03/01/2012

CHARGE INFELIZ SOBRE ABANDONO DE ANIMAIS DURANTE AS FÉRIAS

O jornalista da Zero Hora foi muito infeliz!!!!!
não deve ter "loção' do quanto favoreceu a imaginação dos leitores em resolver um "possível problema" durante sua saída de férias.... ô nojo!!!!!!!!!!!!! Agradeço ao nosso leitor Renato pelo envio da charge publicada no Jornal Zero Hora do dia 30/12/11.
autor da charge: iotti@zerohora.com.br
_________________
Nota: o autor da charge se pronunciou nos comentários. Ele foi infeliz, mas, acredito na sua boa intenção, inclusive, por ter feito uma mea culpa... todos nós somos capazes de errar. Quem não o fez... atire a primeira pedra...
_________________
Vejam a charge que ele publicou no dia seguinte no Jornal Caxias do Sul:
http://www.ogritodobicho.com/2012/01/charge-para-corrigir-furada-legal.html

.

39 comentários:

  1. Rajla Simonetti03/01/2012 14:01

    Ahhh sim, que infeliz isso. Já mandei um e-mail para eles, e a ZH me retornou pedindo meus dados para publicar o meu e-mail, agora se será publicado não sei, só acho que eles deveriam fazer mais que publicar um e-mail, deveriam fazer uma matéria completa sobre as consequencias do abandono de animais.
    Atenciosamente, Rajla.

    ResponderExcluir
  2. Esse cara é mesmo um idiota mal informado que faz piada de uma verdadeira desgraça! O pior é que essa cena acontece milhares de vezes nessa época aqui no RS.
    Perdeu a oportunidade de ficar quieto.

    ResponderExcluir
  3. Não vi o jornal, mas fiquei meio encucada agora, porque assim, fora de contexto, me pareceu que pode ser um tipo crítica a quem toma essa atitude (mesmo que não tenha ficado tão claro assim). Será que não podia ser isso?

    ResponderExcluir
  4. Querida Sheila: na verdade, vi esssa charge por outro lado. Eu achei que o desenhista quis mesmo criticar a irresponsabilidade de quem faz uma coisa dessas. Às vezes, a gente acha que quando uma idéia ruim é publicada, damos "asas à imaginação" das pessoas incorretas, mas essas pessoas são ruins por natureza e não precisam que ninguém lhes dê más idéias, porque já as têm. Infelizmente...

    ResponderExcluir
  5. carinha idota esse heim!!!!!

    vou mandar um recadim pro email desse babaca !!!

    ResponderExcluir
  6. ...mas infelismente é charge de uma realidade...

    ResponderExcluir
  7. Que absurdo!!!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. O Iotti fez isso? Vai pro face. Brincadeiras deve ser feitas com responsabilidade!

    ResponderExcluir
  10. Já escrevi para o autor da charge manifestando meu repúdio..... será que era pra ser engraçado???????

    ResponderExcluir
  11. que "piada" infeliz! que ideia cruel! até a palavra bicho foi usada com desprezo.iotti foi realmente sem noção! que pena...
    por Ligia Sommers

    ResponderExcluir
  12. Um chargista como ele o ZERO HORA deveria jogar pela janela, porque ele já provou que não serve pra nada.Lamentável.

    ResponderExcluir
  13. no minimo esse imbecil vai fazer ou ja fez isso com a mãe dele tb...idiotaaa...
    quem foi o retardado que teve essa brilhante ideia e achou que estava arrasando na comedia...? é uma besta quadrada msm.

    Simone

    ResponderExcluir
  14. sandra marelli03/01/2012 16:42

    Infeliz é pouco! Com toda certeza é o que já fez quando enfrentou a mesma situação. Além de ter praticado (sem ninguém presenciar) ainda dá o péssimo exemplo fazendo a charge! Francamente!! Com tanto assunto sério sobre os animais o cara é um desocupado e totalmente aleatório da situação que enfrenta os animais.

    ResponderExcluir
  15. essa charge demonstra claramente que ter curso universitário e diploma não torna ninguém inteligente, pq essa charge só poderia ser criada por uma mente muito imbecil.

    ResponderExcluir
  16. Olá para todos. Aqui quem escreve é Carlos Iotti, autor da charge. Antes de tudo gostaria de registrar meu espanto com a interpretação que foi dada à charge. A minha ideia era exatamente oposta à essa. A ideia da charge é uma DENÚNCIA à essa barbaridade que acontece nessa época do ano. Tenho 27 anos de charge e sempre defendi os direitos dos animais. Trabalhei com a SOAMA de Caxias do Sul em um calendário ilustrado e seguidamente faço charges reivindicando melhor atenção ao peludos de lá. São mais de 3 mil entre cães e gatos ABANDONADOS. Infelizmente, acredito que não me fiz entender nessa charge. Mea culpa.

    ResponderExcluir
  17. Mandei e-mail pra esse infeliz autor dessa charge.

    No mínimo disse que ele é um COVARDE.

    Porque além de crueldade isso também é COVARDIA.

