09/04/2012

China - Mark Zuckerberg - Proteção animal - cães proibidos - facebook... tudo a ver!!!!

.
A Revista Fortune, em maio/2011, entrevistou o Mark Zuckerberg sobre o seu  "desafio do ano"  que se baseava em comer, apenas, os animais que matava. Vejam duas matérias a respeito:

1 - http://postcards.blogs.fortune.cnn.com/2011/05/26/mark-zuckerbergs-new-challenge-eating-only-what-he-kills/

2 - http://postcards.blogs.fortune.cnn.com/2011/05/27/mark-zuckerbergs-facebook-comment-on-eating-only-what-he-kills/  - nesta ele diz que tinha acabado de matar um porco e uma vaca

    Pois bem, Marck esteve na China em 2010 (seu desafio dquele ano foi aprender a falar chinês) e voltou agora em março de 2012, fato que causou rumores. O facebook, Google, youtube e o twitter são bloqueados na China porque, segundo o governo do país, os internautas fizeram manifestações anti-governamentais na região de Xinjiang, no oeste da China, através das redes sociais. Leiam em:

    Agora queria que fizessem uma avaliação destas questões:

    1 - na Provincia de Harbin, China, foi proclamada uma lei proibindo cães de grande porte. Os criadores e donos de animais terão que se livrar dos cães até final de outubro ou, então, pagarão uma altíssima taxa e os animais serão apreendidos. Não é na China toda. É só nesta província. Olha aí a matéria: http://www.occupyforanimals.org/china-a-new-policy-proclaimed-in-harbin-province-prohibits-large-dogs.html (tem todas as raças proibidas e um vídeo. Coloque no tradutor do Google que eles fazem a tradução em um texto).  Tem uma petição contra tal decisão: http://www.change.org/petitions/cancel-the-height-restrictions-on-dogs-in-harbin-china

    O que penso: a forma de ser feito me parece drástica demais, mas, eu concordo que cães de porte grande são problemas na atual situação mundial e deveriam ser proibidos de procriar mesmo, aliás, todos os tamanhos. Mas, visualizem os abrigos que conhecemos e o que temos por lá?  animais de porte médio para grande e grandes... concordam? quando temos um pequeno, rapidamente, consegue-se adoção. Então, concluímos que o problema é generalizado em todos os países. Se formos conscientes, não individualistas e pensarmos no futuro dos cães, até que seria uma saída para o abandono de animais que "crescem demais" e que passam fome por ficar caro alimenta-los. Temos que ter uma macro-visão de toda situação, já que a população humana cresce desordenadamente com predominancia de "serumanos"... O que quero dizer? mais humanos, mais animais nascem sem condições de uma vida digna. Vou publicar amanhã, o crescimento da matança de animais para alimentação humana... assustador!!!!


    2 - Paralelamente a esta situação definida nesta Província da China, em sua capital Pequim, ONG´s de proteção animal fizeram um evento que foi noticiado pela Band: China realiza dia de conscientização animal. Os ativistas chineses trabalham muito e em vários assuntos.


    3 - O que achei muito legal,  foi saber que ONG´s de proteção animal chinesas pediram para o Governo não autorizar o Facebook no país por causa do comportamento do seu dono Mark Zuckerberg que tem por teoria matar seus próprios animais para comer. Sabem que adorei, né?
    Eu voltei a usar este troço, mas, sinceramente, não me sinto bem... até porque muita gente anda saindo e migrando para o G+ que é muito mais fácil de lidar. Enfim...
    A matéria está neste link: http://rt.com/art-and-culture/news/facebook-mark-zuckerberg-eating-027/. A Áurea traduziu p´ra nós:

    "Diga me o que comes, e te direi quem és, diz o dito popular. Os estranhos hábitos alimentares de Mark Zuckerberg podem atrapalhar suas chances de resgatar o mercado Chinês, onde o site está bloqueado desde 2009.

