18/03/2012

A FARSA SOBRE A VENDA DE CÃES NO PORTO DE SANTOS - ENCERRANDO MESMO

.
Em duas ocasiões diferentes, tentei contato com o jornalista Yan Boechat, que escreveu uma matéria para o IG  (há um mês atrás)  na qual considerou como fato real o depoimento de uma única moradora da favela ao lado do Porto de Santos sobre a possível venda de cães da comunidade para tripulantes de navios coreanos atracados.

Questionei no meu primeiro e-mail se isto não era uma coisa grave para uma abordagem tão superficial. De cara raciocinei o seguinte: isto seria  capa em todos os jornais e canais de TV. Como ele perdeu este furo? Quando ele não me respondeu, fiquei certa que tinha alguma coisa de sensacionalismo.

Quando a ANDA publicou a matéria  um mês depois (11/03/12) e "alguém" acrescentou nos repasses e compartilhamentos uma foto manjadérrima de apreensão de cães na Tailândia que até publicamos no nosso blog, escrevi novamente para o jornalista pedindo seu telefone para lhe falar urgente. Comprove e veja a resposta dele:
___________________

Date: Fri, 16 Mar 2012 09:12:33 -0500
From: mailsender@parastorage.com
To: yanboechat@hotmail.com
Subject: telefone
sheila moura has sent you a message using your contact form at: www.yanboechat.net/Page 13
Senders email: sheilamourarj@gmail.com

preciso lhe falar urgente... tem algum numero que eu possa ligar? estou no RJ, mas, posso ligar para qualquer estado ou país
obrigado

***
----- Original Message -----
From: Yan Boechat
To: sheilamourarj@gmail.com
Sent: Friday, March 16, 2012 11:27 AM
Subject: RE: telefone

Sheila, podemos nos comunicar por aqui. Do que se trata?
_________________

Relatei, então, que tentara falar com ele anteriormente, que havia apurado a matéria dele no IG em 06/02/12 e que não conseguia confirmar nada a respeito. Queria informações sobre a tal Elizabeth que deu um depoimento contando a história de venda de cães.

Ele não respondeu mais e se chegou a responder este segundo e-mail foi porque mandei pelo endereço "sheila moura" ao invés de "falabicho". Não tive dúvida nenhuma de que fora uma papagaiada jornalística.

Hoje, nossa leitora Ivana nos enviou o link do site E-FARSAS que informa que  o próprio IG desmente o fato . Então, mais uma vez, NÃO REPASSEM NEM PUBLIQUEM nada sem olharem as datas e fazerem a apuração devida. Nosso tempo deve ser usado somente para realizar ações efetivas pelos animais.
____________________
Nossas postagens a respeito:

Links citados:
.

8 comentários:

  1. Sheila,

    Parabéns , mais uma vez , por correr atrás da fonte das notícias. A causa animal está cheia de mentiras, sensacionalismos e apelações que atrapalham o trabalho sério de muitos, afastam possíveis colaboradores e só prejudicam os animais.
    Precisamos cultivar o hábito de conquistar credibilidade e inspirar novos simpatizantes.
    Isso só será possível através da verdade dos fatos; e isso inclui boas notícias e soluções.

    Grande abraço,

    Liz Guimarães
    Vira-Lata

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Sheila, por desmascarar os farsantes.

