28/05/2011

EU TENHO NOJO DO TAL FACEBOOK... E NÃO É A TOA!!!!

Sinceramente, nunca entendi o tal do facebook.... Sem saber, sentia uma rejeição enorme por este troço... Cheguei a ver o filme sobre a história do camarada que o inventou...

Para conhecer, abri uma conta no meu nome e a querida Andrea Vorax fez uma página para a "Fala Bicho". Mas, eu nem mexia porque não via a utilidade desta porcaria... Andrea ficou de me ensinar, mas, e o tempo para ligar para ela? nunca havia....

Não conseguia entender o tal
facebook, eu juuuuro!!!! mas, de tanto ouvir as "maravilhas", enchi a paciência do meu querido amigo Luiz (nosso webmaster) e ele zerou as contas que eu tinha para abrir um perfil novo para "O Grito do Bicho". Ele ficou postando minhas matérias lá até eu ler esta matéria abaixo....

Quer saber? eu tenho mais que seguir meus instintos.... Tô fora!!! Meu face morreu junto com a cabra, a galinha e o porco que o desgraçado matou... Este filho do demo!!!!! nojo.... nojo.... nojo...



meu cancelamento... clique para ampliar
_____________
NOTA EM 28/05/11: estou recebendo muitos e-mails e publicando alguns comentários sobre nossa postagem. Quero respeitar a todas as opiniões e esclarecer o seguinte:

1 - a vantagem das redes sociais não pode ser atribuída, apenas, ao facebook. Existe Orkut, twitter, blogs e outros mais. Pessoas quererem defender os interesses próprios sob alegação de estar ajudando animais, é falta de coragem de tomar uma atitude, aí sim, em nome da grande causa de defesa animal.

2 - a atitude de me desligar deste troço é minha e está sendo de muita gente, pelo que estou vendo. A maioria das pessoas está me mandando seu descredenciamento, via e-mail. Particularmente, acho ótimo. Mas, a PETA continua lá... as nossas ONG´estão lá... todos continuam lá obtendo as vantagens alegadas....
SÓ NÃO ESTÃO LÁ, a nossa ONG "Fala Bicho" (incluindo seu blog) e as pessoas que sentiram nojo do "serumano" que inventou esta meleca e que faz apologia de matança com as próprias mãos.


3 - gente, não venham me criticar só porque não têm a coragem que eu tive!!!!! incomoda, eu sei, mas, pelo amor do santo ofício, não me ponham responsabilidade que eu não tenho!!!! A opção é individual de cada um!!!! Aliás, a maioria dos nossos leitores são de uma geração que só ouviram falar de Nelson Rodrigues. Eu "vivi" Nelson Rodrigues que dizia, nos anos 60, que toda unanimidade é "burra"... Graças ao meu Jesus amado, meus leitores são heterogeneos!!!!!!

4 - só para terminar: não vou prestigiar este camarada frequentando uma "obra" pela qual ele está sendo cobrado, judicialmente, pelos supostos verdadeiros autores. Aliás, ao frequentar esta rede, todos geram uma fortuna para "ele" que investe num marketing mentiroso ao dizer que estão ganhando do orkut. Tem muita gente se rebelando contra esta tentativa de manipulação que este cara está impondo na rede de computadores. O Google está cheio de informações a respeito e portanto dispenso as justificativas que forem me enviar. Não gosto deste camarada porque está sendo acusado de roubar idéias alheias, por mentir descaradamente e por ter a coragem de matar bichos, seja sob que alegação for.

Perdoem esta velha cansada de guerra!!!!

.

41 comentários:

  1. CONCORDO COM VC !!!!!!! TAMBÉM FAREJO ALGO MUITO INSALUBRE NESSE TAL FENÔMENO DE REDES SOCIAIS, PARECE QUE O CARA QUE INVENTOU TEM PACTO COM COISA RUIN!!!!
    espero que tenha o apoio de todos que ama seu blog, abraços

    ResponderExcluir
  2. Sempre achei esse site meio extremista, e agora tenho razão. Esse "serumano" que resolveu matar os animais para a própria alimentação é pior do que os que compram a carne no açougue? É pior comprar um frango que vivia em um lugar extremamente apertado e que recebia vários tipos de hormônios para ficar com o peito inchado do que comprar um frango, criá-lo no quintal, sem aperto, sem hormônio, sem sofrimento e depois quebrar o pescoço dele garantindo uma morte rápida?

