogo de empurra"...

    ResponderExcluir
  4. Cortesia?? o nome disso pra mim é falta de ética ,conivência com esse país imundo, que eu odeiooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  5. Cortesia?????!!!!!!!só aqui mesmo.Isso me dá nojo,nauseas,bando de safados.

    ResponderExcluir
  6. Oh! Deus. Nos proteja de tanta insensibilidade. Que nojo.

    ResponderExcluir
  7. Eu sabia que esses desgraçados só pensam em $$$$$$$$$$$$$$$$.

    ResponderExcluir
  8. Realmente o Brasil é um país de bosta, exportar carne de jegues para estes imundos e lazarentos chineses, um país onde a brutalidade impera em todos os sentidos, mobilização já contra este ato de crueldade contra os animais.

    ResponderExcluir
  9. Realmente o Brasil é um país de bosta, exportar carne de jegues para estes imundos e lazarentos chineses, um país onde a brutalidade impera em todos os sentidos, mobilização já contra este ato de crueldade contra os animais.

    ResponderExcluir
  10. Realmente o Brasil é um país de bosta, exportar carne de jegues para estes imundos e lazarentos chineses, um país onde a brutalidade impera em todos os sentidos, mobilização já contra este ato de crueldade contra os animais.

    ResponderExcluir
  11. Por cortesia, o Brasil poderia começar a mandar os nossos políticos para a China, vivos ou mortos, conforme preferência chinesa. Que cambada!!!!

    ResponderExcluir
  12. EDNA RODRIGUES COSTA17/04/2012 21:51

    QUER DIZER ENTÃO SE OUTROS PAÍSES INSISTIREM PARA QUE COMAMOS MERDA, TEREMOS QUE COMER POR CORTEZIA???, MANDA ESSES CRETINOS DA AGRICULTURA E PECUÁRIA, FAZEREM CORTEZA COM A FAMÍLIA DELES, FORNECIMENTO DE CARNE, PELE E DIVERSÃO QUE TAL???
    OS POBREZINHOS JÁ SOFRERAM TANTO, AGORA ESTA, NADA DISSO, NUNCA, NÃO PODEMOS PERMITIR, SE PRECISO VAMOS ATÉ BRASILIA, SE PRECISAR ESTOU DENTRO, CONTE COMIGO.

    ResponderExcluir
  13. "Por insistência", vamos reverter e anular este "acordo". Queremos que o governo brasileiro acate o nosso desejo de preservação e proteção do jegue nordestino e, por "cortesia" com o eleitorado brasileiro, faça o que é certo. Não vamos desistir...

    ResponderExcluir
  14. Paula Regina, concordo com vc. Por "insistência", vamos reverter e anular este "acordo". Queremos que o governo acate o nosso desejo de proteção ao jegue nordestino e, por "cortesia" com o eleitorado brasileiro, faça o que é certo. Não vamos desistir... NÃO a este acordo imoral e antiético com a China!!!!

    ResponderExcluir
  15. Participo da insistência em anular o "acordo tão gentilmente assinado" e para que, "a cortesia", seja feita a nosso pedido: nada de "mal feitos" nos nossos acordos - que JUSTIÇA se faça.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