    ResponderExcluir
  3. Sou de Santos e como todos os santistas, sei que a imagem daquele caminhao lotado de caes é uma farsa. E achamos aquela foto ridicula. Contudo, alguns protetores (eu, inclusive)de animais da regiao nao descartam a tese de que caes e gatos sejam vendidos para tripulantes orientais de navios que chegam a Santos e Guarujá. É MUITO fácil o acesso de pequenos barcos às embarcações que ficam ao largo, especialmente no lado do Guarujá. E se fosse assim tao diificil entrar ou sair com qualquer muamba do cais, como as autoridades afirmam, por que, entao, alguns tripulantes tentam comprar animais nas feirinhas de adoção que realizamos aqui na cidade? Eu mesma, por algumas vezes, perdi a paciencia com alguns desses tipos, que, portando mochilas, insistiam em comprar gatinhos que estavam expostos. E numa das vezes, tive de ameaçar chamar a policia, quando percebi que dois deles instruíam garotos malandrinhos que ficam no Gonzaga, a "adotar" nossos gatinhos, como se a gente fosse doar assim, sem uma entrevista séria e assinatura de posse responsavel, sob apresentação de documentos. Também nao é de hoje que se comenta que alguns moradores da favela Conceiçãozinha, no Guarujá, levam caes até os navios que estao do lado desse municipio. Os proprios moradores, que gostam de animais e temem pela segurança dos seus, reclamam sobre isso. Acontece que por medo de retaliação, eles se calam quando se pede que denunciem formalmente. Entao, nao temos como provar para exigir que o Ministerio Publico e as autoridas tomem rpovidencias. Só nao conseguimos provar porque para isso, seria necessária uma vigilancia de 24 horas em todo o estuario, mas que seja impossivel acontecer, nao é.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, trabalho meticuloso e sério. Realmente, este tipo de sensacionalismo atrapalha muito a proteção animal no caso de uma denúncia séria deste tipo, no futuro. Tem muita gente brincando de ser "ativista de defesa de direitos dos animais" ou "protetor de animais". Precisamos entender que só seremos levados a sério nas nossas reinvidicações se agirmos com seriedade e responsabilidade. Para isso precisamos ter pleno conhecimento das leis de proteção animal federais/estaduais/municipais em vigor no país e ter conhecimento dos órgãos responsáveis pelo seu bom cumprimento, para podermos exigir o que é de direito. À todos da rede que tornaram este assunto "viral" sugiro que passam uns dias no Porto de Santos acompanhando o movimento dos navios coreanos como punição por atrapalharem o que poderia, quem sabe até ter sido um caso isolado que foi, depois de toda esta fofoca virtual, abafado.. Sabe como é favela.. Falou em polícia-ninguém viu, ninguém sabe..

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Sheila, voce é porreta mexxxxxxxxxxxxxxxxxmo.

    Só fiquei com a pulga atrás da orelha com o relato da Yolanda de Santos.

    Os asiáticos sao asquerozos, odeioooooooooooo eles.

    ResponderExcluir
  6. Muito bem, Sheila. O e-farsas também faz um trabalho excelente assim como a quatro cantos. Só fico pensando numa coisa: quem faz isso? O que ganham com isso? Tentaram desacreditar a AMDA, porque vinha matéria de lá com fotos, nos repasses. A besta aqui achou então, que eram mesmo de Santos. Não foi apenas aquela manjada não.(E que não reconheci) Foram várias fotos. Eu vi um álbum inteiro de fotos...da Thailandia, claro. Está no facebook em algum lugar. Agora é descobrir onde vi para pedir que retirarem porque é uma página de protetores sérios que não tiveram a mesma cautela que você teve.

    ResponderExcluir
  7. Infelzmente não acho q seja assim tão farsa não.....

    Com certeza a foto do caminhão sim, mas como descreve a Dna Yolanda aí acima, isso deve acontecer sim!! E dar o caso por encerrado não é a solução!!
    Claro que é difícil, já que deve ser um comércio bem clandestino e por debaixo dos panos, mas q eu acho q ocorre, isso sim!!

    ResponderExcluir
  8. sheila moura19/03/2012 10:45

    Amigos

    a questão não está em dar o caso por encerrado e sim encontrar provas do que é feito. Sempre deixei em aberto a dúvida, mas, considerar como realidade sem comprovação tal possibilidade é perda de tempo.

    Dizer isto ou aquilo, opinar, achar, etc. todos tem direito, mas, se alguém quisesse, efetivamente, resolver a questão, já tinha ido lá e apurado.

    Ora, na tal comunidade tem um pet shop... quer melhor local para se informar? seria tão tranquilo fazer esta averiguação....

    É porque meu tempo não deixa, pois, do contrário, eu ia ao Porto de Santos botar tudo em pratos limpos.

    Fiz a apuração que a distância me permitiu, inclusive, o IG disse que a coisa passa pelo "disse-me-disse"... Então, se alguém duvida que seja boato, cai dentro...

    Acho possível sim ter acontecido algum caso, mas, considerar coisas do cotidiano, penso ser meio difícil...

    O que me deixou encafifada desde o princípio, foi o fato do jornalista não querer falar comigo... por que não?

    E outra coisa: suponhamos que encontremos uma prova, como vamos controlar os habitantes todos daquela comunidade? Aliás, se os tripulantes tentam comprar animais nas feiras de adoção da Yolanda, devem tentar em outros tantos portos, certo?

    Então, pela lógica, pergunto a todos: onde tem "serumano" os animais estão a salvo? podemos protegê-los desta espécie nefasta?

    Quem tiver idéia, diz aí, porque não consigo achar solução para tirar os touros da arena, os bois da farra, os cães e todos os chamados "animais de consumo" dos pratos humanos, os animais dos laboratórios de pesquisa, os bichos da mira de um rifle, e tudo mais...

    Vamos tentando do jeito que dá, mas, dizer que é difícil e que demanda um tempo que não sei se nosso planeta resistirá, isto é, concordam?

    abraços a todos

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