    Ele pode ser o dono do facebook, mas o site não incita crueldades aos animais, muito pelo contrário. Por meio do facebook milhares de pessoas ficaram sabendo do caso do cachorro estadunidense Patrick, que foi encontrado numa lata de lixo quase morto de fome. O hospital veterinário que o acolheu postava informações diariamente, foi feita uma página para ele, e milhares de pessoas doaram remédios, rações, dinheiro, cobertores e brinquedos para o hospital. Aproveitando o grande número de seguidores, eles falavam sobre outros animais que foram encontrados em situações parecidas, que também receberam ajuda de milhares de desconhecidos. A causa da promotoria de defesa animal também recrutou milhares de pessoas pelo facebook, e tem também as ongs que divulgam feiras de adoção e recebem doações de milhares de seguidores que nem mesmo moram nas cidades de atuação destas.

    "Ô nojo" de gente extremista igual vocês.

    ResponderExcluir
  3. Eu nem li tudo, já saquei o restante.

    Acabo de ouvir um cachorro gritando na casa aqui de frente. O dono do cachorro bate demais no animal e isto me dói muito. Desgraçado!

    Pois é menina, como disse Saramago: Nós humanos matamos mais que a morte e que o animal irracional mata para sobreviver, nós matamos por prazer! Essa é a raça humana, minha querida!

    Acho bom é que você grita mais do que o bicho!!! rsrs

    Ótimo final de semana. O Facebook é algo sem explicação!!!

    Rita

    ResponderExcluir
  4. Cara Sheila,
    Acho que quando alguma coisa não está nos agradando, devemos tomar a atitude que melhor nos convenha.
    Os sites de relacionamentos, quando bem aproveitados são de grande utilidade. Já utilizei várias vezes o facebook e o orkut para divulgar animais perdidos, para adoção e vários outros assuntos relacionados a animais ou não...
    Costumo várias vezes divulgar o Grito do Bicho no facebook e vários amigos divulgam também e assim isso se torna uma corrente do bem.
    Enfim, respeito a sua atitude e mais uma vez friso que devemos fazer o que for melhor.
    Boa Sorte nessa linda caminhada!
    Que Deus continue lhe dando forças e ânimo para continuar essa sua missão.
    Bjs!
    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Sheila, desculpe mas vou compartilhar lá no dito cujo.
    Nojo mesmo!

    ResponderExcluir
  6. fabiola ottati28/05/2011 11:32

    que engraçado Sheila, porque comigo aconteceu a mesma coisa! um monte de gente me falou pra entrar no facebook, assisiti o filme do cara, mas minha intuição sempre me disse "não entre!" - agora sabemos porque...
    muito estranho o conceito de "vegetarianismo " do rapaz...

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Sheila,

    Seu texto não esclarece o que tem o Facebook a ver com a matança de animais. Como não assisti ao filme, não sei se lá aparece algo sobre isso...Fiquei cheia de interrogações ao ler seu texto..Desde já peço desculpas pela minha ignorância..

    Bjs!

    Bianca

    ResponderExcluir
  8. Ué Sheila, não entendi.Você cancelou e o Face confirmou seu cancelamento... Deixei passar alguma coisa?

    ResponderExcluir
  9. Puta merda... sou lerda mesmo. Agora que li a matéria entendi. Mas tenho uma opinião a respeito. Não vamos acabar com o assassinato de animais para alimentação de uma hora para outra mesmo. Mas acredito que 95% dos carnívoros são tão covardes, que se tiverem que MATAR SEU ALIMENTO, não terão coragem para isso.É mais fácil comer o bichinho quando vem cortadinho e embalado,né? Que OUTROS façam o serviço sujo para eles. Ao menos o cara aí está tentando mostrar isso.

    ResponderExcluir
  10. Concordo a respeito do Zuckenberg. Mas é bom lembrar que o facebook é uma ferramenta de divulgação e ação em prol dos animais e meio ambiente.
    As acões do fundador não invalidam isso. Através do facebook conheci conservacionistas e cientistas do mundo inteiro. Arrecado fundos para causas animais importantíssimas. Assino milhares de petições. Por causa dele conheci pessoalmente alguns desses conservacionistas, coisa que talvez não fosse possível sem essa rede. Através dele sei do genocidio dos elefantes do Chade, do genocidio dos orangotandos e dos outros milhares de genocidios causados pelo homem no planeta.É uma ferramenta de informação importantíssima.

