03/02/2011

CENTENAS DE MILHARES DE PORCOS ESTÃO SENDO ENTERRADOS VIVOS NA CORÉIA DO SUL


Jesus amado, como as pessoas tem coragem de fazer isto?

A matéria tem 20 dias, mas, li na Agência FP
que continua a matança em menor escala


CLIQUE PARA LER
NAS FONTES ABAIXO

SKYNEWS
em inglês

ADARECIFE
em portugês

8 comentários:

  1. Andréa Neves03/02/2011 15:04

    Meu pai do céu, o que é isso? Depois o povo quer saber porque tem tsunami na Ásia, o povinho frio, cruel e desalmado, porque isso, meu Deus??? Com raríssimas exceções, acho que o mundo seria bem melhor se tivéssemos menos olhos puxados no planeta, Coréia do Sul e China, vocês não fazem a menor falta no mapa mundi!!! Não respeitam a vida e desprezam as criaturas de Deus! Senhor, eu sei que não devia alimentar esse sentimento, mas eu odeiiiiiiiiiiiiiiio essa raça!Que povinho desequilibrado!

    ResponderExcluir
  2. Jesus, que tristeza!!!! Ver isso acaba um pouco mais com a nossa fá....enfim, temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo!!!

    ResponderExcluir
  3. Absurdamente horroroso!!!!! Sem palavras!
    Aqui se faz, aqui se paga.

    ResponderExcluir
  4. Andrea faço minhas suas palavras, owwwwwwwwwwwwwww povim ruim , tomara que esse povo seja varrido do planeta.

    ResponderExcluir
  5. Pessoal ,amar aos animais não é igual a odiar os humanos(que também são animais). Mantenham o foco no amor e respeito a vida.
    Amor ,paz e luz e equilibrio a todos.

    ResponderExcluir
  6. Andréa Neves07/02/2011 03:19

    Rosemary Gomes Sampaio, ainda não cheguei nesse seu estágio de evolução espiritual, meu espírito ainda está muuuuuuuuuuuito atrasado e é por isso que eu odeeeeeeeeeeio, não a raça humana de um modo geral, afinal, eu, a Sheilinha Moura, o É o bicho, a Alexandra, o Anônimo, a Marília e muitos outros, ainda fazemos parte desse grupo.
    Mas para mim, que sou uma simples e pobre mortal, completamente atrasada espiritualmente, é humanamente impossível manter o foco no amor, como posso fazer isso diante de atitudes de tamanha falta de respeito pela vida? De descaso, de falta de fé e de total DESAMOR?!? Assumo sim, ser totalmente desiquilibrada quando o assunto são maus tratos aos animais, aliás, não podemos sequer afirmar que esses seres que eu não sei ao certo de onde vem, mas desconfio que seja do inferno, e que cometem tamanha crueldade possam ser chamados de humanos, isso é o diabo em forma de gente, e só para esclarecer mais um detalhe, amar aos animais realmente não é, e nunca foi sinônimo de odiar a nossa própria espécie, só odiamos a conduta cruel, irresponsável, mesquinha, sádica, doentia, perversa, desequilibrada e DESUMANA, com que esse tipo de seres anormais tratam os nossos bichinhos, pois como você mesma afirmou, todos somos animais, o difícil mesmo é distinguir quem de fato são os irracionais...
    Quando eu crescer quero ser como você, ter ciência de tanta maldade e mesmo assim não sentir minhas carnes tremerem...

    ResponderExcluir
  7. Enedina Quinelato16/02/2011 20:58

    Andréia Neves, estou contigo em absolutamente cem por cento do que vc disse. Sinto-me exatamente como vc. Colega Rosemary, estou há milhões de anos-luz distante desse seu "invejável" nível de evolução (???), mas é justamente esse meu desnível que me move em direção à proteção dos animais. Por mim, metralharia todo esse povo maldito do sudeste asiático. Desejo muitos tsunâmis em cima deles. Muitos. Muuuuuiiiitos. E que esses porquinhos ressuscitem em forma de bactéria, uma bactéria terrível que caia em cima desse povo feito uma praga, matando seus filhos, parentes e amigos queridos. Esse povo nem vai entender por que estará passando por isso.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