    De acordo com relatos da mídia local, os ativistas de direitos dos animais pediram ao governo Chinês para continuar boicotando a popular rede social, devido à "atitude inaceitável para com os animais" da parte de seu co-fundador, Zuckerberg. O bilionário dos EUA é conhecido por comer apenas os animais que ele mesmo abate, como galinhas, lagostas, um porco e uma cabra. Curiosamente, Zuckerberg já há muito tempo vem mostrando interesse na cultura chinesa, língua, história ... e cozinha. Ativistas de direitos dos animais chineses dizem que o fundador do Facebook comeu um cachorro durante sua primeira visita à China, em 2010. Eles alegam que Zuckerberg experimentou a iguaria local, embora não esteja claro que ele tenha realmente abatido o cão.

    A tradição de comer carne de cachorro na China remonta milhares de anos, sendo fato comum restaurantes servirem carne de cachorro em muitas cidades. Defensores de direitos dos animais referem-se a entrevista de Zuckerberg para a revista Fortune, no qual ele disse: "Eu acho que muitas pessoas esquecem que um ser vivo precisou morrer para você poder comer carne, então meu objetivo é não esquecer o que é ser grato pelo que eu tenho. "

    Há longo tempo ouve-se falar que Priscilla Chan, namorada de Zuckerberg, compartilha suas preferências alimentares. Na semana passada, o magnata da mídia e sua parceira chegaram em Pequim, para uma segunda visita, o que muitos blogueiros chineses viram como uma possibilidade da volta tão esperada do Facebook à China.

    Blogueiros chineses foram a uma loja da Apple para publicar suas fotos, na esperança de finalmente ter acesso ao site líder mundial das redes sociais, com mais de 800 milhões de usuários.
    O facebook foi bloqueado em 2009, quando autoridades chinesas alegaram que o site havia sido usado para organizar protestos no país. No início deste ano o Facebook anunciou que continua a avaliar a possibilidade de re-entrar no mundo do maior mercado da Internet - a China. Analistas acreditam, no entanto, que as chances de retorno do Facebook são ainda muito pequenas..."

    .

    9 comentários:

    1. Devo começar dizendo que sou vegetariana pelos animais. Mas não vejo que relação pode ser feita entre o dono do face e o que ele come. Acho até que os animais que ele mata pra comer devem ter uma vida melhor do que os que são comprados mortos nos supermercados. Também não sei o que o Bill Gates come, mesmo assim vivo no computador. Sou abolicionista e bem estarista, embora saiba que isso não existe. Penso que, enquanto o abolicionismo não imperar, que os animais tenham uma vida melhor, nem que sejam gaiolas maiores! Prefiro saber que vivem 3 galinhas numa gaiola agora onde antes haviam 6 do que saber que serão sempre 6, até o ser humano se conscientize que não é dono de nenhum animal. Alguém tem noção de quanto tempo vai demorar pra que a humanidade deixe de comer/prender/usar/abusar dos animais? Quero que nesse tempo eles vivam "menos pior"!

      ResponderExcluir
    2. Cristina Calixto09/04/2012 19:16

      Devo discordar de sua publicação, Sheilinha.

      Em absoluto, não é verdade que o hábito de comer cães remonta a milhares de anos na China.

      A verdade é que os cães passaram a ser olhados como comida, bem como outros animais e insetos desprezados por nós, ocidentais, desde as grandes guerras, onde faltou comida para todos, as guerras chegaram aos campos e não se plantava ou colhia com regularidade.

      Desde essa época é que eles passaram a comer por uma questão de sobrevivência. O fato de persistirem nesse hábito é justamente a superpopulação, a falta de religiosidade (hoje, nem fetos são poupados), etc.

      Em suma, são um povo cujos princípios morais e religiosos não os deixam se sentirem culpados por absolutamente nada. Seus valores são completamente diferentes dos nossos.

      Da mesma forma, tribos indígenas aqui mesmo no Brasil têm hábitos repugnantes, como aqueles que abrem o crânio de macacos e os comem com o animal ainda vivo.

      Estou contente por já estar começando uma conscientização e a criação de ONGs de proteção na China. Mas, nem precisamos ir muito longe para percebermos a situação em que os animais se encontram. É triste.

