05/01/2012

QUAIS SÃO OS FATOS REAIS SOBRE OS CÃES USADOS COMO ISCA NA ILHA RÉUNION?

Todos sabem que sou meia osso duro de roer e não caio na esparrela de ir atrás de tudo que aparece na Internet. Lembram do caso das "tartarugas da Costa Rica que se transformaram em tartarugas da margem esquerda do Rio Solimões"? só de pensar me arrepio!!!!

Bem, agora, fui correr atrás do caso dos "cães usados como isca" na Ilha da Réunion, uma possessão francesa na costa oriental da África. Olhem o que apurei:

Em 2005, varias denuncias chegaram à França, e no resto do mundo, sobre pescadores que saíam com cães/gatos nos barcos e lá, em alto mar, colocavam ganchos no pescoço ou narina do animal e os atiravam na água transformando-os em isca para a pesca do tubarão.

Escolhi, apenas, a matéria publicada no
National Geographic para representar todas as dezenas delas vinculadas na mídia e em sites.

Três ONG´s de proteção animal se destacaram nas ações contra esta suposta prática:


1 - a Fundação Brigitte Bardot, que teve uma audiência com o Ministro de Alem Mar da época, François Baroin, conseguiu que o governo local expedisse uma portaria proibindo a presença de qualquer animal vivo em barcos de qualquer espécie e a garantia que a fiscalização seria severa até mesmo com helicópteros. Veja no link

Mesmo com tais providências desde 2005, volta e meia, chegam aquela ONG informações que continua acontecendo tal prática. No dia 04/10/11, a Fundação enviou ao Prefeito da Ilha uma carta cobrando maior fiscalização a respeito:
http://www.fondationbrigittebardot.fr/site/actu.php?id=40363

Na matéria publicada pelo "Jornal Zinfos 974" em 05/10/11, um membro do Clube da Pesca respondeu as denúncias de Brigite Bardot com os seguintes argumentos:
- usar linha de nylon para enganchar cães do jeito fotografado no único caso mostrado ate hoje, é impossível. Para se pescar tubarões com isca tem que ser através de cabos de aço e jamais seria preciso amarrar com fios de nylon as pernas de um filhote de cão;
- até agora somente um caso foi denunciado e o cara que fez isto foi preso e cumpriu pena, mesmo sem flagrante. O acusado era doente mental e bebia muito;
- os animais encontrados no estômago de tubarões é porque eles chegam perto dos barrancos onde muitos animais mortos são atirados por moradores da Ilha.

Pedi a nossa querida amiga Beatriz Mac Dowell, da ONG CRAC Europe , para perguntar a Fundação Brigite Bardot qual seria a verdade dos fatos. O diretor a respondeu:
"E' um problema delicado pois as informações que nos chegam são sempre contraditorias. As autoridades negam os fatos, nossos contatos locais nos falam de uma pratica marginal mas no entanto há ainda casos isolados verificados.
Medidas foram tomadas na ocasião da audiência que tivemos em 2005 com François Baroin, o então Ministro de Além Mar : publicação de uma portaria (arrêté), multiplicação dos controles (inclusive com helicópteros), detalhe ver : http://www.fondationbrigittebardot.fr/site/actu.php?id=4021&IdCat. Portanto a situação não nos parece tão critica quanto anunciada nos diferentes sites, não obstante, casos extremos e isolados de uso de iscas vivas (cachorros e gatinhos) são ainda as vezes constatados na ilha da Reunião."
LEIAM O E-MAIL COMPLETO