    Falta de consciência.

    ResponderExcluir
  18. Quer dizer que uma família que tem também um IDOSO ACAMADO ou CRIANÇA e que queira viajar é só jogá-los fora?!??


    Quem fez essa charge é um FDP!!!

    ResponderExcluir
  19. Cristina Calixto03/01/2012 18:29

    A ideia infeliz deve ser aplicada aos pais que ficam idosos e esclerosados, impedindo que a gente curta melhor as horas livres e aos filhos "especiais", que também roubam nosso tempo e nos impedem de viajar, né não?

    Só achei estanho a Sheila não solicitar o envio de mensagens de repúdio, inclusive fornecendo logo o email da criatura abominável que se utiliza de um dom que lhe rende o sustento e de um veículo público para publicar sandices assim.

    ResponderExcluir
  20. Discordo da maioria. O cartunista claramente critica e ridiculariza o tipo de gente que faz a atrocidade de descartar os animais de estimação. O cartum é de denúncia e conscientização.

    ResponderExcluir
  21. hunm... pode ser... mas ficou difícil de entender dessa maneira...

    a maioria vai achar que ele está sugerindo essa solução....

    ResponderExcluir
  22. Tenho a impressão, que o jornalista quis fazer uma crítica, mas não soube terminar a charge. Não sei, mas foi essa a impressão que eu tive, não acho que fez por pura maldade nem piada. Ele foi infeliz em formular a crítica.

    ResponderExcluir
  23. Patricia Tai03/01/2012 22:09

    Iotti,

    Eu estava quase sugerindo que fosse ajuizada uma ação pois isso incita abandono de animais, que é crime. Muito grave, se puder fazer algo mais além de se justificar e pedir desculpas, acho recomendável, além de necessário, pois a indignação já foi para as redes e prejudica a sua imagem bem como a do jornal, e já que a intenção foi contrária a isso conforme você mencionou...
    Me desculpe, é a minha opinião.

    Patricia

    ResponderExcluir
  24. Sei que pode errar, mas pôxa, isso não se faz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Vcs atingem muitas pessoas, vc. simplesmente incentivou abandono de cães. Só espero que você faça outras charges construtivas ao invés de destrutivas.... Na verdade, acho que você desenhou o que tá no seu coração...

    ResponderExcluir
  25. Dependendo do perfil do leitor, esta charge pode soar como crítica, ou, por outro lado, como permissivo. Realmente, o único remédio será a publicação de uma matéria esclarecedora sobre o posicionamento do autor e do jornal a respeito do abandono de "bichos" de estimação.Inclusive, para orientar aqueles que não sabem ainda como hospedar seu animalzinho durante as férias, sobre a possibilidade de adquirirem bichinhos de pelúcia, ao invés de adotarem seres vivos, sensíveis e afetuosos.

    ResponderExcluir
  26. Concordo com a Tahis D P, opinião bem interessante. Tb entendi a charge como uma crítica a pessoas que agem assim, aliás uma das características das charges é criticar.

    ResponderExcluir
  27. Ao bom entendedor, meia palavra basta. Ao analfabeto funcional fanatizado, nem um tutorial explicadinho de cabo a rabo pelo Steave Job. O fato é que o Iotti é um grande artista, um grande chargista, de rara sepa. Infelizmente as críticas contra a charge partem de uma interpretação equivocada do que ali está claramente colocado. Fosse questão de uma prova de interpretação e redação, todos teriam como resultado um ZERO bem redondo. Iotti, com a sua inteligência irônica que lhe é particular, mais que uma piada, fez uma crítica contundente, uma oportuna "crônica do cotidiano". Não culpem o carteiro pela má notícia. Esta é a realidade que inúmeros grupos e ONGs de defesa dos animais estão enfrentando cotidianamente, no exato momento em que escrevo estas linhas. Essa perda de foco, esse erro de interpretação, essa incitação do artista à fogueira, pretendida por vários escribas que se manifestaram aqui, me parece exacerbada, desrespeitosa e obscurantista. Alguns são dignos do divã de um psicanalista, outros do retornarem aos bancos escolares. Me solidarizo com o Iotti, e sua elevada postura que, em detrimento de sua sincera e verdadeira intenção crítica e artística, em consideração às opiniões alheias, ainda que resultado de uma confusa ou má interpretação, teve a grandeza de assumir humildemente o ônus de não fazer-se entender. Temo este clima de caça às bruxas. Do humor sempre fez parte a ironia, a caricatura, o sarcasmo. Não por outra razão é considerado uma expressão da crítica mais inteligente e universal. Mas como o ser humano tantas vezes é incapaz de alcançar o verdadeiro propósito da arte, não serei eu a iluminar as mentes limitadas dos senhores e das senhoras por deturparem a ideia original do artista, que crucificaram indevidamente por má leitura o mestre das tirinhas e das charges, IOTTI.

    ResponderExcluir
  28. Simplesmente nojento!
    Deve ser isso que ele faz ou faria com seus animais, se e que os tem , eu duvido que os tenha.
    So mesmo ele, o jornalixo, deve ter
    achado graca.

