03/01/2012

MORCEGUINHO DA ARMINDA... ALGUÉM SABE RESPONDER?

"Sheila,

Apareceu um morceguinho aqui em casa. Acordei com o bichinho indo pra minha mão. Apanhei-o e soltei-o, mas ele retornou e posteriormente o encontrei numa bacia que fica no terraço em baixo de um móvel, estava procurando local escuro. Novamente o pegamos e o soltamos em um terreno, ficou no pé de graviola. Não o vimos mais, mas gostaria de saber sua espécie. Será que vc. pode encaminhar pra algum conhecido que ajude a identificá-lo? Veja que lindinho. Os pontos brancos nas costinhas dele seriam ovos? Ele tinha muita coceira. Achei estranho o fato de ficar próximo ao chão na bacia e não procurar lugares altos. Não o vi mais, porém depois fiquei preocupada com o bichinho"

.

13 comentários:

  1. Sheila, peça para a pessoa que encontrou o morcego entrar em contato com o Professor Carlos Esberard, pode ser pelo facebook [http://pt-br.facebook.com/cesberard ]

    Ele é bambambam em morcegos no Brasil e um amor de pessoa quando surgem dúvidas sobre esse mamífero precioso à natureza.

    Muito linduxo o morceguinho da foto =0*

    ResponderExcluir
  2. De repente, o Professor Dr. Carlos Esberard responde por aqui...

    < cesberard@superig.com.br >

    ResponderExcluir
  3. Arminda, já aconteceu algo semelhante comigo, apareceu um morceguinho no meu escritório e sem saber o que fazer, o colocamos em um lugar escuro, água e frutas. Mas ele não comeu nada. E ninguém sabia o que fazer, até que apareceu um cliente meu e comentei sobre o morcego e ele me disse que brincava muito com eles quando era pequeno. Que eles são animais que vivem em grupo e não iria sobreviver sozinho, que a melhor coisa seria soltar em algum lugar onde houvessem outros morcegos.Que ele não enxerga e se movimenta de acordo com os sons que emitem. Eu deixei ele numa janela à noite para que pudesse sair, e chegava antes de amanhecer para ver se ele tinha saído e não. Ele acabou morrendo. Acho que fizeste o certo.
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. voce acredita que tem uma "tonta" aqui no predio que queria matar uma arvore, pros morceguinhos nao entrarem na sala dela??

    acho que ela pensa que o morcego é um dracula........ kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Mari, kkkkkkk!

    Se bem que o Drácula não é de se jogar fora ;o}

    A população em geral desconhece o benefício dos morcegos aos centros urbanos (porque na natureza é uma magnifica cadeia). Se soubessem a quantidade de mosquitos - inclusive os da dengue - baratas, percevejos etc, que eles ingerem numa só noite, teriam a exata proporção do que sofreriam sem esse mamífero por perto.

    Quem tem o privilégio de ter uma colônia de morcegos perto economiza horrores com repelentes ou tem flores/frutas lindas pela polonização perfeita que eles fazem.

    Mas como idiota que não acaba mais...

    ResponderExcluir
  6. Já salvei morceguinhos diretamente da boca do meu gato! Rs, isso mesmo! Sei que o gato traz pra dentro de cada como um presente pra mim, tomei o morceguinho da boca dele e coloquei dentro de uma caixa no telhado da casa a noite pra ele poder voar. E claro, prendi o gato antes pra que não o pegasse de novo. Deu certo porque mais tarde olhei e não estava + na caixa.

    ResponderExcluir
  7. Já cuidei de um animal bem parecido onde trabalho. O estado letárgico (quieto) é normal nesse animal e ele provavelmente se alimenta de pequenos insetos, por isso não comeu a fruta.
    A espécie exata não saberei informar. Aí é só com um especialista mesmo. Cuido de tantos animais silvestres que aprendo com a experiência. Vou até mandar umas fotos pra Sheila.

