26/05/2011

A POLÊMICA DO GATO CAÇADOR

Gente, tem que fazer um esforcinho para ler a matéria, tá?
foi o melhor que pude fazer...
Clique na imagem, por duas vezes

Revista Planeta Terra - Jornal O Globo - 25/05/11
.

9 comentários:

  1. Castrar e devolver ao ambiente é a solução!! É longo prazo mas, ao menos é uma solução digna! Mas, como sabemos q a ignorância do homem não tem limite, ele vai fazer o q sempre faz: colocar predadores naturais de gatos e, com isso, em pouquissímo tempo teremos menos gatos e mais dos "predadores naturais".. resultando numa outra superpopulação de animais.. Viram a lógica? Não?? Bom, é pq não tem mas, infelizmente o ser humano é assim.. qq coisa pode a curto prazo!!!

    ResponderExcluir
  2. Se aqui no Brasil criar esta lei de delimitação de animais em residência eu estou "ferrada". Eu tenho 8 câes e 3 gatos e não tenho coragem de me desfazer deles não.

    ResponderExcluir
  3. Apesar de toda a culpa ser do "serumano",que invadem todo e qualquer area pra construir suas casas e comércios,esse cientista até que foi bonzinho com os bichanos,as coleiras com sininho fica bonitinho.(pelo menos ele não falou em exterminio)

    ResponderExcluir
  4. acho um absurdo... não falam, em nenhum momento, que somos nós que estamos, cada vez mais, interferindo com o espaço dos animais silvestres!! a coleira eu acho uma ótima ideia mas delimitar não. Pq eles não pensam em castrar os animais que estão abandonados, pq não um projeto de esterilização e adoção e tiram os animais da rua? isso vale para todos os países... OUTRO ABSURDO: quando o bolso aperta são os animais de estimação que são os 1ºs prejudicados? ah tenha dó... tô cansada de ouvir essa ladainha. SANDRA REGINA DE MATTOS

    ResponderExcluir
  5. Pattjong a matéria fala sobre os gatos domésticos. E propõe duas soluções simples. A castração que serve para controlar a população animal e o uso de coleiras com guizos para avisar aos pássaros a presença dos gatos.

    Dirlene disse...
    A limitação animais/residência existe aqui no Brasil. Mas é de alçada municipal.

    esse cientista até que foi bonzinho com os bichanos,as coleiras com sininho fica bonitinho.(pelo menos ele não falou em exterminio) 2

    ResponderExcluir
  6. Moro em apartamento telado, tenho duas gatas, e elas nunca comeram passarinho.

    ResponderExcluir
  7. Peraííííííí. Estão começando a copiar também as idéias da China??? Reduzir o número permitido por família???? Porque não fazem isso na Pecuária, por exemplo, que está investindo milhões em inseminação artificial para AUMENTAR o número de gado. Aí pode???? Especistas.... A propósito, se diminuirem os gatos, como ficará a situação da já tão comentada superpopulação de pombos, que "infestam" as cidades? Nada contra os pobres pombos, mas eles não tem para onde ir. Credo, deu nó aqui no tico e no teco.

    ResponderExcluir
  8. Andréa Neves27/05/2011 04:52

    CASTRAÇÃO SIM, ESSE É O CAMINHO, AGORA LIMITAR ANIMAIS EM RESIDÊNCIAS E ABUSAR DA NOSSA INTELIGÊNCIA, QUEM É TUTOR RESPONSÁVEL NÃO PERMITE QUE SEUS ANIMAIS FIQUEM NA RUA, E EU DUVIDO QUE DENTRO DE CASA ALGUÉM ALIMENTE SEUS BICHANOS COM ANIMAIS SILVESTRES! TEM QUE CONTROLAR O NÚMERO DE ANIMAIS NAS RUAS, NÃO EM CASAS!!! SOCORROOOOOOOOOOO!

    ResponderExcluir
  9. Oi pessoal,

    1- Gato é animal DOMESTICADO, portanto, NÃO tem habitat (nem ambiente) adequado para ele.

    2- Sendo domesticado, precisa ser protegido e zelado. O quê isso significa? Castração, vacinas, alimentação adequada, carinho.

    3- Os tutores humanos deveriam ser responsabilizados por qualquer eventual problema.

    4- Lugar de gato é dentro de casa (ou apê) e NÃO na rua! (ou em qualquer outro local).

    Paz.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