      ResponderExcluir
    3. Minha maneira de pensar é como da Eliana. Acho que somos poucos, mas é sempre bom saber que há mais um. No caso do Mark, é bom lembrar que ele não é o único dono do face. Eu não sei o que o inventor da televisão comia, mas se soubermos que ele mesmo matava seus bichos, não vou deixar de ver TV porque ele apenas a inventou. Agora a TV é do povo. Assim como o facebook é do povo. Sei que ele é demente. Mesmo que seus animais sejam mais bem criados, só o fato dele os matar demonstra sua insanidade ou psicopatia. Nesse ponto eu penso diferente de Eliane. Mark prova que Sir Paul McCartney estava errado quando disse que se abatedouros fossem de vidro todos seriam vegetarianos. Todos as pessoas normais, não é? Porque para os malucos bom mesmo é poder matar. Mark é desonesto e sem ética. Viram o filme sobre sua vida? Enfim, tem todos os sintomas do pscicopata. E nem mesmo é dono da idéia do face. Ele a furtou de amigos. Deixemos que ele siga seu próprio destino. O face é nosso. E nele podemos fazer muito pelos animais. É a nossa vingança. Quanto às ongs chinesas, é como venho dizendo. Atacar os chineses pelos maus tratos aos animais é injusto. Eles tem uma força incrível. As ongs enfrentam bravamente aqueles ditadores. O nosso governo não é melhor. A chacina contra cachorros devido à Leishmaniose é um exemplo. E ainda fazem negócios com eles, como no caso dos jumentos. Para piorar, nossas ongs, muito provavelmente, não são tão atuantes como as de lá. A China é aqui.

      ResponderExcluir
    4. Sem sombras de duvidas esse carinha é um psicopata.,

      assim como todos que tem a coragem de enfiar uma faca numa galinha, num bode ou em qualquer ser vivo pra comer.

      ele nao difere nada dos nossos aqui no nosso Brazil (com zzzzzzzzz)

      Quanto a ong da China, sei naum, mas acho que estao acontecendo milagres porraeeeeeeeeeeee

      ResponderExcluir
    5. Temos que ter cuidado com os radicalismos. Nem tanto ao mar, nem tanto a terra. Bom senso é essencial, não podemos nos deixar levar pela emoção para não incorrermos no risco de perder a razão. Ouvi certa vez que devemos irrigar a mente com o coração, acho que é por aí...