2 - a ONG "30 Milhões de Amigos", responsável pelas denúncias iniciais, segundo seu site, coletou 800 mil assinaturas (manuais e via Internet) que foram entregues ao Conselheiro do Ministro AlemMar, em duas ocasiões. Foram responsáveis pela prisão do único pescador até hoje julgado (em 30/09/05) cuja penalidade (3 meses de prisão e uma pequena multa) não agradou em nada aos militantes, já que poderia ter sido bem maior, segundo o código penal francês. Eles conseguiram iniciar um programa de castração dos animais naquela Ilha e a promessa da prefeitura em fazer um grande mutirão de castração juntamente com as outras ONG´s. Não há informações se houve continuidade do programa. Os links comprobatórios são estes:
- http://www.30millionsdamis.fr/la-fondation/nos-actions/proteger-les-animaux/chiens-appats-de-la-reunion-le-martyr-a-cesse/chien-appats-de-la-reunion-le-martyr-a-cesse.html
- http://www.30millionsdamis.fr/la-fondation/nos-actions/proteger-les-animaux/chiens-appats-de-la-reunion-le-martyr-a-cesse/300-000-signatures-de-plus-deposees-au-ministere-de-loutre-mer.html


Nos dois links abaixo há vídeos que demoram a abrir, mas, vale a pena conferir:
- http://www.30millionsdamis.fr/acces-special/web-tv/agir/par-dela-les-oceans.html
(mostram o cachorro da foto que correu o mundo sendo atendido, mas, destacam mais a questão da quantidade de animais abandonados na Ilha. Inclusive, mostram o recolhimento de alguns cães e gatos locais e o encaminhamento para adoção - 2005)

- http://www.30millionsdamis.fr/acces-special/web-tv/agir/jugement-a-la-reunion.html
(mostram o julgamento de um homem que supostamente teria utilizado cães como isca. Encontraram em sua casa alguns animais muito maltratados. Ele foi condenado a 3 meses de prisão e o advogado alegou que foi um caso esporádico e que a pena não foi a máxima por que houve apenas suspeição da tal prática - 2005)


3 - a Seashepherd, em função das denúncias, publicou no seu site (amplamente divulgado na imprensa) que daria uma recompensa no valor de 1000 euros para qualquer policial da Ilha que flagrasse, comprovadamente, o primeiro caso desta prática cruel. Aos subsequentes daria 200 euros de recompensa para cada caso apurado. Pelo que se tem notícia, nenhum caso foi apurado depois. Comprove nos links:
- http://usi.plongee.fsgt.org/spip.php?article14 (publicado em 2009 em site francês)
- http://www.seashepherd.org/get-involved/rewards.html#la_reunion (site da Seashepherd - 2006)


CONSIDERAÇÕES:
- os protetores alegaram que os tubarões não comem carniça para provar que os animais eram comidos vivos quando usados como isca. Não é verdade. No estômago de tubarões e baleias são encontrados lixo das mais variadas espécies, inclusive, latas de óleo;

- este link questiona a veracidade dos fatos contados sobre cães serem usados como isca. http://www.snopes.com/critters/crusader/sharkbait.asp. Vejam a tradução da colaboradora Cristina Calixto clicando AQUI

- matérias atemporais que relatam como se o fato fosse atual (existem dezenas):
1 - http://www.stripers247.com/phpBB2/showthread.php?t=5212 - 2006
2 - http://www.planetasos.org/index.php?option=com_content&view=article&id=369:caes-usados-como-isca-para-tubarao-em-ilha-francesa&catid=38:noticias&Itemid=63 - maio/11 republica matéria de 2007
4 - http://www.planetasos.org/index.php?option=com_content&view=article&id=369:caes-usados-como-isca-para-tubarao-em-ilha-francesa&catid=38:noticias&Itemid=63 - 2011

Vídeo vinculado em 2009 com imagens da "ONG 30 Milhões de Amigos" divulgando uma petição que já havia sido entregue desde 2005.




O QUE CONCLUI DA MINHA PESQUISA?

Considerando a essência do "serumano", provavelmente, houve casos esporádicos de uso de animais vivos em tal prática, não sendo um procedimento considerado normal entre os pescadores daquela Ilha. Tais pescadores usavam sim (e ainda hoje o fazem), carcaças de animais mortos como isca em pesca de tubarão. É um fato confessado que acredito seja o motivo de encontrarem ainda, eventualmente, pêlos em estômagos de tubarões capturados.