    ResponderExcluir
  8. Júlio Coutinho03/01/2012 23:15

    Arminda :
    Seria menos trabalhoso identificar o morcego se estivesse com acabeça aparecendo e não a cauda, porém me parece um insetívoro (devorador de insetos) da familia "molossideos".Provavelmente um filhote recém "independente". O interessante, se ele reaparecer, seria mante_-lo com larvas de "tenebrio molitor" oferecidas com uma pinça , e água que ele possa beber , oferecida num pincel(novo!) mergulhado em água várias vezes. Em alguns dias , provavelmente, ele alçará vôo.

    ResponderExcluir
  9. Júlio, mandei uma foto de frente do Guinho, mas a Sheila gostou mais desse ângulo, kakakaka.

    Lobinho, pede pra Sheila encaminhar as fotos que vc. mandar pra ela, tb., gostaria de ver.

    Isadora, Meu manhinho Malhadinho ao contrásrio do teu gatinho, não se atreveu a mexer com ele, achou estranho e nem se arriscou. Depois wque estava na caixa e comigo ao lado ele ficou olhando. Na foto em que ele está de frente dá pra ver que o Malhadinho está do lado.

    Paula e Mari, vocês estãs certas, raros compreendem a importância dos morcegos.

    Márcia, obrigada pelas dicas. O cliente que te disse que os morcegos são cegos está equivocado. Até onde eu sei, os morcegso enxergam sim, porém utilizam o sistema de ecolocalização pela noite.

    Paula Regina, vou agora mesmo enviar as fotos para o e-mail do professor. Obrigada!

    Sheila, te devo mais essa amigona!!!

    ResponderExcluir
  10. Luiza Pinheiro06/01/2012 10:01

    Escrevi no mesmo dia da postagem com uma recomendação, mas meu comentário não foi publicado. Agora estou preocupada em saber se o morcego sobreviveu, se comeu ou bebeu. O que sei sobre morcegos é que, apesar de voarem, não têm a capacidade de levantar voo, de decolar do chão. Se caírem no chão não conseguem mais voar. É por isto que se penduram em locais altos, para poderem se desprender e, uma vez "caindo", começar a bater as asas para voar. Recomendaria que pegassem o morceguinho e o levassem até um lustre, alguma coisa em que ele pudesse se fixar, deixando uma janela aberta para que ele, ao cair da noite e por conta própria, voasse em direção ao seu habitat e pudesse procurar alimento.

    ResponderExcluir
  11. Luiza,

    ele apareceu aqui a primeira vez, o pegamos con uma toalha e o soltamos.Ele voo, mas voltou e se escondeu dentro de uma bacia. como tenho um gatinho, não podia arriscar soltá-lo por aqui de novo, então soltei-o no terreno onde guardo o carro. Lá tem outros morcegos e árvores. Goiabeira, abacateiro bananeira. Eu o deixei no pé de graviola. Conseguir voar ele deve ter conseguido, só não sei se sabe se alimentar só. Como eu não sabia o que fazer tratei de levá-lo para onde teria mais chances por haver outros morcegos por lá. Já descobri que não é frugívoro, espero é que ele tenha conseguido insetos por lá. De qualquer forma valeu a experiencia, porque aprendi que não voam do chão, que gostam de água com mel, que não são cegos e que são muuuito lindinhos. Fiquei com a sensação de que deveria ter feito mais por ele, mas faltou experiancia. Seja o que Deus quiser. O professor doutor Carlos, especialista em morcegos, disse que se ficou na árvore conseguiu voar.

    ResponderExcluir
  12. Luiza Pinheiro06/01/2012 15:58

    *Ai*, obrigada, Arminda por dar um feedback! Enquanto a gente não sabe do resultado, parece que o coração não bate do mesmo jeitinho!
    Um beijo,
    Luiza

    ResponderExcluir
  13. Luiza, obrigada pela preocupação e carinho, mas não se preocupe, ele sumiu de lá. Quero acreditar que sobreviveu porque se conseguiu entrar no meu apt. no 4º andar, não teria problemas em alçar vôo do pé de graviola.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