      ResponderExcluir
    6. Eu concordo com a Eliana Moser em vários pontos. Não sou a favor nem contra o Zuckerberg, mas acho que ele, sendo uma figura pública, chama atenção para a hipocrisia dos que defendem a tese de que o ser humano é "carnivoro" e entretanto vão ao supermercado e compram carne naquelas embalagens higiênicas como se carne "desse em árvores.." Esquecem da violência e brutalidade que envolve a vida e morte destes animais até chegar ao supermercado.Não sei se todos tornariam-se vegetarianos caso os abatedouros tivessem paredes de vidro mas acredtio q muitos deixariam de comer carne, do modo que aconteceu comigo há anos atrás. Ao que parece o ser humano é classificado como Ominívoro, tal qual a maioria dos mamíferos mas ele esquece que tem o livre arbítrio para decidir o que põe em sua mesa. Esta é a maior diferença dos HUMANOS X DEMAIS MAMÍFEROS, que devido as limitações do seu habitat e fisiologia seguem basicamente seu instinto de sobrevivência, fase que o humano já deveria ter ultrapssado.. Ao que me parece, quanto mais escondido ficarem os abatedouros e a industria da carne, pior para os animais. Eu sou abolicionista, mas antes de qualquer filosofia, sou a favor do não sofrimento dos animais, que é o que acontece agora porque as pessoas comem carne e sequer querem saber o que do massacre deles nesta indústria maldita, precisamos sim, de ONGS dentro dos abatedouros e fazendas fiscalizando o que acontece com estes animais até que os "humanoids"deixem de consumir carne/leite e seus derivados, pois se não tiver ninguém observando, muito pior vai ficar, para os animais. Acredito que nenhum abolicionista queira isso.. Assim, vejo a briga abolicionista x bem-estarista improdutiva para os animais.. A escravidão de humanos, antes de ser abolida, passou por várias fazes de bem-estarismo com a lei dos sexagenários/ lei do ventre livre/proibição do uso do chicote e etc.. Aos inflexíveis de mente estreita, a verdade demora a ser assimilada e o processo é gradual. Os ativistas de direitos dos animais em fazendas, incomodam tanto, que nos EUA (ô nojo)o estado de OHIO criou uma lei que torna crime qualquer ativista disfarçar-se de funcionário para filmar ou fotografar maus-tratos dentro de fazendas e abatedouros.. quer mais? Eles querem bater, matar, abusar dos animais sem terem testemunhas..
      Quanto ao fato do FACEBOOK ainda estar proibido na China devido aos protestos de ativistas de direitos animais tenho minhas dúvidas. Se assim fosse, TWITTER, YAHOO entre outros já estariam liberados lá também e não estão. NA CHINA o modelo de governo é a ditadura - Quem se opoe ao governo vai preso, se for condenado leva um tiro na cabeça e a família ainda tem que pagar pela bala.. O governo Chines, antes e durante as Olimpiadas, recebeu muitos protestos e críticas de cidadãos do Ocidente através do facebook e twitter entre outros e devido a isto o Governo bloqueou estas redes sociais, criando duas redes SOCIAIS CONTROLADAS PELO PROPRIO GOVERNO CHINES que são: Sina Weibo e o QQ,
      http://www.band.com.br/noticias/mundo/noticia/?id=100000496071
      o que é usado desde então..
      Confira:
      http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/20882/china+fecha+sites+e+redes+sociais+apos+boatos+sobre+golpe+de+estado.shtml
      ACHO QUE O FACEBOOK não está na CHINA porque o Governo Chinês não quer, e não por causa de ativistas de direitos animais serem contra .. Se abrirem o FACEBOOK na China, irão ver os MILHÕES de pessoas que querem a DESOCUPAÇÃO DO TIBETE e todos os crimes de genocídio que os Chineses estão promovendo neste país.. E é issso que o Governo Chines não quer..

      ResponderExcluir
    7. P.S. corrigindo a minha gramática - "fases"e não fazes.. O Zuckerberg é mais um sub-produto desta Sociedade doente, ele não é o único que faz isso mas usou da estratégia para ganhar ainda mais notoriedade.. Mas o facebook tem suas vantagens, que eu vou aproveitar enquanto me servirem se não ofender meus princípios..

      ResponderExcluir
    8. Li os comentários e concordo com muitas posições, da Eliana Moser, de paula, Arminda, Calixto...

      E isso é muito pontual na minha visão de condução de vida: vou deixar de usar avião porque servem carne, frango ou pasta? Nem sei se todos do NatGeo,canais Discovery e por aí segue, os canais que assisto, são vegetarianos; vou deixar de me instruir?

      E tenho uma posição bastante semelhante com a Eliana Moser.
      Aqui em minha casa só quem não come carne sou eu. Eu sou vegetariana pelos animais, mas não posso querer ser xiita com marido, meu filhote. Cabe a eles essa decisão, como coube para mim.


      E saliento ainda que compreendi a intenção do texto, perfeitamente.

      ResponderExcluir
    9. Ele só come o que mata,talvez ele coma menos carne que um cidadão comum,não sei o porque tanto alarde em cima disto,muita gente já teria deixado de comer carne se não tivesse a facilidade de comprar em bandejinhas,provavelmente as pessoas não jogariam fora tanta carne se resolvessem matar p comer,antigamente se criava galinha em casa e se matava em casa,ninguém disperdiçava.É só ir a um shopping ou churrascaria(as vezes a família se reune lá)e ver a quantidade de carne que vai para i lixo,muitas vezes me peguei pensando -eles fazem isto porque não fazem nem idéia que isto era parte de um ser com vida e vontade de viver.

      ResponderExcluir

    Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
    Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

    EM DESTAQUE


    RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

    Licença Creative Commons

    "O GRITO DO BICHO"

    é licenciado sob uma Licença

    Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

     

    SAIBA MAIS


    Copyright 2007 © Fala Bicho

    ▪ All rights reserved ▪