O próprio diretor da Fundação Brigite Bardot reconhece a delicadeza da situação já que, provavelmente, pescadores mais humildes se utilizem de tal recurso.

O encontro do cão com um anzol enganchado no focinho cuja foto corre o mundo desde 2005 com a explicação que ele conseguira fugir de uma tentativa de usá-lo como isca na suposta prática (digo suposta porque não houve comprovação de nenhum caso) não me convenceu muito, embora, não duvide ser possível. É que existem contradições nas narrativas apresentadas o que levam as denúncias a ficarem inconsistentes.

Quem tem casa de praia e já viveu em beira do mar como eu vivi durante um ano (um belo romance com um pescador numa ilha particular... ai, que loucura!) pode narrar a quantidade de acidentes que acabam acontecendo com cães. Vi vários casos parecidos e até piores que este. Cães embolados em linhas com anzóis colocados no mar, era o mais comum, porque eles iam nadando atrás dos barcos quando seus donos não os levavam. Quando havia maré baixa, cães nadavam de uma ilha para outra, na boa e aí aconteciam vários acidentes... água viva, então..... um deles, enquanto nadava engoliu uma água viva... morreu nos meus braços vomitando o estômago... horrível....

O que me pesou numa análise de fatos, é que havia um movimento ambientalista local que lutava contra o massacre de tubarões para retirada de suas barbatanas. Penso que houve um aproveitamento de tal suspeição de uso de cães como isca, para chamar a atenção sobre tal massacre. Outra coisa que me pareceu (facilmente comprovada pelos vídeos da própria ONG "30 milhões de amigos") foi o aproveitamento do caso para chamar a atenção da quantidade de animais abandonados naquela Ilha. Se verdadeiros tais expedientes, endosso plenamente.

Uma coisa que me incomoda muito é que ninguém considerou que o tal cão era um filhote de labrador. Ora, teria ele tamanha habilidade de fugir de uma pescaria em alto mar como foi narrado? outros boatos dão conta que os pescadores sangravam os animais na véspera para que eles ficassem cheios de sangue e aí aguçassem a "fome" dos tubarões quando fossem atirados ao mar..... Gente, raciocina a praticidade, pelo amor de Deus!!!!

Alguns pescadores podem mesmo ter pego cães abandonados e os matado para isca. Isto é possível e aliás, confessado pelo próprio governo e sociedade de pesca. Agora, daí viajar na maionese, não viajo não.... Até porque pessoas (?) dizem que a prática continua acontecendo... mas gente, com a tecnologia que temos hoje, não era, ao menos, para ter pintado na internet uma fotinho ou um vídeozinho? Pô, já são, praticamente, 7 anos passados!!!! São denúncias sempre com base em suposições. O Seashepeard até hoje mantêm a recompensa...

Agora, o que me irrita mesmo, é a inconsequência de pessoas (até bem intencionadas) que tomam atitudes sem nem apurar os fatos. Acreditam em tudo e p´ra tudo se faz petição. O uso abusivo das tais "petições" vai acabar desmoralizando o trabalho sério que outros fazem. No nosso blog só postamos petições de ONG´s ou pessoas identificadas que explicam, exatamente, o que pretendem fazer com a tal petição.

Para exemplificar, peço que vejam uma destas, no link abaixo, que está sem data, que não diz para quem será dirigida, que não narra os fatos coerentemente e ainda por cima é baseada em fatos de 2005:
http://www.peticao24.com/diga_nao_a_usar_cachorros_como_iscas_de_tubaroes
Recebo zilhões de e-mails com esta desgraceira e fico injuriada de ver tanta gente que não se dá conta da seriedade com que devemos conduzir nossos trabalhos pela causa.

