16/01/2012

DEPOIMENTO DE PROTETORA APÓS TENTAR SOCORRER UMA CAPIVARA - RJ

----- Mensagem encaminhada -----
De: Karla Alves karla.fher@gmail.com
Para:
Enviadas: Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012 23:07
Assunto: AMIGOS, ESSE É UM E-MAIL DE PROTESTO. KARLA RJ

AMIGOS, POR FAVOR LEIAM ESSE E-MAIL ATÉ O FIM E REPASSEM A SUAS LISTAS.
NÓS, PROTETORES, BRASILEIROS, PRECISAMOS SER OUVIDOS, PRECISAMOS SER RESPEITADOS.

HJ RECEBI UMA DENÚNCIA DE UM AMIGO MEU, QUE HAVIA UMA AGLOMERAÇÃO EM JACAREPAGUÁ AO REDOR DE UM RIACHO PRA PEGAR E MATAR UMA CAPIVARA.
ESSE MEU AMIGO ESTAVA PASSANDO DE CARRO E QUANDO VIU A AGLOMERAÇÃO E CONFUSÃO ME LIGOU IMEDIATAMENTE.
SAÍ CORRENDO PRA LÁ PRA VERIFICAR A REALIDADE DO QUE ESTAVA ACONTECENDO.
ENDEREÇO: RUA MONTE SIÃO, ESQUINA COM A RUA MINISTRO GABRIEL DE PIZZA, EM FRENTE A ESCOLA MUNICIPAL JULIANO MOREIRA, JACAREPAGUÁ, CIDADE DE DEUS.
CHEGANDO LÁ, ME DEPAREI COM UMA CENA DE FILME DE TERROR.
VÁRIOS HOMENS COM PAUS, PEDREGULHOS IMENSOS, CORDAS, GRITANDO, BERRANDO, XINGANDO, GARGALHANDO, PARECIA O VERDADEIRO INFERNO.
DOIS NEGROS ENCABEÇAVAM O MASSACRE. UM SE DIZIA DO CORPO DE BOMBEIROS E JÁ DESCOBRI ONDE ELE MORA.
A VÍTIMA INOCENTE: UMA CAPIVARA BBZINHA, QUE CERTAMENTE SE PERDEU DA MÃE E ENTROU PELA TUBULAÇÃO DE ESGOTO INDO PARAR NAQUELE INFERNO.
FUI DIRETO TENTAR CONVERSAR COM O "CHEFE" DO MASSACRE.
DISSE QUE ERA DA PROTEÇÃO ANIMAL E QUE TINHA SIDO MANDADA PRA LÁ PRA RESOLVER O IMPASSE E QUE A POLÍCIA ESTAVA VINDO LOGO PRO LOCAL (É CLARO QUE EU ESTAVA BLEFANDO QUANTO A POLÍCIA).
ELES VIERAM ME AMEAÇANDO COM PAUS E PEDRAS, ME ENCURRALANDO PERTO DE UMA RUA SEM SAÍDA.
ENTÃO PEGUEI UM PEDAÇO DE PAU NO CHÃO E ME POSTEI NA FRENTE DA ÚNICA ENTRADA QUE TINHA NO RIO, POR ONDE ELES PRETENDIAM DESCER PRA FICAR MAIS PERTO DA BICHINHA E PODER MATA-LA.
GENTE, EU TREMIA INTEIRA DE MEDO.
PEGUEI O TEL NO MEIO DA CONFUSÃO E LIGUEI PRA ANDREA NEVES GRITAR POR SOCORRO, LIGAR PRA POLICIA, BOMBEIROS, IBAMA, POLICIA AMBIENTAL, POIS EU NÃO CONSEGUIA LIGAR PRA NINGUÉM ESTAVA APAVORADA E MEU TELEFONE LIGA DIRETO PRO NÚMERO DA ANDREA.
EU ESTAVA SENDO AGREDIDA, QUERIA A POLICIA NO LOCAL, ESTAVA SOZINHA PRA DEFENDER A CAPIVARA.