    ResponderExcluir
  29. Quem acompanha o trabalho do Iotti tem certeza de que a intenção dele foi mostrar o triste cotidiano das estradas na época de férias, de pessoas sem nenhum amor e apego pelo animal com que convivem.

    ResponderExcluir
  30. É exatamente isso que a maioria das pessoas fazem.Outro dia eu ia para uma cidade vizinha visitar uns parentes e vi um pinscher pequeno jogado às margens da rodovia. Ele ia e eu voltava,um trânsito gigantesco.Alguém o jogou lá.E eu estava de carona e o motorista não parou para eu recolhê-lo.Disse que eu não conseguiria atravessar a rodovia sem ser atropelada.pior é que era verdade.Foi um dia muito triste para mim.

    ResponderExcluir
  31. charge de acordo com o jornal
    nota ZEROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    péssimo gosto e exemplo para os leitores

    ResponderExcluir
  32. Concordo com o Alexandre, ainda que ele tenha sido um pouco indelicado, porém ele teve uma reação parecida com a de quem apontou a charge como um incentivo aos maus tratos, ao invés de vê-la como crítica.

    Acho que antes de reclamar, é preciso perceber as coisas com atenção. As charges têm como característica a crítica político-social em relação ao nosso cotidiano e para isso utiliza-se da sátira. Talvez não tenham hábito de ler charges e cartuns, mas se passarem a fazer isso descobrirão que estão errados. E podem apostar que quem gosta de charge (eu me incluo nesse quesito), entendeu perfeitamente o recado do autor.

    Isso deveria servir como aprendizado para não mais cair em situações como essas. Eu vivo reclamando que defensores de animais e da natureza são estigmatizados, porém tal situação só reforça essa visão que a maioria da sociedade tem.

    ResponderExcluir
  33. Gente louca, enfurecida e sem cultura! Não sabem interpretar uma charge?

    Infeliz é quem não entende o significado de uma charge! Também, pelo nível dos comentários mal redigidos, difícil esperar algo melhor. Nunca devem ter feito o exercício de compreender uma mensagem através das sutilezas.

    São preguiçosos, nem se deram ao trabalho de tentar entender, mais fácil é agredir o artista! Parecem criança mimada que, frustrada, ao invés de ver a própria deficiência, coloca a culpa na outra pessoa.

    Santa ignorância!

    ResponderExcluir
  34. Que imbecil!! Brincadeira estupida, pense antes de escrever estas idiotices!!

    ResponderExcluir
  35. Ele se explicou que quis criticar, na verdade, como é charge, e as charges são criticas dá para entender. O problema são os milhões de analfabetas e anencéfalos que temos neste país que vão olhar a charge e achar que ele deu foi uma ideia do que fazer. Pessoalmente, acho que o ideia seria a charge ser acompanhada de um texto criticando o abandono assim, algo nesta linha, se não pude cuidar do um animal por toda a sua vida toda, não tenha.

    ResponderExcluir
  36. Fábio Bristot18/01/2012 18:33

    Meu Deus quanta bobagem. Sou de Caxias e conheço o Iotti há anos, inclusive trabalhei na mesma rádio com ele. Posso garantir que ele é um grande defensor dos direitos dos animais, inclusive publica charges sistematicamente em favor dos animais e das associações que os defendem em Caxias. Agora interpretar a charge como uma sugestão do que fazer com o seu bichinho, a criatura tem que ser muito imbecil. Me desculpem, mas eu duvido que todos vcs que criticaram o Iotti tenham feito 5% do que ele fez em favor dos animais abandonados aqui da região. Vão procurar alguem que realmente merece ser criticado. E antes que falem de mim, tenho 2 cachorros e 2 gatos, todos recolhidos da rua e minha esposa é atuante na rede de protetores.

    ResponderExcluir
  37. Êle teria lucrado mais, se tivesse ficado calado. Foi muito infeliz em sua charge, que linda sugestão em meu amigo? Que belo exemplo vc deu, para este povo, sem educação, sem cultura, que desconhecem a palavra " VIDA ". Não faz mais isto não, tá?
    Foi péssima a imagem que ficou de vc e do seu comentário. Minha indignação!

    ResponderExcluir
  38. Gente idiota que crê que charge é somente humor... Ele claramente fez uma crítica, mas acredito que vocês e o autor desse blog, deveriam, pelo menos aprender a interpretar, antes de dizem merda... Agora é bonitinho ficar posando de defensor dos animais...

    ResponderExcluir
  39. Gente, uma das principais características do gênero charge é crítica social, a indicação de problemas sociais não observados pelos próprios cidadãos e/ou pelas autoridades. No entanto, a crítica muitas vezes é realizada através de mecanismos linguísticos de ironia... O trabalho acima claramente é uma crítica aos indivíduos que compram ou adotam animais e, no período de férias, os abandonam em qualquer lugar. Coitado do Iotti! Teve que fazer uma charge explicitando a sua intenção porque o povo não é capaz de entender o trabalho dele... O pior, por pura ignorância!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