    ResponderExcluir
  11. EU TAMBÉM! tenho asco desse troço! coisinha nojentinha, isso! Você tem toda razão! Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Sheila, adoro teu blog, mas acho que voce nao entendeu a abordagem do dono do facebook nesse caso, apesar de nao gostar de tudo o que ele faz (em relacao a dados de usuarios e etc...), a atitude dele foi elogiada pelo care2 e por ambientalistas, pois ele nao compra carne, nao "financia" a industria do abate, apenas comendo aquilo de ele mesmo caça. Nao é que nem aquelo ***** do godaddy que estava todo orgulhoso cacando elefantes...

    ResponderExcluir
  13. Olá pessoal, não gostei da declaração/atitude dele (e os comentários então ? ) Mas acho que excluindo a conta vocês deixarão de se comunicar com um número expressivo de pessoas que acompanhavam o Grito.
    Ainda bem que recebo por email os boletins.
    Parabéns pelo trabalho!
    Abs
    Marcus
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  14. Ele é um assassino, assim como todos que comem carne, a diferença é que ele o é, diretamente.

    ResponderExcluir
  15. Que ódio desse cara, não é a toa que não simpatizei com ele no filme A Rede Social. To fechando minha conta no facebook tb.

    ResponderExcluir
  16. Isso mesmo Sheila, tambem nao uso
    Facebook, o dono e um nojento, que
    primeiro dizia que era Vegano e agora
    come carne, ele engorda, escolhe o
    animal e depois pede ao Acogueiro
    para que faca o trabalho sujo.
    Gente, por favor, vamos boicotar
    o Facebook.

    ResponderExcluir
  17. Sheila,
    Desculpe, não sou vegetariana mas também não serei hipócrita. O tal Zuckerberg alegou que só come o que mata para nunca esquecer a origem do que está comendo e sempre saber que aquilo era um ser vivo. Embora seja sádico - eu nunca conseguiria fazer isso - ele pelo menos dá valor aquela vida que foi tirada para alimentá-lo.
    Por outro lado, acho desnecessário comer carne de caça ou carnes exóticas. Não que o boi mereça menos viver do que um Tatu por exemplo, mas o ato da caça é mais repugnante e mais doloroso para o animal.
    Eu queria ser vegetariana. Acho que se tivesse que matar algo para comer com as minhas próprias mãos nunca mais comeria carne!
    Acredito que até poucos séculos era uma necessidade comer carne. Agora já estamos evoluídos o suficiente para viver sem ela.
    Por enquanto tento pelo menos comer o mínimo possível e espero conseguir parar de vez.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pela audácia e coragem de dizer o que sente e o que pensa sobre os factos querida amiga Sheila Moura. Eu já não tenho perfil lá, mas por outro(s) motivo(s) e adianto para ti que nós animais humanos não temos direito e ainda não é nosso dever gerar tamanho lixo electrônico para o Ambiente. Não adianta defender os animais não humanos e gerar uma enorme quantidade de reísiduos para o nosso Planeta.
    Parabéns pela atitude! Agora somos dois sem o tal FB.

    ResponderExcluir
  19. O criador e a criatura são coisas muito diferentes. Entendo seu nojo, mas perdi a conta de quantos animais consiguimos resgatar, cuidar e dar um novo lar através da divulgação do FB. O grande lance é aprender a usar as redes sociais para algo que seja bom. Só conheci "O Grito do Bicho" porque alguém postou no FB e eu fiquei interessada em conhecer mais. Lamento imensamente que tenha encerrado a sua conta. Realmente acredito que muitas ações perderão força se não eprendermos a usar ferramentas como o FB para tentar mudar aquilo que acreditamos estar errado. Espero, de coração, que sua vontade de atingir pessoas em massa com uma causa tão bacana possa ser maior que seu nojo pelo criador... e que possa voltar e postar pra todos as coisas importantíssimas que temos que mostrar... Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Querida eu tmb nunca achei graça no Facebook. Meus amigos estão todos lá e se dizem viciados. Estou fora... Vou agora destivar a minha conta. Bicho vagabundo esse cara. Tomara que alguem o abata tmb.

    ResponderExcluir
  21. Desculpa mas não entendi sua revolta...