ENQUANTO UM DELES COLOCAVA O DEDO NA MINHA CARA ME FAZENDO UM MILHÃO DE AMEAÇAS, OS OUTROS FORAM POR TRAS DE MIM E CONSEGUIRAM DAR UMA PAULADA BEM FORTE NA CABEÇINHA DA BB CAPIVARA E TB JOGARAM PEDRAS.
ELA FERIDA, ENTROU NOVAMENTE NA MANILHA PRA SE ESCONDER DAS AGRESSÕES.
COMEÇEI A CHORAR E PASSAR MAL, ENQUANTO A ANDREA ACOMPANHAVA TUDO POR TELEFONE, ME GRITANDO DIZENDO QUE NINGUÉM IRIA AO MEU SOCORRO, NEM BOMBEIRO, NEM POLICIA MILITAR, NEM IBAMA, NEM POLICIA AMBIENTAL.
SIMPLESMENTE UM MANDAVA LIGAR PRO OUTRO E FORAM CATEGÓRICOS EM DIZER QUE NÃO IRIAM.
FOI QUANDO COMEÇEI A PASSAR MAL E PERDER AS FORÇAS E ELES AMEAÇARAM JOGAR PEDRAS EM MIM PRA EU SAIR DALI PRA ELES PODEREM DESCER PRA ENTRAREM NA MANILHA ATRAS DELA.
A ÚNICA COISA QUE PENSEI E REZAVA NO MOMENTO ERA PRA QUE A PEQUENA CAPIVARA CONSEGUISSE FAZER O CAMINHO DE VOLTA PELA MANILHA E ELES NÃO CONSEGUISSEM PEGA-LA.
ENQUANTO ISSO, FUI DEIXANDO A PEQUENA CAPIVARA GANHAR TEMPO, INDO COM PAU PRA CIMA DELES E JOGANDO PEDRAS DE VOLTA.
OS DOIS "CHEFÕES" DO MASSACRE FALARAM UM COM O OUTRO E FORAM SAINDO DO LOCAL JUNTOS.
ANDREA QUE ESTAVA NA LINHA DURANTE TODO O TEMPO GRITOU PRA QUE EU SAISSE CORRENDO DALI QUE ELES PODIAM TER IDO PEGAR UMA ARMA.
EU QUE A ESTAVA PASSANDO MAL DE VERDADE, COM EXTREMIDADES DORMENTES, BOCA SECA, DOR NA NUCA E PERNAS TREMENDO, RESOLVI OBEDECER E SAÍ CORRENDO DE LÁ, POIS JÁ ESTAVA ESCURO E FICANDO PERIGOSO DEMAIS.
MEU PADRASTO FOI PRA LÁ AGORA A NOITE A PEDIDO MEU, VER SE TINHA ALGUMA INFORMAÇÃO SOBRE E BICHINHA.
O QUE ELE SOUBE É QUE DESCERAM ATRÁS DELA MAS NÃO CONSEGUIRAM CHEGAR ATÉ ELA PORQUE SÓ CONSEGUEM CHEGAR ATÉ UM CERTO PONTO DA MANILHA E ELA ESTÁ ESCONDIDA MAIS PRA TRÁS.
A PEQUENA CAPIVARA AINDA ESTÁ LÁ, ESTÁ FERIDA DEVIDO AS PEDRADAS E PAULADAS QUE LEVOU.
OS MONSTROS FICARAM DE VOLTAR AMANHÃ PELA MANHÃ PRA PEGA-LA.
OBRIGADA, POLICIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO, PELO DESCASO E OMISSÃO DE SOCORRO A MINHA PESSOA.
OBRIGADA CORPORAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS DO RIO DE JANEIRO PELO DESCASO E DESRESPEITO A UMA VIDA.
OBRIGADA IBAMA E POLÍCIA AMBIENTAL PELO TOTAL DESREIPEITO PELA VIDA ANIMAL.
ESSE É O MEU PROTESTO.
KARLA RODRIGUES ALVES FERREIRA, QUE VIVE NUM PAÍS DE MERDA CHAMADO BRASIL, ONDE AS AUTORIDADES COMPETENTES SÃO TOTALMENTE INCOMPETENTES.
OBRIGADA.

