30/01/2012

DA FAZENDA À GELADEIRA - ANIMAIS DE CONSUMO... URGH!

Já publicamos alguns vídeos da ONG Merci for Animals. É uma ONG porreta que investiga as crueldades contra aquelas animais chamados de "consumo".Veja só:

Mas, um leitor assíduo nos enviou este vídeo. Acho que viu no Vista-se ou no Cadeia. Vou publicar porque ele acha que falo pouco sobre estes animais e que nunca falo sobre vegetarianismo nem veganismo. São áreas delicadas que deixo para os entendidos do assunto. Tem muita gente boa no ramo...

Sou uma pobre entendedora de outras áreas como por ex.: humanos são (urgh!) humanos e animais são animais... um humano jamais conseguirá ser um animal porque este é nativo deste planeta e já nasce sabendo o que fazer para que a natureza viva e permita viver.... Humano não tem função dentro de nenhum ecossistema do planeta, tem que aprender a fazer tudo até mesmo andar ou falar... e se acha... Humano não é nativo e vive buscando sobreviver da forma mais estúpida possível.

Aprendemos na escola que existem animais racionais e os irracionais. Claro que sabemos em que classificação estamos, né? Agora animais humanos e não humanos é de uma incoerência que dá nó nas minhas tripas... urgh!!!!! Querendo inventar, acaba-se falando besteira... Aliás, o defeito maior das pessoas que militam na proteção animal é que todos acham que descobriram a roda.....quá quá quá...

Olha o vídeo é da pesada e as cenas são fortíssimas. NÃO VEJA. Mas, seja bonzinho (a) e mande para seus parentes e amigos que comem carne... eles vão "adorar" saber!!!!!


.

5 comentários:

  1. Heloisa Arruda30/01/2012 14:13

    Esse é especial para os que se indignam com a doida de São Paulo que matava os cachorros e depois comem um churrasquinho no fim de semana, tranquilamente... Onde fica a coerência??

    ResponderExcluir
  2. É verdade Heloísa, mas são estagios na nossa evolução espiritual. Cada um de nós está ocupando uma degrau da escada evolutiva. Um que come carne, mas que já respeita seus bichos de estimação está um pouquinho melhor do que o que não tem respeito por nenhum animal, não é mesmo? Falamos muito do respeito pelos animais, mas mesmo nós, vegetarianos matamos pra comer. De um jeito ou de outro estamos nos alimentando de outras VIDAS. Pesquisas já mostram que as plantam "sentem" ou captam nossas intenções para com elas, sejam boas ou más. A Sheila, sempre bate na mesma tecla reprovando os que se referem aos humanos como animais, porém pra mim somos animais sim, afinal a biologia nos coloca dentro desse Reino e até hoje não foi criado um reino a parte para a espécie Homo sapiens sapiens. Nossa espécie não pode ser inserida no reino protista, monera, vegetal, fungi , mineral etc etc. Todos temos uma origem comum, fato mais do que provado com a observação do desenvolvimento do embrião que recapitula em seu desenvolvimento todas as fases evolutivas pelas quais passamos(brânquias, saco vitelino, músculo que promove a oponencia do dedão do pé (como nos macacos); a ontogênese recapitula a filogênese (Haeckel).Querida Sheila, respeito sua opinião, mas a minha dessa vez é diferente. Se os amigos se interessarem fica uma dica de leitura que é "a Questão Espiritual dos Animais" de Irvênia Prada (Fe editora jornalistica Ltda.) me emprestaram e estou gostando.

    ResponderExcluir
  3. concordo com o comentário de arminda, não somos vegetais nem minerais, é lógico que somos animais, mesmo extraterrestres seriam animais, a não ser que assumam uma forma biológica completamente diversa ainda ignorada. O fato de sermos a espécie mais cruel e arrogante não nos isenta de sermos animais, tanto é que agimos com semelhança a alguns em uns momentos, como ácaros que matam uma planta e depois morrem porque a mataram. Nós matamos o planeta e depois, morreremos tal qual os ácaros, porque não temos a racionalidade de refletir sobre nossos atos e alterá-los de maneira benéfica ao mundo

    ResponderExcluir
  4. Sou covarde e nao vi o video, mas estou repassando.

    ResponderExcluir
  5. Plantas não têm sistema nervoso. Logo, não sentem.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