Bem, encerro dizendo que cães, gatos e até outros animais, serão encontrados no estômago de tubarões não só naquela Ilha, mas, em outros tantos lugares. Aliás, uma coisa que não entendi, até agora, é que na Ilha tem uma representação da SPCA que parece bem atuante. Será que lá tem briga de ONG´s como tem aqui no Brasil? kakakaka.... muito estranho ela não ter se metido na história que levou outras 3 ONG´s lá da França irem ao local para desenrolar tudo isto....

Sei não, mas, se alguém souber mais alguma coisa, me informa.... pleeeasse, porque este material demorou para ser concluído. Agradecimentos às nossas queridas Bia e Cris que colaboraram para o enriquecimento das informações.
_________________

ET.: galera, tem um vídeo babaca que, baseado nas informações deste caso, simula pescarem tubarões com gatinhos. Foi feito na Venezuela. Pelo amor de Deus, analisem as imagens que verão que é de uma montagem fajuta da pior qualidade!!!! nem citei o link para não dar ibope a tamanha imbecilidade!!!!
.

35 comentários:

  1. sheila, fantástico, simplesmente fantástico o seu trabalho de pesquisa. sei que vc não gosta do facebook, mas posso colocar um link na minha página para virem aqui ler o texto? recebo de tempos em tempos várias mensagens falando sobre esse caso e gostaria de mostrar isso para os amigos sem noção...

    ResponderExcluir
  2. Fantástico trabalho de pesquisa, Sheila. Não canso de falar: você é show demais!

    PS: a melhor parte foi a do "romance com um pescador...ui" hahahaha.

    ResponderExcluir
  3. Perfeita sua reportagem sobre esse assunto tão intrigante!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela matéria, Sheila. Invejinha branca da história de viver no mar em romance com um pescador.rs
    Mas falando sério mesmo... eu também me perguntava se era uma prática comum lá isso... Mas não duvido que aconteçam mesmo fatos isolados assim por insensibilidade e ignorância.
    Mais uma vez, parabéns. Acho ótimo essas matérias de esclarecimento que vc posta.

    ResponderExcluir
  5. Vou repassar o link da matéria para meus contatos da proteção animal.

    ResponderExcluir
  6. Kitty Eldridge05/01/2012 14:48

    Sheila, agradeço profundamente seu empenho em esclarecer fatos, versões, mitos e afins.
    Concordo com sua conclusão sobre o caso e parabenizo pela qualidade, seriedade pela abordagem sobre o assunto.
    Voce pontuou sabiamente a banalização de petições que estão correndo pela internet.
    Obrigada pela sua dedicação, tempo doado e amor pelo que voce esta fazendo.Sou sua fã.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Sheila. Mais uma vez você fez um ótimo levantamento sobre esse casos. É uma pena um caso de ajuda animal dar tanta enrolada e confusão. Mas, infelizmente, as vezes querendo ajudar, muitos acabam atrapalhando. Em todo caso, é um alívio não terem comprovado nada. Sinal de que o fato não deve existir mesmo. Devem ter sido situações isoladas e que acabaram culminando neste mito todo. De qualquer forma, é triste porque não deixa de ser mais um caso de sofrimento dos nossos queridos bichinhos.

    ResponderExcluir
  8. Olha só. Eu já vi dois vídeos mostrando isso. Um com um gatinho. Eles colocaram o anzol nas costas dele..perto do pescoço. O outro vídeo era um cachorro de porte médio.
    Acredito que caçar um tubarão não seja uma tarefa das mais fáceis, então se isso é usado mesmo, e os pescadores aprenderam que fazendo esse preparatório, (...os pescadores sangravam os animais na véspera...) é a melhor maneira de fisgar um tubarão..eles fazem. Voltando aos vídeos que vi, uma coisa me chamou a atenção. Os pescadores não tinham jeito de pescadores, entende? Inclusive, acho que pescadores realmente, não iriam se preocupar em filmar, já que não estavam caçando por "prazer", além de ser ilegal. Então acredito que sejam casos isolados...e espero que sim.

    ResponderExcluir
  9. Sheila, parabéns pelo trabalho de pesquisa!!!Beijos, RenataBH

    ResponderExcluir
  10. Acredito que tenham sido casos isolados, para o bem dos animais, diga-se de passagem.

