02/07/2011

MAIS UMA VEZ, OS POMBOS LEVAM A CULPA DA IMUNDICE HUMANA

Eu morro de ódio quando vejo matérias como esta... Falta inteligência!!!! Se fosse verdade o RJ, SP e tantos outros centros urbanos tinham que estar no CTI .... Que nojo!!!! mas que nojo!!!!! Pior é que a gente não tem direito nem de falar!!!!

Enquanto nos bairros pobres de Nova York usam os pombos para tirar jovens e adultos da marginalidade, aqui, neste país tupiniquim, somos obrigados a ver matérias imbecis contra estas aves....

Pelo amor de Deus!!!!! dispenso comentários sobre a exploração americana sobre a columbofilia.... Entre a tragédia de vê-los mortos envenenados, eu prefiro vê-los satisfazendo a vaidade humana... pelo menos vivem em liberdade, comem bem e são respeitados, dentro dos limites esperados de um "serumano"...



Jornal da Band - 25/06/11

Engraçado que quando um veículo abre a boca, os outros adoram repetir as besteiras.... Se vocês quiserem comprovar, só se fala em pombos em junho, julho e agosto....É nojento mesmo!!!! Isto porque jornalista olha o que se falou há um ano atrás e repete!!!!! é um saco p´ra quem acompanha a questão como eu. Tenho meu pombal em casa e nunca tive porcaria nenhuma nestes anos todos, embora, saiba que tem até protetor que acha que pombos são "ratos alados"... ah, que ódio!!!! Leiam a matéria do Jornal O Dia "Alerta contra pombos no Rio"
.

17 comentários:

  1. Que nojo dessa gente, dá até vergonha de ser humana.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho um amigo que é Professor Universitário, que espanca toda essa estupidez com as informações necessárias. O Prof Vaz Rogério. Consulte-o e poste aqui!!

    ResponderExcluir
  3. Me lembro de uma discussão em que uma doutora afirmava que a lista de doenças que os pombos podem nos transmitir é tão grande quanto a de qualquer outro animal, incluindo o animal humano.

    Não sei o que está por trás dessa perseguição. Será a Big Pharma com algum novo veneno?

    Celia (arvoresnacidade)

    ResponderExcluir
  4. Com tantos problemas neste país, jornalistas e os meios de comunicação, escrevem essas bobagens e incitam a população contra os pobres pombos. Atitude inconsequente, no mínimo.
    Qdo criança, ganhei de meu pai, um casal de pombos. Com a procriação e com outros que se achegaram, cheguei a ter mais de 200 - e nunca fiquei doente por isso. Um dos grandes problemas do serumano (mais um) é ser FRSCO.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Aqui em Londrina é a mesma ladainha...........cortam as árvores,depredam o ambiente,as coitadas das aves não tem pra onde ir,ficam sem abrigo e a culpa é delas!Pode?

    ResponderExcluir
  6. Oi Sheila,

    Deixa te perguntar: Quais estudos científicos existem sobre o tema que poderiam mostrar a falta de fundamentos e a ignorância na questão? Não seriam os cientistas os primeiros a criar e propagar tal opinião? Os protetores precisam saber para ter argumentos FUNDAMENTADOS para combater imbecilidades como estas. Isso vale também para morcegos, rolinhas etc.. Cerio que enquanto não temos evidências empíricas disto ou daquilo, comprovações e estudos sérios, nada podemos dizer nem contra nem a favor, inclusive para não perdermos na tentativa de eliminar equívocos da mídia imbecil e da opinião pública maria-vai-com-as-outras.
    Abs.,
    Frederico

    ResponderExcluir
  7. os brasileiros vao para Milan e tambem autras cidades na Italia e faz fotografias com pombos na cabeça e nos braços eles acho graça aqui eles quiero matar.,falo que dá doença.Absurdo.

    ResponderExcluir
  8. Absurdo falarem tanta merda como falam sobre os pombos enqnto chamados humanos fazem imundices, um grande ex. são as baladas da R.Augusta-SP -SEXTA, SÁBADO, DOMINGO E SEGUNDA, PASSEM PELA RUA aUGUSTA E r. fREI CANECA E VEJAM O QUE FAZEM A MOÇADA MAL EDUCADA ANTES DE FALAREM DOS POMBOS OU DE QQ. OUTRO ANIMAL, SOU TB. CONTRA Q MUITOS NÃO RECOLHEM AS CACAS DOS SEUS CÃES MAS E DOS MORADORES DE RUAS QUEM PEGA?! ARRUMEM PRIMEIRO ISSO PRA DEPOIS RECLAMAREM DOS ANIMAIS...
    PENSEM, REFLITAM - EDUQUEM...