    ResponderExcluir
  22. Cristina Calixto28/05/2011 20:50

    Eu imagino que a PETA óu alguma ONG americana vá fazer alguma campanha contra esse imbecil. Crueldade com a pobre lagosta e, que mentalidade mais idiota: algum ser vivo tem que morrer pra que outro viva...
    Eu creio que os vegetarianos, que aumentam dia a dia têm muito que discordar. eu sou uma...
    Ainda não encerrei a conta por falta de tempo, até porque acho esse Facebook uma tremenda idiotice e uma chatice sem tamanho. Sem contar que no trabalho é bloqueado. Então, também vou cumprir minhas metas deste ano: encerrar conta nesses sites imbecis. O primeiro é no dele. Se Deus quiser, ele aprenderá a ter humildade, começando por perder usuários. Com isso cai a arrecadação com propaganda. Sinceramente? Espero que ele fique bem durango kid, a ponto de não ter nem para um McLanche Infeliz...
    Taõ novo e tão desumano. É um psicopata... Ser grato pelo que come? A meta dele do final do ano deve ser: ser grato pelas merdas que evacua pela pocilga, digo, boca...

    ResponderExcluir
  23. Decepcionante,espero que nao vire moda, total retrocesso!!!

    ResponderExcluir
  24. Sheila

    Nem penso em quem criou o Facebook. Na realidade, pouco me importa. Acho uma otima ferramenta para o bem e infelizmente também para o mal. Uso para o bem. Vejo que animais são ajudados, pessoas se reencontram.
    E se ele mata os animais que come, me desculpa : talvez faça melhor do que todos aqueles que ainda comem carne e simplesmente fazem vistas grossas para o sofrimento dos animais.

    Te acho ótima !
    Bj

    ResponderExcluir
  25. realmente essa foi de lascar
    ki carinha nogentooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  26. Eu sou vegetariana, você é ou come carne? Particularmente, acredito que todos que comem carne deveriam passar pela experiência de ter que abater a própria comida, assim perceberiam que tiram uma vida de animais que tem estímulos e percepção muito próximas às nossas, Nós vegans também matamos para sobreviver, afinal vegetais estão vivos quando os colhemos, quando estão na geladeira e quando os picamos e jogamos na panela, são graus diferentes de vida, mas também estão vivos, não morrem ao serem colhidos, percebemos isso ou porque não se manifestam de forma intelígivel ignoramos suas mortes?

    Pelo menos o criador do facebook é mais honesto em comparação aos que ingerem carne de forma mais "civilizada", pois não veêm o abate, a criação (por vezes cheia de sofrimento), até os que consomem leite de vaca não percebem o sofrimento que a indústria alimentícia impige aos animais, fazendo com que as vacas engravidem initerruptamente ou produzam leite até que seja insuportável carregar o pesos dos próprios úberes.

    Se aquelas palavras são reais, achei interessante a frase sobre agradecer pela vida que o alimenta, como os índios faziam quando caçavam, eles agradeciam aos animais por darem suas vidas para que a deles continuassem.

    Enfim acredito que todas as ações humanas podem ser avaliadas das mais variadas formas, mas devemos empreender uma guerra aos que ainda ingerem carne ou aos vegans que também matam outros seres vivos? Deveremos nos posicionar com ódio ao invés de promovermos a consciência pacificadora por um mundo melhor e maior aceitação das diversas culturas? Podemos obrigar às pessoas a agirem de uma forma uniforme? Talvez no máximo argumentar por atitudes mais equilibradas e respeitosas com a vida em todas suas formas.

    As mídias sociais são interessantes atingem milhões de pessoas, veja as manifestações no mundo arábe que só foi possível serem conhceidas por meio delas, as atitudes pessoais de seus criadores ou facilitadores não retira o mérito delas.

    ResponderExcluir
  27. Infelizmente não podemos pautar nossas vidas pelas alheias.

    Ainda bem que nem tenho Facebook, Orkut etc. Acho esses gadgets estranhos a ponto de perceber que poucos profissionais ligados à area da personalidade X comportamento X caráter, não tem tais perfis disponíveis. Também acho equivocada essa noção do muito se expor a outros. Enfim... entendo quem ache bacana.

    O cara tem um comportamento muito, muito estranho na "lida" com o que se alimenta e tenho certeza que qualquer estudante de psiquiatria - nem com a conclusão de curso precisa ter - teria uma dezena de pontos a colocar sobre a personalidade dele e sua truncada noção de alimentação.

    Afinal, o cara não se disse vegano?

    Eu tenho como conduta não ficar prestigiando ou aplaudindo quem se diz VEGetariANO. Sempre caem máscaras e em 90% dos casos essas pessoas aparecem, às gargalhadas, com picanha espetada no garfo, para a alegria de um paparazzi e tristeza de quem luta pela causa animal.

