17/03/2012

TAILANDÊS RECUPERA CÃO QUE HAVIA SIDO ROUBADO PARA VIRAR COMIDA

.

.


Um tailandês que havia perdido seu cão no ano passado recuperou o animal depois de vê-lo na televisão em uma reportagem sobre bichos de estimação que são roubados e levados para o Vietnã para virarem comida.

Cão Tao Tao
Tao Tao foi único cão em abrigo do governo que voltou ao seu dono original

O tailandês Sompong Lertjitcharoenboon havia perdido o cão Tao Tao durante uma show de fogos de artifícios, que assustou o animal.  Ele já havia quase desistido, quando viu uma reportagem na televisão sobre a apreensão de um caminhão que transportava 800 cachorros na fronteira entre a Tailândia e o Laos. Uma das imagens mostrou Tao Tao em uma pequena gaiola.


Comida

O roubo de cães tem se tornado comum na Tailândia. Os animais são levados clandestinamente a países vizinhos, onde a carne canina é parte da culinária. China e Vietnã são os principais destinos.Com a proximidade do Ano Novo chinês, no final de janeiro, a demanda por carne canina aumentou bastante, já que a iguaria é bastante popular em banquetes festivos. O governo da Tailândia montou um abrigo na cidade de Buriram para receber os animais que são apreendidos. Em apenas seis meses, 2 mil cães já estão no local. Até agora, Tao Tao foi o único que voltou ao seu dono original.

Cão em gaiola
Animais são transportados primeiro para o Laos e depois seguem para China e Vietnã

As autoridades estimam que 25% dos cães no abrigo são roubados. Os demais seriam animais de rua que foram recolhidos pelos contrabandistas. A Tailândia tem dificuldade de enfrentar esse tipo de negócio. Roubar bichos de estimação e transportá-los para outro país são crimes segundo a lei, mas recolher cães da rua e praticar crueldade contra animais não são considerados infrações. Um cachorro pode ser vendido por até US$ 32 (cerca de R$ 60) na China e no Vietnã. Cães com pelo mais escuro são mais visados pelos ladrões, pois se acredita que sua carne seja superior.

Fonte: BBC

.

7 comentários:

  1. Adorei!!!
    Coragem, valentia determinação em partir em busca do seu amiguinho.
    Deus abençõe esse maravilhoso tailândes!

    ResponderExcluir
  2. Por isso fiquei puta da vida, quando saiu aquela reportagem onde 3 tailandeses espancaram um ladrão de cães, e a repórter disse: "que violência"! Tinham mais é que se unir e no mínimo jogar bola com a cabeça desses contrabandistas.O que não entendo é PORQUE quem teve seu animalzinho roubado, NÃO PROCURA por eles nesses locais...eu iria até o fim do mundo se houvesse ao menos uma chance de encontrar um cão meu que estivesse perdido.

    ResponderExcluir
  3. Por isso eu sempre me policio para não generalizar, tenho tendência a isso. Ainda existem, poucos, mas existem, asiáticos do bem.

    ResponderExcluir
  4. Pois é....pegam até cães de rua, depois vem aquele argumento (no caso dos animais do porto de Santos), de que a tripulação não aceitaria animais dos quais não soubessem a procedência....tá...

    ResponderExcluir
  5. Fiquei muito feliz em saber que esse anjinho se salvou

    Eu ainda nao consigo me policiar, acho que 1% são bons, o resto é resto mesmo e quero que eles se explodam.

    ResponderExcluir
  6. Gente, muitos asiáticos são bons. Muitos. Os grupos de defensores de animais da China trabalham incansávelmente. Já fiz contato com alguns deles. Sofrem tanto quanto nós com a crueldade que está ali na vista deles. O problema é que o governo deles não se importa. Eles não tem leis. E o nosso? A lei existe e não é cumprida. E grande parte da população brasileira pratica crueldade contra animais. Até em rituais que seriam religiosos. A China ...é aqui.

    ResponderExcluir
  7. Manu De Martini19/03/2012 14:09

    Desculpe Depaula, com todo o respeito, temos que evoluir uma infinidade,mas pelo menos não comemos cachorro, e não matamos golfinhos. Estou com a Mari.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