    ResponderExcluir
  9. Há mais pombos do que gente nos países da Europa e ainda assim, nunca ouvi uma notícia sequer, sobre mortes causadas por alguma doença causada pelos pobres bichinhos.
    É sempre no Brasil, onde a população cresce sem controle e responsabilidade e cujo o consumismo desenfreado polui e destrói o país, criando e espalhando doenças pelos quatro cantos. O ser humano é a criatura que mais transmite doenças, mas o brasileiro é o único que não admite.

    ResponderExcluir
  10. A maior prova de que não são os únicos no planeta a transmitir doenças,é a própria repórter, dizendo que os idosos os alimentam.Parece que os mesmos continuam vivos. No meu bairro tem muitos, e eu não ouvi nenhum relato de alguém que tenha contraido ou tenha falecido por causa deles.Tenho muito mais raiva dos porcos que jogam lixo em todos os lugares, do que desses pobres bichinhos. Vira e mexe eles são alvos dessa raça ignorante.

    ResponderExcluir
  11. Precisa ter saco de elefante pra guentar esse trelelê falando mal dos coitados dos pombos.

    Se fosse assim eu tava fuuuuuuuuuuuu de tanta doença.

    ResponderExcluir
  12. Incrível...quanta desinformação. Os mesmos brasileiros que vêem tantas doenças nos "ratos de asas" daqui são os que se deliciam na Plaza San Marco com a quantidade enorme de pombos.
    Para maiores informações:
    http://www.cobrap.org.br/site/artigos_vis.php?id=670

    ResponderExcluir
  13. QUER IMUNDICIE MAIOR DO QUE A QUE OS HUMANOS FAZEM? ESGOTOS A CÉU ABERTO DEVEM SER VITAMINA, NÉ???????????
    BEIJAR "N" PESSOAS EM BALADAS TBM, QUE NOJO!!!!!!!!!!! DOS HUMANOS PRECONCEITUOSOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    E A INFECÇÃO HOSPITALAR É TBM PROVOCADA PELOS POMBOS???????????

    ResponderExcluir
  14. Outro dia meu filho voltou da escola falando que ratos são sujos,
    coitado do meu filho que teve que me escutar discursando por uma hora.
    Minha questão foi...
    -Quem faz a sujeira??o rato ou os humanos???
    Coitados dos ratos sem seus ambientes naturais acabam vivendo na imundice feita por nós e ainda levam a culpa,como se os humanos não passassem infinitamente numero maior de doenças para outros humanos,mas é claro que para as pessoas tudo é motivo para matar,tudo.
    Vejo as pessoas falando,mato lesmas pq tenho nojo(não fazem absolutamente nada p pessoas),odeio sapos pq são feios, ratos são sujos,pombos passam doenças,capivaras doentes em Campinas nem pensar,as vezes me desanimo vendo o desvio moral do ser humano,infelizmente a humanidade ainda é assim.

    ResponderExcluir
  15. Andréa Neves04/07/2011 02:15

    AI, AI AI, AI, MEU SAQUINHO QUE EU NÃO TENHO!!! QUANTO BESTEIROL EM TORNO DESSES POBREZINHO QUE JÁ SÃO TÃO PERSEGUIDOS, 50 DOENÇAS? AINDA ASSIM PERDE PARA O SER HUMANO QUE TRANSMITE MUITO MAIS... VÃO CAÇAR O QUE FAZER E DEIXEM AS AVES EM PAZ!

    ResponderExcluir
  16. Como o ser humano é estúpido mesmo! Dá vontade de rir. Ratos alados?! Essa é de chorar. Quem estraga tudo somos nós. E nesse tudo digo : TUDO!

    ResponderExcluir
  17. Várias experiências no mundo provaram que, quando os pombos começam a ser sacrificados, por instinto de sobrevivência, começam a se multiplicar muito mais. O melhor seria arborizar localidades próximas aos centros urbanos, colocando árvores frutíferas e deixando o local atraente aos pombos, para que eles se abrigassem, se alimentassem e não incomodassem quem não gosta deles. Se simplesmente as pessoas não alimentarem mais os pombos, sem que eles tenham de onde tirar comida, acabarão atacando as plantações nas fazendas. Isso já ocorreu com outros pássaros...

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