    Cara Sheila, parafraseando Rita Lee, "não dê ouvidos às más companhias e siga o instinto de seu coração". Acredite, piamente, no que seu anjo da guarda sopra em seu ouvido; ele vai estar certo em 100%!

    ResponderExcluir
  28. Beth Vieira29/05/2011 16:12

    UMA COISA É UMA COISA, OUTRA COISA É OUTRA COISA!

    Corroborando com a Patty_tass o Face é, incontestavelmente, uma ferramenta muito útil, de divulgação e informação indubitáveis; atual, abrangente, aceita e aderida mundialmente. Sheila, sugiro aproveitarmos o próprio sucesso (ou veneno?) e colocarmos Criatura X Criador. Vamos bombar a rede social, nos unir e mostrar toda nossa força, indignação, revolta, fúria e nojo com as atitudes e comentários tão desprezíveis e inqualificáveis daquele criador; creio que será muito mais proveitoso que qualquer radical tentativa improvável de atingir o gigante Face.

    ResponderExcluir
  29. Pois é Sheila...

    Concordo plenamente com tua indignação.

    Eu nunca tive vontade de entrar naquilo, mesmo sendo bombardeada pelos convites dos amigos e conhecidos como também para a possibilidade de mais um recurso de propagação do ativismo. Aí, não faz muito, recebi e-mails de algumas pessoas que denunciavam o facebook por falta de privacidade (vide links abaixo). Isso reforçou minha resistência à tal rede, e agora somando a essa notícia bizarra do hominídeo criador desse F.B. que 'só come o que mata', me conferiu total certeza de aquilo não é lugar para mim. E que bom saber que você está fora!

    Fontes:

    http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2010/04/09/grupo-alemao-de-defesa-do-consumidor-propoe-boicotar-facebook/

    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/05/campanha-protesta-por-privacidade-e-sugere-boicote-ao-facebook.html

    ResponderExcluir
  30. Concordo com alguns colegas acima. Acho que deveríamos reconhecer o impacto positivo que essa atitude gerou. Não tenho dúvidas de que foi muito melhor do que não ter feito nada. Com certeza muita gente parou pra pensar "e se eu me propusesse o mesmo desafio, será que eu conseguiria?" e pode ter, pela primeira vez na vida, pensado sobre a sua coerência em "pagar para matar". Enfim, julgo oportuna a cobertura de mídia que esse caso deu. Ademais, o Zuckerberg admite que tem tido uma alimentação essencialmente vegetariana desde o início do seu desafio até agora.

    ResponderExcluir
  31. Sheila, eu fiquei com uma dúvida. Não é provocação, é uma dúvida sincera, que me acomete sempre que eu tenho que dar comida para o meu bichinho de estimação. Não sei se você é vegetariana (eu sou). Mas como justificar comprar comida a base de carne para um gato ou cachorro de estimação? Não estamos financiando a indústria da matança de frangos, vacas e porcos? Por que é que a vida do gatinho que eu conheço vale mais do que a da vaca que eu nunca vi e que foi morta para a ração do meu bicho? E, se eu posso pagar para alguém triturar pintinhos recém-nascidos pra fazer ração pro meu cachorro, por que é que o Zuckerberg não pode matar o que ele próprio come? Alguém sabe a resposta para esse dilema filosófico?

    ResponderExcluir
  32. Hahahahahah!!!!!!!!!!!!!!não tenho,e nunca tive participação nesse facebook,ainda bem ,eu compreendo vc Sheila perfeitamente.

    ResponderExcluir
  33. Vi o filme e dá pra ver que o cara não é nem um pouco certo da cabeça. Não se confunda: ele é muito inteligente, mas é um baita dum recalcado. Basta ver as atitudes dele. Ele só não é chamado de louco porque rico não é louco, é "excêntrico". Aprontou pra todo mundo, inclusive pros amigos. Deus me livre de ser amiga desse cara, porque ninguém sabe de onde virá a facada nas costas. E a mídia ainda dá espaço pra ele. Como se não tivesse mais nada importante. Eu também nem quero saber desse facebook.

    ResponderExcluir
  34. Conceição30/05/2011 12:12

    VAMOS BOICOTAR O FDP.
    Não tenho e agora NUNCA terei mesmo uma conta no tal de face......

