21/01/2011

ENCHENTE NA SERRA DO RJ - DEPOIMENTOS QUE NOS DÁ NOÇÃO DA MOBILIZAÇÃO

Depoimento da Fabiano Jacob (ALERJ) que foi pela segunda vez e por conta própria lá em Teresópolis. Acho interessante este tipo de depoimento para as pessoas sentirem a força da mobilização que foi conseguida dentro da proteção animal no atendimento daqueles animais que estão precisando de todos nós. Isto é muito bom... ainda mais que tudo está sendo feito com "ONG´s, protetores e recursos nativos", entendem? Não vamos esquecer que a Bebete está precisando de voluntários que saibam mexer com bicho... voluntário que não sabe, só atrapalha!!!! Este tem que correr atrás de doações, trabalhar na limpeza e tudo mais... Para ler o depoimento

2 comentários:

  1. Andréa Neves22/01/2011 02:36

    Excelente resumo do Sr. Fabiano Jacob, só não concordo quando ele diz que animais que não precisam de resgate foram levados para o galpão, nessa altura do campeonato, com falta de tudo, todos os bichinhos precisam de atenção e cuidados, mesmo que tenham donos, precisam se alimentar, ninguém em sua sã consciência,(quem trata bem os seus animais, é claro), deixaria seus animais perambulando pelas ruas com tantos perigos aparentes, ou os animais não são como se deve ou estão perdidos passando fome, e a meu ver o resgate não deve ser só para os feridos, todos os coitadinhos precisam de água potável e ração, no mais, achei tudo ótimo e estou na torcida para que o Tiger seja logo adotado! Bjkas

    ResponderExcluir
  2. Penso como a Andréa, todos os animais mesmo que aparentemente saudáveis estão carentes de atenção nesse momento difícil. Precisam beber água limpa, comer e se sentirem amparados de alguma forma, senão como sobreviverão? Não sei se pensarãi nisso, talvez nem tenham tempo, mas seria interessante que algum voluntário que esteja atuando lá fizesse preparasse um listão dos cães que estão alojados nesses galpões e essa lista fosse divulgada tanto na cidade (no que restou dela) e na internet. Quem sabe muitos desses cães alojados tem um dono que sobreviveu a tragédia mas esse dono nem sabe onde o cão está. Parentes dessas pessoas também poderiam reconhecer o cão e buscá-lo.Isso ajudaria muitos cães a voltarem pros seus donos ou parentes deles, quem sabe. Assim não ficarão alojados em abrigos.

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