    E sobre a opinião da enxurrada de petições, assino embaixo.

    ResponderExcluir
  11. Sheila Moura, gratíssima pelos esclarecimentos nessa sua impecável postagem. Como há muitos casos de crueldade contra os animais perpetrados pelos muitos abomináveis humanos, cheguei mesmo a acreditar que esse tipo de prática ainda estaria ocorrendo e agora em maior escala. Diante de tantas notícias de atrocidades, folgo (um pouquinho) em saber que pelo menos isso não procede.

    Meus cumprimentos.

    ResponderExcluir
  12. Fernanda Brasil05/01/2012 17:03

    Como sempre seu trabalho está fantástico! Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. rosa elisa villanueva05/01/2012 17:29

    ufa, sheilinha, que trabalhão tiveste fazendo essa pesquisa para nós, teus leitores.concordo plenamente contigo sobre a inutilidade do denuncismo que somente serve para perder tempo e queimar os defensores do bem estar animal. mas, morar na beira do mar e ter um romance "caliente", é tudo que se precisa para recarregar as baterias. beijos.

    ResponderExcluir
  14. Nossaaaaaaaaaaaaaa arrebentou na pesquisa , to jogando no face e nos grupos.

    Sem puxar o saquito e ja puxando
    voce é 10000000000000000000000000

    ResponderExcluir
  15. Faço meus todos os elogios a vc Sheila, pelo belo trabalho de pesquisa.

    ResponderExcluir
  16. Querida Sheila, parabéns pelas explicações sobre o esse caso tão enrolado ! E' um trabalho minucioso esse que você fez, super bem documentado ! E as conclusões com muita logica.

    So' uma observação : aqui na França as brigas entre ONG's são IGUALZINHAS às do Brasil, da Espanha, e de todos os paises. O problema, como você diz tão bem, é o raio do "serumano" que, mesmo quando boa gente, encontra pretexto para briga. Eu não me canso de tentar reconciliar ativistas dentro da nossa Ong, e olha, é a equipe mais unida que conheço na proteçao animal. Assim mesmo tem briga...

    bjs
    bia

    ResponderExcluir
  17. Eu luto contra essa informação inverídica ha anos na Net. Já repassei absolutamente as mesmas informações que vc, mas os internautas com "priapismo" de repassarem casos escabrosos continuam a postar. Ha quase 1 ano fiz um post no ATITUDE ANIMAL.
    Espero que as pessoas comecem a se comprometer com as informações que repassam pois a internet pode ser uma "faca de 2 legumes".

    ResponderExcluir
  18. EXCELENTE MATERIAL O SEU SHEILA, MUITO LIMPO E FRANCO!
    OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  19. Sheila, parabéns por dizer a verdade, porém fique de olho no português.

    Na primeira frase está HOUVERAM casos, e o correto é HOUVE casos esporádicos. Coisa básica para quem escreve textos...

    No mais, seus textos são extremamente úteis! Ótimo 2012!

    ResponderExcluir
  20. sheila moura05/01/2012 19:57

    Galera amada...

    estou em estado de graça por terem gostado da postagem tão trabalhosa. Agradeço, de coração mesmo, a atenção e peço que divulguem para que, cada vez mais, nossa luta seja responsável.

    Agora, meu caro Fabiano, se vc. postou isto tudo há um ano atrás, queria pedir desculpas, mas, não vi seu material e lamento o tempo todo que perdi em pesquisar tim tim por tim tim como fiz. Mande o seu link para que todos possam aproveitar mais informações.

    Aliás, a pesquisa continua, pois, quero descobrir qual foi o destino deste cãozinho.

    Agradeço o leitor ou leitora que me ajudou no meu velho português ruim.... hehehehe....peço sempre que me corrijam, pois, só mostra o carinho pela minha pessoa e pelo meu trabalho...

    abraços a todos e muitíssimo obrigado.... trabalhei só para que todos fiquem bem informados.

