12/01/2012

CENTENAS DE CÃES SÃO RESGATADOS NA TAILÂNDIA

clique para ampliar
Imagem 12/25: Centenas de cães são resgatados, na província tailandesa de Nakhom Phanom, perto da fronteira com o Laos, antes de serem enviados pelo rio Mekong para o país vizinho, onde seriam vendidos para consumo. Oficiais da Marinha resgatou cerca de 800 cães que seriam transportados para Laos - EFE
Fonte: UOL
.

7 comentários:

  1. Morro de pena, mas é uma questão de cultura. Aqui quem anda assim nos caminhoes sao o gado, porcos e galinhas...... Ainda bem que os 2 primeiros eu ja consegui parar de comer.
    q bom que esses anjinhos foram salvos! mas, deve ser dificil conseguir abrigo e adoção pra tantos caes assim de uma vez só... Que São Chico os proteja!

    ResponderExcluir
  2. Odeiooooooooooooo essa raça desgraçada, excomungada, maldita !!!!

    ResponderExcluir
  3. Mari, a quem você se refere quando escreveu "raça" maldita? Está se referindo a essa raça de cães? Ou se refere à raça dessas pessoas do sudeste asiático? Primeiro que somos todos da mesma raça, a raça humana, então vc está dizendo que todos somos nós humanos somos malditos e excomungados. E segundo, se vc está se referindo apenas a essa "raça" do sudeste asiático, será que vc nao está sendo muito racista nao? E outra, vc já viu aqui no Brasil, a polícia ou alguém resgatar os bois, vacas, porcos, e aves que estão indo para o abate? Que estão sendo transportados naqueles caminhões que nem sequer podem se mexer? Aliás, pelo menos esses cães puderam viver um pouco de suas vidas em liberdade, antes de terem sido capturados. Enquanto nosso gado, e nossas aves nunca puderam viver em liberdade, nem sequer tem noção do que é a vida, viveram sempre trancados , presos sem poder se mexer, sofrendo até mais que esses cães. Vc ou seus parentes não comem carne? E se comem, vc nao se considera também "maldito, excomungado, e desgraçado" da mesma forma que vc se referiu àquele povo que comeria os cães?

    ResponderExcluir
  4. Não anonimo não como carne, por enquanto sou ovo láctea e como peixe uma vez por més. Concordo com vcs que os animais criados para o abate aqui tb sofrem e muito, mas discordo que que sofram igual a esses cachorros e gatos. Os cães e gatos são fervidos vivos nos países asiáticos. Aí está a maior diferença. A forma de abate. Que eu saiba hoje em dia, digo hoje em dia, pq antigamente não era assim, o bem estarismo, embora eu discorde um pouco dessa linha, ela está regulamentando o abate de animais de consumo nos abatedouros industriais. Não sei se funciona sempre, mas é um caminho para que um dia, já que a humanidade não vai se tornar vegana ou vegetariana, os animais de consumo sofram cada vez menos. No entanto,na China e outros países orientais tanto os cachorros quantos os porcos, morcegos, macacos etc..não são sedados antes de morrer. E eu digo sim, é um país de M. Se quiser olhar para o ser humano, o que me diz de um país que abandona as bebes do sexo feminino para morrer no mato ou se tiverem um pouco de compaixão, as abandonam na porta dos orfanatos?

    ResponderExcluir
  5. Rosalia Marçal13/01/2012 16:21

    È um povo maldito e sem coração,come tudo, até parece um alien que acha está só no planeta.

