09/04/2011

VIVA ANCELMO GOIS E SEU DEPOIMENTO: BICHO É INOCENTE!!!!

Sempre falo aqui sobre a importância da força que jornalistas dão a nossa causa. Antigamente, a maioria nos concedia espaços por serem gente fina, mas, agora, o que tem de jornalista engajado na defesa animal, é surpreendente. Maravilha!!!

Queria destacar o que nosso amado Ancelmo Gois falou hoje em sua Coluna do Jornal O Globo. Quando ouvi a entrevista do Governador Sérgio Cabral, tive vontade de comentar a respeito, pois, compara o ato deste doido que matou vários estudantes dentro de uma escola aqui no RJ, aos de um animal. Mas, fiquei com medo, pois, a tragédia abalou a todos e Sheila da Silva falando teria outra conotação.

Graças a Deus, Ancelmo e sua fervorosa equipe alinhada às nossas fileiras, chamou atenção do nosso governador em sua Coluna de hoje. Os animais podem até ser cruéis (aos nossos olhos) na hora da sobrevivência, na delimitação de território ou mesmo na disputa por uma cruza ideal, mas, barbaridades é coisa do tal "serumano", obviamente!!!!

Bem, acho que ele, por ter lavado nossa alma, merecia um e-mail de agradecimento pela incalculável ajuda que nos tem dado na mudança de costumes de nossa sociedade. Copia aí o endereço e manda ver, galera!!!! Será nosso dever de final de semana.

Ele vai gostar de saber que reconhecemos sua incalculável colaboração: coluna.ancelmo@oglobo.com.br.
Se puderem, copiem para o falabicho@falabicho.org.br. Sugestão de texto?
OBRIGADO PELO APOIO, MAIS UMA VEZ, À CAUSA DE DEFESA ANIMAL!
É isto que vou escrever


clique para ampliar

Aliás, só para registro: não foi uma boa este psicopata que matou os estudantes ter dito, no tal bilhete que deixou, que queria que sua casa fosse doada para uma ong de proteção animal.... e acho que todo mundo vai entender, não? vamos abafar o caso.
.

30 comentários:

  1. VERA LUCIA RICARDO09/04/2011 15:39

    Boa tarde Sheila
    Pensei a mesma coisa que vc qd li no tal bilhete que ele deixava a casa para a proteção animal.
    Nós que amamos os animais sabemos como irão interpretar isso de modo deturpado as pessoas que não gostam.Bjus

    ResponderExcluir
  2. Mais um bomba contra os gatos: Zuenir Ventura mancha sua biografia com um texto preconceituoso, leviano e gratuito contra os felinos

    ResponderExcluir
  3. Paulo, desculpe-me a ignorância mas, por favor, quem é esse Zuenir Ventura? Poderia explicar qual foi o ato dele? Não dá pra gente fazer alguma coisa, nos opondo a ele?
    Quanto ao pedido da Sheila, também vou enviar o e-mail para agradecer ao Ancelmo. Grata.

    ResponderExcluir
  4. Paulo, qndo vc fizer um comentário, explique melhor ou coloque o link de referência da notícia. Nunca ouvi falar em Zuenir Ventura e não estou afim de procurar no google, ainda mais que ela(e) fala mau dos animais.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Esse monstro, que ja está sentado no colo do capeta, querer deixar a casa pros animais, pegou até mal pra proteção animal.....

    Cruz Credo, Ave Maria !!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Também vou mandar um email agradecendo. Agora, sobre a tragédia no Rio, se as pessoas conseguissem ver o assassino como um doente mental em pleno surto psicótico, julgariam menos, e suas palavras em favor dos animais não seriam tão pesadas. Ele praticou um ato horrendo, terrível, e sinto muito pelas famílias, mas ele já devia viver seu inferno aqui mesmo na Terra. As pessoas deviam ser mais informadas acerca de transtornos mentais.

    ResponderExcluir
  7. Rasgar dinheiro o doente mental em pleno surto psicótico não rasgava naum....

    Só lamento pelas familias.

    Ele já foi tarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrde.

