27/11/2010

EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL: IIº EMALT

Usando a capacidade que temos de raciocinar de forma inteligente, devemos apoiar fortemente estes encontros realizados por pesquisadores/cientistas que querem a substituição de animais na experimentação. Este é o segundo encontro que estão realizando.

Vou lá sim prestigiar estes profissionais que querem fazer parte de um processo evolutivo dentro da ciência. Apoiarei totalmente a iniciativa que este segmento quer realizar no país que é a criação de um centro de validação de métodos substitutivos ao uso de animais.

Vou dar um jeito de incluir mais duas horas ao meu dia de 57 horas (risos!!!!) para tentar ajudar, humildemente, à esta turma realizar seus objetivos. É mais uma frente de trabalho para direção final e não podemos ignorá-la. Cliquem na imagem para informações do Evento e aviso que não há mais vagas para participação, o que achei maravilhoso!!!!! Demonstra interesse dos profissionais, não?


4 comentários:

  1. Sheila, que notícia MARAVILHOSA.
    É TUDO QUE PEÇO A DEUS TODOS OS DIAS.
    QUE ESTA CONSCIÊNCIA DIVINA SE MANIFESTE NAS PESSOAS!!
    A SUA PRESENÇA SERÁ DA MAIOR IMPORTÂNCIA !!
    VALEU, VOU DORMIR COM OS ANJOS!!

    ResponderExcluir
  2. Cristina Calixto29/11/2010 01:50

    Engraçado que, exatamente esta semana passada, li um artigo que dava conta de ter sido aprovada uma lei para a Comunidade Europeia limitando os testes em animais apenas quando de fato não houvesse qualquer outra alternativa. Cá pra nós, a talidomida foi apenas o escândalo maior, mas quantos medicamentos não tiveram a mesma complicação? Isso que a gente não fica sabendo... E se bandidos, do tipo desses que assassinaram, estupraram, pedófilos, etc., ou seja, que de fato já foi comprovada a culpa, se tornassem cobaias? Seria bem mais eficaz, tanto para tratamentos, quanto para diminuição dessas atrocidades, né não? Desculpe... viajei um pouco. Estou bem feliz!

    ResponderExcluir
  3. JoaoBatista29/11/2010 14:57

    Tens razão Cristina! Todo o problema com a talidomida foi não terem sido feitos testes de mal-formação fetal em diferentes espécies de animais de laboratório. Por causa do imediatismo capitalista da industria farmacêutica. Esse braço do demônio na terra! Como estudo de mal-formação só dá para fazer em fetos, era só pegar um casal de pedófilos e botá-los para acasalar!

    ResponderExcluir
  4. No Rio de Janeiro tem um material humano, ou não, muito vasto para pesquisas no lugar dos animais.
    Pelo menos, uma vez na vida, farão o contrário do que sempre fizeram, serão úteis!
    Bandidos para cobais!!!!!
    Carlos

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário, porém, não publicaremos palavrões ou ofensas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

EM DESTAQUE


RECEBA NOSSOS BOLETINS DIÁRIOS

Licença Creative Commons

"O GRITO DO BICHO"

é licenciado sob uma Licença

Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a obras derivadas

 

SAIBA MAIS


Copyright 2007 © Fala Bicho

▪ All rights reserved ▪