    ResponderExcluir
  21. Sheila querida, muito obrigada pelas informações! Fica com Deus! Bjs

    ResponderExcluir
  22. http://www.buzzmoica.fr/video/a-la-reunion-les-chiens-errants-sont-utilises-comme-appats-pour-les-requins--30357

    ResponderExcluir
  23. anselmo padula05/01/2012 21:22

    Bem elaborado e esclarecedor. Sheila, faça matérias assim contra a SEPDA e ESTE ANO chefiará essa secretatia.

    ResponderExcluir
  24. marcella viglioni terra08/01/2012 10:36

    Sheila, você é demais!!!Muito obrigada por esta notícia e concordo com você em tudo que disse e devemos mesmo apurar mais mesmo tudo que lemos na internet, vou tomar mais cuidado.Bjs

    ResponderExcluir
  25. Obrigada pelo esclarecimento.

    ResponderExcluir
  26. muito lindo bem escrito, mas e a foto acima do cachorro com o anzol, arpão sei la´o nome na boca, tbm é montagem fajuta ? ele esta vivo, não importa se era um caso esporádico, aconteceu e é uma vergonha que o ser chamado humano faça isso, nem q seja só com um animal

    ResponderExcluir
  27. Emanuela Soares28/05/2012 16:43

    Parabéns pela matéria e por nos proporcionar um pouco de conforto, pois o vídeo do gatinho é realmente chocante, ainda bem que é montagem...

    ResponderExcluir
  28. esse desgraçdo filha da puta ai que mata coes nossssa deus que me perdoe nossa esse filha da puta ai tenque morrrrrrree queimado no inferna esses desgraçado nossssssa se eu divessi lar eu ia matar todo mundo lar naquela porrrrrrrra lar nao vei come qu epode fazzer uma coisa daquela meu nao pela mor de deus alquem fais alqua coisa ai o dono desse blog ai aqui obrigado porq vc e conta esse maltratos contra animal obrigado pro ajuda a acabar com issssso se vc pode fazer alqua coisa sobre isso por favor faça isso prender aqueles otarios lar vlw tudo de bom ai

    ResponderExcluir
  29. Sou como você. Não acredito em tudo o que leio na WEB. Assim que vi a foto do cão com o anzol, achei muita crueldade, e fui pesquisar no Google. Encontrei sua matéria e fiquei contente em saber da verdade. Muito esclarecedora. Parabéns.

    ResponderExcluir
  30. Carla Knoth
    Que alívio Sheila ! Sei que tem muita gente ruim neste mundo, mas tamanha crueldade tem que ser melhor analisada, também não acreditei quando vi no face, acho que as vezes as pessoas se deixam levar por informações falsas ou não concretas e acabam colocando mais pessoas em estado de revolta, desnecessário.

    ResponderExcluir
  31. oque mais me revolta é que as pessoas se importam tanto com os cachorrinho e gatinhos que se esquecem do massacre dos tubarões... será que tubarões são menos importantes??
    Porque vc ama um e come o outro???

    ResponderExcluir
  32. Parabéns pela pesquisa e pela forma séria como abordou a questão. Levo. link.

    ResponderExcluir
  33. Hj li uma postagem sobre esse mesmo caso.
    Repassei essa apuração q vc fez.

    ResponderExcluir
  34. Obrigado pelas informações. Primeira vez que vi a foto foi hoje, o vídeo nem quis ver. Achei muito chocante a imagem então fui pesquisar no Google e caiu na sua página. Achei muito bom os seus argumentos e agora me sinto mais tranquilo, desde pequeno tenho cachorros em casa, cuido muito bem dos meus cães, A gente vê cada coisa na internet que nos deixa assustados. Mas está esclarecido este caso. Um abraço.

    ResponderExcluir
  35. Matéria esclarecedora. Felizmente parece que é caso esporádico, apesar de ainda restar alguma dúvida no presente.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