16 comentários:

  1. só consigo dizer PQP....cada vez mais tenho odio da raça humana e de infelizmente fazer parte dela...


    Simone

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quanto horror!!!!!!!!!!!!!!! Nem sei mais dizer o que sinto diante de tanta crueldade, nojo, raiva, terror... é pouco. Pior ainda quando constatamos que as ditas autoridades (in)competentes não movem uma palha para solucionar os problemas, isso causa uma revolta... Já passei por isso e é terrível, conheço a omissão da polícia, de agentes da prefeitura e de bombeiros.

    ResponderExcluir
  3. Que horror...
    Vc tem toda razão... este país é de merdas humanas....sem cultura e descontando tudo que lhes é de ruim, (com certeza se algo está errado a culpa é de quem elege os governantes) sobre os indefesos animais.
    "qdo o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação Divina, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar o seu semelhante". Albert Shweitzer

    ResponderExcluir
  4. Esse povim ordinario, vive mal e nao sabe porque.

    Cambada de filhos da puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuta do inferno.

    ResponderExcluir
  5. Desirée Pradatzky16/01/2012 15:49

    Passei pela mesma situação há cerca de seis anos atrás. Perto de onde eu morava tinha um valão e quando cheguei tinha um aglomerado de gente. Fiquei intrigada e resolvi dar a ré com o carro e verificar o que acontecia. Fui informada por um dos imbecis que lá se encontrava que tinha uma capivara dentro do valão. Ao perguntar o que eles iriam fazer me disse "Vamos matar para comer, é claro!". Disse a ele que capivara é animal silvestre e o que eles queriam fazer era crime inafiançável (na época era, agora não é mais). Falei que ia chamar a polícia e foi o que fiz. Voltei ao local com a viatura da PM, pedi para os policiais ficarem no local até eu conseguir contatar o Ibama para resgatá-la. Fui até minha casa e constatei que não tinha telefone do Ibama no Rio de Janeiro (não sei se agora tem). Liguei para o CCZ que disse que não era da competência deles. Resolvi, então, ligar para a minha veterinária, que tinha o telefone de um setor do corpo de bombeiros responsáveis por resgate de animais silvestres. Liguei para eles, mas eles estavam em outra missão e iriam demorar. Nesse ínterim, os policiais já tinham saído do local com medo, pois também se tratava de local de traficante.Por sorte, a capivara se escondeu e ninguém conseguiu pegá-la. O setor do corpo de bombeiros responsável pelo resgate chegou à tarde. Ligaram para mim avisando que estavam chegando e eu fui até lá aguardá-los. Fui ameaçada. O pessoal dizia "Ah, essa aí é que é a X?", (quer dizer X9), uns menores arranharam meu carro com uma pedra. Depois chegou um carinha de bicicleta me indagando se tinha sido eu que tinha chamado a polícia e eu disse que sim. Aí ele falou: "Você não sabe que aqui tem boca?". Eu respondi: "Boca tem em qualquer lugar". O clima ficou muito tenso. Os bombeiros não conseguiram achar a capivara e foram embora. À noite, a capivara voltou e oi capiturada pelos desgraçados que queriam comer sua carne. A sorte é que eu tinha gente vigiando e me disse o endereço que ela se encontrava. Os bombeiros não quiseram ir lá à noite resgatá-la, temendo, pois eu fui ameaçada na frente deles. Eles icaram com medo de entrar lá à noite. A sorte toda é que eles pretendiam matá-la no final de semana. Pela manhã, o corpo de bombeiros esteve lá e conseguir resgatá-la e soltá-la em uma mata. Essa parte eu só fiquei sabendo pelos meus contatos e depois confirmei indo até o corpo de bombeiros alguns dias depois e tive a chance de encontrar a mesma equipe que a resgatou. Eu mesma, que lutei para a salvação daquela capivara, nem a conheci. Por isso, entendo perfeitamente tudo o que essa minha amiga (Acho que posso chamá-la assim) passou. Demorei muito para passar por ali. Passei a fazer outra rota para chegar em casa e, depois de seis meses, troquei de carro. Fiquei muito visada "a tia X9".

    ResponderExcluir
  6. Quem são os irracionais?

    ResponderExcluir
  7. anselmo padula16/01/2012 18:22

    Na hora ninguém lembrou pq a preocupaçao era a capivara, mas se tivesse dito à polícia que HAVIA UMA MULHER CERCADA POR UM BANDO DE DROGADOS ARMADOS COM PAUS E PEDRAS, IRIA CHOVER POLICIAIS.
    Fica o parabéns às heroinas, pois o objetivo foi alcaçado, q era salvar as capivaras.

    ResponderExcluir
  8. A polícia teria que ter ido. Reclame para a corregedoria, quero ver a desculpa que eles irão dar.

    ResponderExcluir
  9. Quando a policia mata uma raça dessas, fica todo mundo chorando...ai, era trabalhador...esses sim merecem ir pro inferno. Gentinha nojenta!