    ResponderExcluir
  35. ACHAM MESMO QUE VAI ADIANTAR ALGUMA COISA ESTA RETIRADA DE VOCES DO FACEBOOCK?? QUANTA PRETENSÃO E PERDA DE TEMPO, ELE NUM SABE E NUNCA VAI SABER NEM QUE VOCES EXISTEM, VÃO PROCURAR ALGUMA COISA PARA AJUDAR OS BICHOS PARA FAZER.

    ResponderExcluir
  36. Ai esses anônimos!!!!kkkkkkk Não quero que aconteça nada. Simplesmente nao concordo com a atitude dele e nao participarei dessa palhaçada. Agora se vai adiantar ou nao... Não me importa. O que importa é como me sinto.

    ResponderExcluir
  37. Sou leitora desse blog e concordo - absolutamente -com a leitora Megoh acima. Creio que dessa vez os fatos foram mal interpretados. Primeiramente apesar da atitude nobre das pessoas que não se alimentam com carne, ninguém é obrigado a fazer o mesmo infelizmente. Então se coloquem por favor na posição das pessoas que consumem carne: o que seria mais nobre nesse caso? comprar uma carne embaladinha e pronta no mercado (sabendo de toda a indústria nojenta pela qual essa carne passou e esse animal sofreu) ou ter a decência de assumir seu estilo de vida e matar "dignamente" seu próprio alimento? Esse seria o máximo de responsabilidade para um consumidor de carne em minha opinião. Não há nada de cruel nisso além do fato da morte em si é claro, que de qualquer outra forma com certeza seria nem mais pior. Enfim, essa é minha opinião. Devemos rever os fatos nesse caso, entender o conceito melhor e depois ainda assim se quisermos ser extremistas, criticar e fechar nossa conta no facebook - que eu tb. acho, vida pessoal do criador do facebook, não tem nada a ver com essa questão -
    Ou usarmos esse meio de internet, que só tende a crescer, a nosso favor. Extremismo e ignorância nunca nos levará para frente.

    ResponderExcluir
  38. Eu conheço milhares de pessoas que se tivessem que matar pra comer nao comeriam com certeza. O que acho estranho é passar a faca no pescoço de uma cabra e comê-la. Nem posso pensar nisso. Acho pessoas assim muito estranhas... Conheço muitas pessoas que pararam de comer carne pq viram um boi ser morto. Oras isso é ter sentimentos. Agora ver todo sofrimento do animal e ainda se fartar com essa carne. Ai credo!! Deus me ajude!!! Adoro aquele documentario A Carne é Fraca. Muitas pessoas vendo aquela realidade desistem de comer carne.

    ResponderExcluir
  39. Andréa Neves02/06/2011 03:25

    FERRAMENTAS DE DIVULGAÇÃO DA CAUSA, EXISTEM MUUUUITAS, NÃO PRECISAMOS DE FACEBOOK PARA NOS COMUNICARMOS! ABAIXO FACEBOOK!!!

    ResponderExcluir
  40. BOM DIA À TODOS,
    ME CHAMO DANIEL GONÇALVES.
    ATRAVÉS DESTA INFORMO,O FACEBOOK É IGUAL(POMBO)TEM PRA CARAMBA,NÃO SERVE PRA NADA,NÃO É BONITO,ESTÁ SUJANDO AINDA MAIS A MENTE DOS PERVERTIDOS E COM O TEMPO TRANSMITIRA DOENÇA. PELO MENOS 1 VEZ NA VIDA TIVE FACEBOOK,FIQUEI INDIGNADO,CRIANÇAS ME ENVIANDO SOLICITAÇÃO DE AMIZADE SEM AO MENOS SABER QUEM SOU,SEMPRE ME PERGUNTAVA;CADÊ OS PAIS DESSAS CRIANÇAS? ELAS POSTAM FOTOS MOSTRANDO PARTE DOS SEIOS E OUTRAS PARTES QUE PREFIRO NEM CITAR. HOJE EM DIA É MODA ESTAR NO FLUXO E TRANSAR. CASO UM DE NÓS FAÇAMOS UMA SIMPLES PERGUNTA;O QUE É ADIÇÃO? QUANTO É 1+1? COM CERTEZA MUITOS DESSES DESAVISADOS,LEVARA NO MINIMO 5 SEGUNDOS PARA RESPONDER. BOM LEITORES, FICO POR AQUI,OU NEM TÃO LOGO VOU PARAR DE DIGITAR rs... ABRAÇOS!

    ResponderExcluir
  41. Também estou tomando nojo...Resolveram ser os donos da moral, se não tem moral nem com eles próprios...affffffeeeeeeee

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