    ResponderExcluir
  6. Carla, eu não sei como eles abatem os cães nesses países, se for do jeito que vc está dizendo, concordo que eles sofrem muito. Mas se tivesse que escolher, qual vc escolheria: ter uma morte dolorida, mas ter vivido em liberdade? Ou uma morte sem dor porém ter vivido sempre preso e sem quase poder se mexer? E também o abate humanizado, que vc referiu, infelizmente está muito longe de chegar até o consumidor, pois são pouquíssimos abatedouros que realizam esse tipo de abate. Hoje em dia, é só irmos para as zonas rurais no interior do Brasil, e ver que o abate desses animais continua ocorrendo de forma cruel e sem dó. É possível ouvir de longe os “gritos” de desespero dos porcos e carneiros sendo mortos. Aqui está um vídeo de um abatedouro nos Estados Unidos ( o país mais desenvolvido de todos) http://www.youtube.com/watch?v=CaVOgxHbXp0 , o sofrimento desses animais não deve ser tão diferente do sofrimento desses cães no sudeste asiático. Outro exemplo é o tão famoso “foie gras” francês em que se torturam os patos e gansos para sua produção , em que se faz a alimentação forçada dos gansos para que seus fígados fiquem gordurosos( assista ao vídeo http://www.youtube.com/watch?v=Ojvu7qHWqoM ), é uma iguaria consumida por muitos países europeus. E será que por causa disso podemos generalizar e considerar todos os brasileiros, americanos e europeus também como povo maldito, excomungado, desgraçado? Isso seria puro racismo.
    E quanto à parte humana, se esses países são países de “M”, é por causa de suas condições sócio-econômicas. E o fato de alguns desses países orientais estarem assim, se deve muito à culpa do Ocidente. As potências ocidentais que exploraram, empobreceram, e frearam o desenvolvimento desses países, além de terem sido submetidos a vários conflitos e guerras, muitas destas causadas por interesses ocidentais (que o Brasil felizmente não sofreu). O Laos , país em que esses cães estavam sendo enviados, por exemplo, foi o país mais bombardeado da HISTÓRIA DA HUMANIDADE, pelos Estados Unidos, durante a guerra do Vietnã, uma bomba a cada 8 min , 24h por dia. No caso da China, depois de ter sido dominada pelos europeus, ter sofrido com a guerra do ópio e outros conflitos, depois com a invasão japonesa e a segunda guerra mundial, e mais tarde com a repressão da ditadura comunista, é de se esperar que as coisas não fiquem tão boas assim, eles realmente perderam parte de seu humanismo e da própria religião. É verdade que o abandono de meninas ocorre ainda hoje na China, porém há vários fatores que causam isso como a extrema pobreza, a superpopulação e a política do filho único, o fato do governo cobrar imposto para segundo filho, e a tradição de que o homem carregue o nome da família, são alguns fatores que ocasionam esse fato. Julgar é fácil, difícil é se colocar no lugar com todas essas circunstancias e condições. Porém hoje as coisas na China e na Ásia em geral estão mudando, as famílias estão enriquecendo e têm melhores condições de vida, esse tradicionalismo antigo (do nome da família) está de certa forma desaparecendo , e ocorre muitos incentivos do próprio governo e da população para que isso mude,e realmente está mudando. Nós deveríamos ter compaixão por esses povos também, afinal ninguém escolhe para nascer em um lugar pobre, explorado, em que se passa fome, sem educação, sem condições de vida adequada e intensamente reprimido.
    Obs: minha intenção não era gerar polêmica ou alguma discussão não saudável. Mas sim rejeitar as formas racistas como estão sendo expressos alguns comentãrios, que deveria ser inadmissível em nosso país atualmente.

    ResponderExcluir
  7. Concordo que e uma raca desgracada! Porque alem das torturas horriveis que fazem com os animaizinhos,o prazer que se ve na cara dos assassinos quando cometem os crimes e de dar vomitos....E e feito ali na cara de todo mundo sem consequencias....
    Agora... se alguem esta comecando a tomar providencias para impedir este Holocausto, esperarei p/ ver se e toda a raca ou so a maioria.... No Brasil tambem existem os(as) malditos(as)assassinos (as) covardes e ate agora so vi reclamacoes e lamentos do povo e a espera que a lei va fazer algo....Nao se pode esperar mais...Eu insisto que a solucao e linchar os malditos assassinos e covardes, senao eles sempre ficarao impunes e os casos esquecidos....Se comecarem a linchar um por um dos(as) malditos(as) desgracados(as) eu posso garantir que os casos vao diminuir muito....Ja que nao vao p cadeia tem que acabar com esses demonios de alguma maneira... E para aqueles que nao se importam com os inocentes animais, lembrem-se que assim comecam os assassinos de gente, principalmente de criancas tao indefezas como os animais...
    Deus nos ajude a vencer essa guerra!!!!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