    ResponderExcluir
  10. caramba, gente, qta selvageria e barbarie! ja seria horrivel de qq maneira, e mais horrivel se torna qdo vemos q eh p/ capturar um filhote? uma capivara bebe? isso eh medonho demais.

    sheila, vc pode nos dar noticias da bebe, caso a protetora escreva de novo?

    anny

    ResponderExcluir
  11. São estas coisas que mostram o quanto o Brasil ainda é atrasado...
    Quando vamos evoluir??? Será que ainda falta muito? País que não investe na educação continua no esgoto e é o que temos por aqui e esta atitude mostra isso com muita clareza e o comentário da Desirée Pradatzky confirma tudo.
    Eu AMO as capivaras e durante uns 2 ou 3 anos cuidei das capivaras do Bosque da Barra até que uma a uma foram aparecendo mortas de maneira misteriosa e por querer saber o que estava acontecendo fui hostilizada. Acabei me afastando.

    ResponderExcluir
  12. Cristina Calixto16/01/2012 23:10

    Eu respondi à Karla exatamente tudo o que foi dito aqui nos comentários. Aconselhei-a a ir à Polícia, à Corregedoria, e até mesmo colocar uma reclamação das autoridades no site Reclame Aqui, pois muita gente reclama lá da Prefeitura cujas reclamações via internet à Ouvidoria, nem sempre são respondidas.
    Mas, infelizmente, como protetores e defensores, estamos cansados de saber que o Sr. Eduardo Paes não está nem aí para os animais e nem para a Defesa e Proteção deles.
    Por conseguinte, não dou e jamais darei meu voto para esse boçaloide, projeto de político.
    Em matéria de políticos, o Rio está completo com um pudim de cachaça de governador e um imbecil de prefeito. Lamentável.
    Em tempo: o incidente se deu na Cidade de Deus, mais uma das comunidades (não pode mais chamar de "favela") que dizem estar pacificada...

    ResponderExcluir
  13. Desirée Pradatzky17/01/2012 23:15

    Oi, Sheila. Se souber mais alguma novidade nos repasse, ok? Acredito que todos que postaram um comentário estão interessados em saber o final desse caso. Bjs.

    ResponderExcluir
  14. boa tarde a minha historia é quase parecida com a sua moro no meu rancho eu e meu esposo na margem do rio moggi guaçu no dia 15/06/02012 por volta da 1.30 da tarde um rancheiro veio até minha casa para pedir ajuda pois tinha uma capivara ferida com dois tiros nas costa foi ai k começou a tortura pedi ajuda para policia ambiental de santa rita do passa quatro me disseram k tinha k ser da cidade de sao carlos nada fizeram eu dei agua curei os fermentoa dela amigos a procura de ajuda pois pertencemos para cidade de descalvado um empurrando p/ outro nada fizeram por volta das17.30 ligaram k bombeiros de porto ferreira vinham buscar ela entao ficamos na estrada esperando e nada fui até minha cas peguei um cbertor e cobri a pobre fiz soro caseir fui dando p/ ela beber nao apareceu ninguém pedi para um amigo k ligase p/ os bombeiros disseram k nao acharam o rancho sendo k estavamos na estrada esperando e k nao vinham buscar ela pois aqui na nossa regiao nao tem lugar para levar tinha k deixar morrer ali mesmo foio k aconteceu ela hoje amanheceu morta eu lutei até 9.20 da noite e nao fui atendida.depois ambientaista vive falando de proteçao aos animais como se na cidade de descalvado ninguém me ajudou sendo k aqui tem protetores dos animais.

    ResponderExcluir
  15. Poucos são os que amam e defendem,verdadeiramente, os animais. A imensa maioria faz da Defesa Animal apenas um slogan, um distintivo, algo para se autopromover - odeio essa gentinha. Quem julga que veganos, vegetarianos, espíritas, "defensores de animais" são seres iluminados está redondamente enganado, a maioria não vale o ar que respira como o restante de nossa espécie canalha. Preocupar-se com algo ou alguém é colocar sim, sua vida em risco, e morrer se necessário for para tentar salvar um inocente ou uma causa, ninguém obriga ninguém a nada então, se vc se envolve em uma luta, deve ir até o final - saia disso vitorioso ou morto. É o que penso.

    ResponderExcluir
  16. Ontem passei também por um grande descaso.
    Um porco espinho está perdido na Rua Humaitá e caminhando na calçada. Está lá há 2 dias.
    Ligamos para os Bombeiros, para a prefeitura e ninguem pode ajudar, é um jogo de empurra e ninguem resolve nada.
    Lastimável como não temos um orgão responsável pela captura de animais silvestres ou de outros animais e que os mesmo sejam cuidados com dignidade.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