    ResponderExcluir
  8. Eu vi o comentário infeliz do governador e da Sonia Abrao tbém comparando aquele monstro com os animais.Eu não esperava nada diferente do governador nem da apresentadora.São uns babacas.O vocabulário do governador é pobre!Será que ele não tinha outro adjetivo para o atirador?

    ResponderExcluir
  9. Não podemos permitir que um caso isolado macule a imagem dos protetores de animais e da causa. Com certeza, o rapaz não era nem religioso e nem protetor.

    ResponderExcluir
  10. O Ancelmo colocou na mídia o que disse em casa sobre a colocação, infelicíssima, do Governador.

    ResponderExcluir
  11. Andreia Brum09/04/2011 22:22

    Por favor, poste o link com esse texto infeliz do Zuenir Ventura. Quero protestar...
    Aliás, que decepção, tinha uma visão bem diferente dele...
    E vamos protestar na página do Governo do Estado, pois se WELLINGTON fosse menos humano e mais animal, não teria cometido essa barbaridade!

    ResponderExcluir
  12. Mari,

    Uma pessoa em surto psicótico rasga dinheiro SIM, e faz coisa muito pior, como tirar a própria vida, q foi o q ele fez - lembremos q ele não foi MORTO, mas SE SUICIDOU. Tem loucura maior q esta? Não estou defendendo, mas num caso desses devemos mais lamentar, orar e mandar boas energias para essas almas, inclusive a dele, e por todas as famílias também. Quanto a ser protetor, não sei, talvez ele se considerasse; sobre ser religioso, lembremo-nos das religiões de hoje q pregam a intolerância e o preconceito. É impressionante a desinformação e a inflexibilidade das pessoas. Esse cultivo do ódio e da intolerância o tempo inteiro só serve pra mídia sensacionalista. Não melhora em nada o estado das coisas, nem pra gente, nem pra nossos filhos.

    ResponderExcluir
  13. Andréa Neves10/04/2011 01:47

    Pois é Sheilinha, as pessoas estão me perguntando na rua se eu vi o que o meu "amigo" fez, justamente por conta dessa carta, é obvio que não aprovo e nem poderia aprovar essa tragédia, mas, mais óbvio ainda é o desequilíbrio mental desse rapaz, ninguém em sua sã consciência conseguiria cometer essa chacina cruel, ele era esquizofrênico e acredito que o mais correto seria pedirmos a Deus que perdoe essa alma perturbada, o fato de deixar a casa para contribuir com a proteção aos animais, é o único trecho que mostra uma certa lucidez, apesar de dar precedentes para que chamem todos nós, defensores dos animais de mais loucos ainda! Mas, você está preocupada??? Eu, menos ainda!
    Quanto ao nosso governador, perdeu uma excelente chance de ficar calado, quando ouvi esse pronunciamento ridículo, falso e sem pé nem cabeça, e olha que eu não estou me referindo só a infeliz comparação que ele fez, mas sim a todo discurso, totalmente perdido, sem nexo e com aquela cara que demonstrava um sofrimento de uma proporção irreal... Fiquei passada, senti vergonha por ele, que falta de bom senso, um tremendo micão!!! Antes nem tivesse aparecido...
    Enfim, que Deus conforte os corações dos parentes dessas vítimas inocentes e que Deus tenha um lugar muito especial preparado para receber todas essas alminhas...Amém!!!

    ResponderExcluir
  14. Regia
    Nunca soube de uma pessoa em surto psicótico ter rasgado dindin.

    Todos os que tiram a vida dos outros deveriam tirar a sua própria, fariam um bem enorme a nação.

    Não lamento a morte desse filhote de cruz credo e não acendo vela pra essa coisa ruim.

    Quero que ele queime no inferno pra sempre.

    Sou radical com essa raça maldita.

    Quanto as vítimas, tenho pedido a Deus todos os dias pelas alminhas delas e conforto para as famílias.

    Não é porque cada um é cada um, que sejamos mal informadas.

    MENOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. respondendo as perguntas:
    Zuenir Ventura - colunista "mor" do Globo.
    Jornal de ontem 9/4 - p. 7.
    matéria intitulada "Eu evito".
    Diretamente do "Olimpo", o colunista afirma que evita contato com gatos com medo de contágio (toxosplasmose). Sua afirmação não se baseia em teses científicas, e sim no caso de um "internauta confiável", que ficou cego após ter contato com um gato. Mais pressão contra felinos no blog:
    http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/dizventura/)

    ResponderExcluir
  16. resumindo

    Zuenir Ventura é um boçal.

    O "internauta confiavel" ter ficado cego porque teve contato com um gato foi mera coincidência.

    ResponderExcluir
  17. Mari,
    Lamento q alguém tão ligada aos animais tenha um coração tão duro. Podemos aprender muito com eles sobre a capacidade de amar e perdoar. Sabe, hoje não sou uma pessoa religiosa, justamente pq cansei dos julgamentos. E me desculpe, mas vc, por suas palavras, não parece ser exatamente "informada" sobre transtornos mentais. Eu conheço bem sobre isso, por experiência própria. Ninguém queira viver isso em suas famílias - e nenhuma pessoa está livre disso. Só não digo que o que aconteceu a essas pobres crianças (q claro, não tinham nada a ver com o problema dele, não tinham culpa) foi uma "fatalidade" pq na verdade, foi uma "tragédia anunciada". Ele, além de doente mental, era um esquecido da sociedade. Ao julgarmos tão duramente, e sermos tão intolerantes, será q não estamos nos sentindo como ele, "santos, puros e intocáveis"? A sociedade deve refletir sobre isso. Violência, desejo de morte e vingança, falta de perdão e amor no coração só gera mais violência. O q será q estamos ensinando às nossas crianças (pq ele um dia foi criança) ao demonstrarmos tanta dureza de coração? Ele ainda tinha uma "desculpa" pra ter cometido uma barbaridade dessas, mas... qual o motivo de quem julga tão friamente? Talvez nem as famílias estejam com o coração tão amargo. Acho q tem gente q tá chateada pq ele morreu. "Deveria ter sofrido mais", talvez, mais do q deve ter sofrido a vida toda. Meu Deus.

    ResponderExcluir
  18. Andréa Neves10/04/2011 13:52

    Hoje durante a missa, presenciei um linda e justa homenagem à todas essas crianças vítimas dessa tragédia, a igreja inteira chorava, os 13 adolescentes foram citados, um a um, chamados pelos seus nomes completos e a cada chamada, uma criança se dirigia ao altar com um vasinho de flores! Foi muito emocionante! O que me tocou bastante também, foi a prece para que esse rapaz encontrasse a luz, o entendimento e o arrependimento pelos seus atos, pois a meu ver ele foi instrumento sabe-se lá de que e porquê, para cumprir aquilo que sua mente doentia acreditava ser o correto! Que Deus tenha piedade de todos os envolvidos, desde os profissionais da área de saúde, dos policiais, dos voluntários anônimos, das crianças que sobreviveram, de todos os funcionários dessa escola e seus familiares, e também da família do rapaz que estava evidentemente perturbado! Que Deus os acolha e os conforte! Se alguém discorda da minha forma de pensar, não posso fazer nada, é através da diversidade que encontramos alternativas para muitas saídas! Como disse a leitora acima:"...cada um é cada um...", mas a falta de informação varia muito de acordo com o ponto de vista...

    ResponderExcluir
  19. Regia

    Não tenho coração duro naum, muito pelo contrario, quem me conhece diz exatamente o contrário..

    Mas repito, cada um é cada um, e temos que respeitar quem pensa diferente.

    Você se condói com isso, eu naum.

    E c'est finit, porque nunca vamos chegar a um acordo.

    ResponderExcluir
  20. A sociedade está doente, em franco declínio de valores morais. E o reflexo cada vez mais frequente dos seus nocivos males e de sua sordidez, como a intolerância e o preconceito para lidar com a diferença, o individualismo arraigado e incentivado, a opressão para com os mais vulneráveis, o desprezo, humilhação, menosprezo, desrespeito e tantas outras vilezas praticadas e consentidas por esta única espécie (dita inteligente) é a explosão do ódio na sua mais fiel exibição do lixo humano, ou melhor, do lixo social humano. REssalto que isto é apenas uma constatação e não uma justificativa para a barbárie. Não à toa, o atirador, em seu delírio demonstrado em sua carta, sugere também um apreço pelos animais (párias como ele? rejeitados e vilipendiados como ele?). Por este motivo, não me constrange este comentário deixado por ele, porque não há nenhum elo lógico entre a proteção dos animais e a ocorrÊncia do surto esquizofrênico ou de qualquer outro ato de violência praticado de forma banal, OBVIAMENTE. Este episódio nefasto traz à luz, portanto, os pilares para a existÊncia de um mundo melhor: compaixão, respeito e generosidade. Conforme frase dita por Albert Schweitzer (Nobel da paz em 1952): "Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes."

    Elizabete

    ResponderExcluir
  21. Mari,

    Por mim também está terminado o assunto com vc. Não estou julgando vc. Vc tem razão, não chegaríamos a nenhum acordo - pra isso vc teria q ter a mesma linha de pensamento da Andréa Neves e do Anônimo q postou há pouco, q se afinam totalmente com minha opinião, e q eu, como acredito q eles também, não estão defendendo o assassino, justificando seu ato, nem simplesmente se "condoendo", mas fazendo um raciocínio bem mais profundo e complexo sobre essa tragédia. Se o mundo tivesse mais pessoas capazes de fazer isso, mais propensas a pensar e menos a julgar, certamente não haveria tantos acontecimentos tristes como esse. Que Deus tenha misericórdia de todos nós, pq anda em falta no mundo.

    ResponderExcluir
  22. NÃO JUSTIFICO A AÇÃO.....mas só Deus é capaz de esclarecer o que levou esse jovem vitima dos memes da contenporaneidade a fazer essa prática de violencia, e a quem se serviu dele de instrumento..... de propagação espero que esse virus não evolua mais , amigas os resultados de uma ação está interligado a história de cada um e dentro da sociedade em que se vive somos todos vitimas e algozes da vida.

    ResponderExcluir
  23. Régia Cajuí,parabéns pela sua personalidade e sensibilidade compreendendo que surtos psicóticos, assim como outras doenças mentais, podem se manifestar em QUALQUER PESSOA EM QUALQUER MOMENTO DA VIDA. Portanto, infeliz o comentário dessa mari.Já trabalhei em manicômio e conheço bem a gama de distúrbios mentais e já vi sim, pessoas rasgarem dinheiro e pior, comerem suas fezes, a dos outros internos, passarem "isso" pelo corpo, andarem nuas, desfilando esse triste quadro. Não ligue para essa maria. Eu nem estou entendendo pq ela está comentando aqui, parece mais uma discípula do famigerado wagner montes, fala como ele. Total ignorância. Quanto a esse "costume' brasileiro de comparar facínoras aos nossos irmãos animais, francamente, eu sempre bato de frente com elas. Mas, a ignorancia prevalece e porque não atingiria um governador como cabral? Beijos, Regia. Valeu seu comentário.

    ResponderExcluir
  24. Regia,

    Pois é meu bem, mas você não acabou o assunto porque não afino com a sua opinião.

    Não estou preocupada se A/B/ou C afinam ou não com a minha.

    Estamos aqui pra fazer comentários a respeito do assunto e não pra criticar os comentários dos outros e taxa-los de desinformados por não falarem a mesma língua.

    Será que me fiz entender ??

    ResponderExcluir
  25. anselmo padula10/04/2011 22:50

    JÁ QUE ELE GOSTAVA DE ANIMAIS, ele poderia ter canalizado seu ódio de um modo mais produtivo, matando, quem
    TORTURA E MATA ANIMAIS DE PROPÓSITO
    Está cheio na internet de exemplos de FDPs que mereceriam levar essas balas exatamente como ele fez. Aí ele seria um herói e aplaudido pela sociedade, e nao um assassino louco por ter matado inocentes.

    ResponderExcluir
  26. Anônimo

    Eu não me importo muito com esses comentários "infelizes", só lamento o grau de intolerância num caso tão sério e complexo desses. Só a cultura de paz, de amor, de respeito e inclusão é q poderá acabar com toda essa violência gratuita , e q começa muitas vezes com palavras, como por exemplo o bullying q o assassino sempre sofreu, q depois passou a ações contra ele. E todos somos ignorantes em algum assunto até tomarmos conhecimento dele, isso é normal - a única coisa q impede nosso aprendizado é o preconceito: por não querer saber, permanecemos no engano. Aí sempre podemos falar alguma bobagem, como o também infeliz comentário do governador Sérgio Cabral. Quanto aos transtornos mentais, realmente não desejo q ninguém venha a sofrer ou ter algum familiar portador de algum distúrbio assim, pois, tal qual os animais, os doentes mentais são renegados da sociedade. Obrigada pelas palavras e o seu testemunho. Mas não me acho dona da verdade, sabe - acredito q todos devemos buscar a união, o amor, o respeito e a paz, sempre. É o mínimo pra mim. E se há uma coisa q não deveria ser "finita" é exatamente a tolerância.

    ResponderExcluir
  27. Depressivo Anônimo10/04/2011 23:21

    "Também vou mandar um email agradecendo. Agora, sobre a tragédia no Rio, se as pessoas conseguissem ver o assassino como um doente mental em pleno surto psicótico, julgariam menos, e suas palavras em favor dos animais não seriam tão pesadas. Ele praticou um ato horrendo, terrível, e sinto muito pelas famílias, mas ele já devia viver seu inferno aqui mesmo na Terra. As pessoas deviam ser mais informadas acerca de transtornos mentais."

    Parabéns pelo comentário, Régia. Só quem tem, já passou ou viu algum ente querido com doença mental pode se colocar no lugar de um infeliz como aquele assassino, que além de ter vivido seu inferno pessoal durante 23 anos, ainda condenou, com aquele crime, o seu nome e sua memória para sempre, diante de um país inteiro. Rezo muito pelas crianças de Realengo, vidas inocentes ceifadas, e pelas suas famílias, mas rezo também pela misericórdia do Pai quando do julgamento daquela alma perturbada.

    ResponderExcluir
  28. Mari, to contigo. Eu me imagino tendo um filho naquele colégio. Será que o sr. Anonimo ou a sra. Regia estaria escrevendo o que escreveram tivessem eles um filho lá naquela hora? Duvido!! Mas eu não acho que ele deveria ter morrido. Isso foi um prêmio para esse coisa ruim. Deviam machuca-lo bastante mostrando as fotos dos inocentes que essa desgraça matou e depois curar suas feridas. Quando ele estivesse bom, uma outra surra bem dada, cura-lo, surra-lo, cura-lo, surra-lo.....pra ele ver o que é bom pra tosse.

    ResponderExcluir
  29. sheila moura11/04/2011 00:08

    Queridos meus
    peço que se atenham a discussão que nos une em nossa caminhada nesta vida: luta pelos direitos dos animais. Obrigadão e me perdõem pela interferência na calorosa discussão sobre um pobre diabo que na sua loucura usou o nome dos animais. Beijos a todos.

    ResponderExcluir
  30. Sheila,

    fiquei pensando também que alguns idiotas vão concluir que ele era protetor, e assim, sociopata e maluco.
    Mas vamos lá, será que ele escreveu isso realmente porque se preocupava com os animais?
    Andrea Neves, se algum bobão falar pra vc que seu "amigo" matou crianças inocentes, vc pode responder que ele não era seu amigo, afinal, quantos animais ele "resgatou"? Ninguém falou nada disso. Ele tinha algum animal de estimação? Duvido muito.
    Acho que alguns bocós até pensarão isso, mas no fundo, nem sei se ele só escreveu isso pra chocar ainda mais, para se tornar ainda mais odiado...

    Continuo adorando aquela frase da Bardot sobre o verdadeiro horror da crueldade contra os indefesos, sejam eles animais irracionais, idosos ou crianças.
    Creio que todos nós que nos preocupamos com os animais, temos esse mesmo pensamento.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